Posts Tagged: capitalismo

“ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO” e “ASCENSÃO, QUEDA E FUTURO DO SOCIALISMO” – por Mario Nuti – I (3/6)

  ____________ Texto I (3/6) ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO ____ Domenico Mario Nuti (continuação) 6. A teoria de Marx dos modos de produção Uma das principais contribuições de Marx para a economia política é uma teoria evolutiva (“darwinista”, segundo Engels

“ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO” e “ASCENSÃO, QUEDA E FUTURO DO SOCIALISMO” – por Mario Nuti – I (3/6)

  ____________ Texto I (3/6) ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO ____ Domenico Mario Nuti (continuação) 6. A teoria de Marx dos modos de produção Uma das principais contribuições de Marx para a economia política é uma teoria evolutiva (“darwinista”, segundo Engels

“ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO” e “ASCENSÃO, QUEDA E FUTURO DO SOCIALISMO” – por Mario Nuti – I (2/6)

  ____________ Texto I (2/6) ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO ____ Domenico Mario Nuti (continuação) 4. Capitalismo: desigualdade, desemprego, flutuações A elevada e crescente desigualdade do sistema capitalista é bem documentada por Popov (2017). Em resumo, no século XVIII, em vários

“ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO” e “ASCENSÃO, QUEDA E FUTURO DO SOCIALISMO” – por Mario Nuti – I (2/6)

  ____________ Texto I (2/6) ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO ____ Domenico Mario Nuti (continuação) 4. Capitalismo: desigualdade, desemprego, flutuações A elevada e crescente desigualdade do sistema capitalista é bem documentada por Popov (2017). Em resumo, no século XVIII, em vários

“ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO” e “ASCENSÃO, QUEDA E FUTURO DO SOCIALISMO” – por Mario Nuti – I (1/6)

  ____________ AGRADECIMENTOS   O BLOG A VIAGEM DOS ARGONAUTAS AGRADECE À DIRECÃO DE DOC RESEARCH INSTITUTE A SUA AUTORIZACÃO PARA A EDICÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA DO TEXTO ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO. O BLOG A VIAGEM DOS ARGONAUTAS AGRADECE A DOMENICO

“ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO” e “ASCENSÃO, QUEDA E FUTURO DO SOCIALISMO” – por Mario Nuti – I (1/6)

  ____________ AGRADECIMENTOS   O BLOG A VIAGEM DOS ARGONAUTAS AGRADECE À DIRECÃO DE DOC RESEARCH INSTITUTE A SUA AUTORIZACÃO PARA A EDICÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA DO TEXTO ASCENSÃO E QUEDA DO SOCIALISMO. O BLOG A VIAGEM DOS ARGONAUTAS AGRADECE A DOMENICO

A GALIZA COMO TAREFA – capitalistas – Ernesto V. Souza

Acho que foi apenas há um par de anos, que percebi finalmente a noção de capital e o sentido do capitalismo. Foi, não se riam, numa tarde assoladora de agosto castelhano, sob umas árvores, olhando o céu azul entre as

A GALIZA COMO TAREFA – capitalistas – Ernesto V. Souza

Acho que foi apenas há um par de anos, que percebi finalmente a noção de capital e o sentido do capitalismo. Foi, não se riam, numa tarde assoladora de agosto castelhano, sob umas árvores, olhando o céu azul entre as

A POLÍTICA DA HIPOCRISIA: O STATUS QUO É O PROBLEMA, MAS NÃO SE LHE PODE TOCAR , por CHARLES HUGH SMITH

Selecção, tradução e montagem de Júlio Marques Mota A política da hipocrisia: o status quo é o problema, mas não se lhe pode tocar   Charles Hugh Smith, The Politics of Pretense: The Status Quo Is the Problem + How Systems Collapse

A POLÍTICA DA HIPOCRISIA: O STATUS QUO É O PROBLEMA, MAS NÃO SE LHE PODE TOCAR , por CHARLES HUGH SMITH

Selecção, tradução e montagem de Júlio Marques Mota A política da hipocrisia: o status quo é o problema, mas não se lhe pode tocar   Charles Hugh Smith, The Politics of Pretense: The Status Quo Is the Problem + How Systems Collapse

O FACEBOOK TORNAR-SE-Á MAIS PODEROSO QUE A NSA EM MENOS DE 10 ANOS – A MENOS QUE O PAREMOS – por NAFEEZ AHMED

Selecção e tradução de Júlio Marques MotaO Facebook tornar-se-á mais poderoso que a NSA em menos de 10 anos – a menos que o paremos O que é que a NATO, as empresas militares privadas, os gigantes fabricantes de armas,

O FACEBOOK TORNAR-SE-Á MAIS PODEROSO QUE A NSA EM MENOS DE 10 ANOS – A MENOS QUE O PAREMOS – por NAFEEZ AHMED

Selecção e tradução de Júlio Marques MotaO Facebook tornar-se-á mais poderoso que a NSA em menos de 10 anos – a menos que o paremos O que é que a NATO, as empresas militares privadas, os gigantes fabricantes de armas,

A GALIZA COMO TAREFA – chove – Ernesto V. Souza

O problema de pensar que tudo vale, quando (após considerar a utilidade da existência de um adversário) se toma a decisão que batê-lo ainda conviria mais aos próprios interesses é a complexa sequência de acontecimentos que se produzem e a

A GALIZA COMO TAREFA – chove – Ernesto V. Souza

O problema de pensar que tudo vale, quando (após considerar a utilidade da existência de um adversário) se toma a decisão que batê-lo ainda conviria mais aos próprios interesses é a complexa sequência de acontecimentos que se produzem e a

DA DROGA NOS ESTADOS, PASSANDO PELA QUEIMA DAS FITAS EM COIMBRA ATÉ À FESTA EM PARIS – ALGUNS COMENTÁRIOS – por JÚLIO MARQUES MOTA

Publiquei dois artigos sobre o que se passava nos Estados Unidos quanto à utilização de drogas agora legalizadas para fins recreativos. Dois textos que mostravam à evidência o que é o capitalismo americano  e onde se falava  sobre o cannabis

DA DROGA NOS ESTADOS, PASSANDO PELA QUEIMA DAS FITAS EM COIMBRA ATÉ À FESTA EM PARIS – ALGUNS COMENTÁRIOS – por JÚLIO MARQUES MOTA

Publiquei dois artigos sobre o que se passava nos Estados Unidos quanto à utilização de drogas agora legalizadas para fins recreativos. Dois textos que mostravam à evidência o que é o capitalismo americano  e onde se falava  sobre o cannabis

Sobre o espírito do capitalismo. 4 – Dez anos depois do rebentar da crise estará a sociedade civil pronta para enfrentar a Alta finança? Por Laurie Macfarlane

Sobre o espírito do capitalismo   Seleção de Júlio Marques Mota e tradução de Francisco Tavares 4. Dez anos depois do rebentar da crise estará a sociedade civil pronta para enfrentar a Alta finança? Por Laurie Macfarlane Finance Watch, 28

Sobre o espírito do capitalismo. 4 – Dez anos depois do rebentar da crise estará a sociedade civil pronta para enfrentar a Alta finança? Por Laurie Macfarlane

Sobre o espírito do capitalismo   Seleção de Júlio Marques Mota e tradução de Francisco Tavares 4. Dez anos depois do rebentar da crise estará a sociedade civil pronta para enfrentar a Alta finança? Por Laurie Macfarlane Finance Watch, 28

Sobre o espírito do capitalismo. 3 – Espero poder deixar de trabalhar dentro de alguns anos: uma antevisão dos americanos sem pensões de reforma (2ª parte-conclusão). Por Peter Whoriskey

Sobre o espírito do capitalismo   Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 3. Espero poder deixar de trabalhar dentro de alguns anos: uma antevisão dos americanos sem pensões de reforma (2ª parte-conclusão) Por Peter Whoriskey Publicado por Washington Post,

Sobre o espírito do capitalismo. 3 – Espero poder deixar de trabalhar dentro de alguns anos: uma antevisão dos americanos sem pensões de reforma (2ª parte-conclusão). Por Peter Whoriskey

Sobre o espírito do capitalismo   Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 3. Espero poder deixar de trabalhar dentro de alguns anos: uma antevisão dos americanos sem pensões de reforma (2ª parte-conclusão) Por Peter Whoriskey Publicado por Washington Post,

Sobre o espírito do capitalismo. 3 – Espero poder deixar de trabalhar dentro de alguns anos: uma antevisão dos americanos sem pensões de reforma (1ª parte). Por Peter Whoriskey

Sobre o espírito do capitalismo   Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 3. Espero poder deixar de trabalhar dentro de alguns anos: uma antevisão dos americanos sem pensões de reforma (1ª parte) Por Peter Whoriskey Publicado por Washington Post,

Sobre o espírito do capitalismo. 3 – Espero poder deixar de trabalhar dentro de alguns anos: uma antevisão dos americanos sem pensões de reforma (1ª parte). Por Peter Whoriskey

Sobre o espírito do capitalismo   Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 3. Espero poder deixar de trabalhar dentro de alguns anos: uma antevisão dos americanos sem pensões de reforma (1ª parte) Por Peter Whoriskey Publicado por Washington Post,

Sobre o espírito do capitalismo. 2 – As reduções de impostos do Pai Natal, por Paul Krugman.

Sobre o espírito do capitalismo   Seleção de Júlio Marques Mota e tradução de Francisco Tavares 2. As reduções de impostos do Pai Natal Por Paul Krugman Publicado por    em 25 de dezembro de 2017   O Pai Natal

Sobre o espírito do capitalismo. 2 – As reduções de impostos do Pai Natal, por Paul Krugman.

Sobre o espírito do capitalismo   Seleção de Júlio Marques Mota e tradução de Francisco Tavares 2. As reduções de impostos do Pai Natal Por Paul Krugman Publicado por    em 25 de dezembro de 2017   O Pai Natal

Sobre o espírito do capitalismo. 1 -Armageddon fora daqui. Por Dido Sandler

Sobre o espírito do capitalismo   Seleção e tradução de Júlio Marques Mota  1. Armageddon fora daqui Por Dido Sandler Financial Times, 1 de dezembro de 2017   Uma cena de Armageddon, o filme que conta a história de um

Sobre o espírito do capitalismo. 1 -Armageddon fora daqui. Por Dido Sandler

Sobre o espírito do capitalismo   Seleção e tradução de Júlio Marques Mota  1. Armageddon fora daqui Por Dido Sandler Financial Times, 1 de dezembro de 2017   Uma cena de Armageddon, o filme que conta a história de um

Sobre o espírito do capitalismo. Introdução, por Júlio Marques Mota

Sobre o espírito do capitalismo Introdução Por Júlio Marques Mota    Dedico esta série à minha neta que me encheu a cabeça com o espírito de Natal, tão preocupada que anda em entender o mundo e a si própria através,

Sobre o espírito do capitalismo. Introdução, por Júlio Marques Mota

Sobre o espírito do capitalismo Introdução Por Júlio Marques Mota    Dedico esta série à minha neta que me encheu a cabeça com o espírito de Natal, tão preocupada que anda em entender o mundo e a si própria através,

SINAIS DE FOGO – MUNDO DE TRUMP – por Soares Novais

  O mundo está cheio de trumps. De pequenos e grandes trumps. E eles, os trumps, pequenos e grandes, não são gerados espontaneamente. São fabricados em laboratórios e colocados no mercado com códigos de barras e chip’s de obediência. Não

SINAIS DE FOGO – MUNDO DE TRUMP – por Soares Novais

  O mundo está cheio de trumps. De pequenos e grandes trumps. E eles, os trumps, pequenos e grandes, não são gerados espontaneamente. São fabricados em laboratórios e colocados no mercado com códigos de barras e chip’s de obediência. Não