Posts Tagged: pobreza

Das personagens de Charles Dickens reais às personagens não menos reais de hoje – Um texto dedicado à minha neta. Por Júlio Marques Mota

   Por Júlio Marques Mota Coimbra, 16 de junho de 2020   A propósito do texto editado hoje no blog A Viagem dos Argonautas, intitulado Não há bancos alimentares? As Leis dos Pobres e Charles Dickens há  150 anos Hoje

Não há bancos alimentares? As Leis dos Pobres e Charles Dickens há 150 anos. Por Katherine Connelly

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota  Por Katherine Connelly Publicado por  em 09/06/2020 (‘Are there no food banks?’ The Poor Laws and Charles Dickens at 150, ver aqui)     As observações críticas de Dickens sobre a desigualdade social

O IMPACTO DA RECESSÃO OU MESMO DA DEPRESSÃO PROLONGADA DA ECONOMIA, CAUSADA PELO “CORONAVÍRUS” QUE A PARALISOU, VAI SER DESIGUAL A NÍVEL DO PAÍS, DEVIDO ÀS PROFUNDAS ASSIMETRIAS REGIONAIS EXISTENTES, E TAMBÉM PARA OS PORTUGUESES DEVIDO ÀS DESIGUALDADES SOCIAIS QUE SE AGRAVARAM APÓS A CRISE DE 2008 – por EUGÉNIO ROSA

AS PROFUNDAS ASSIMETRIAS (desigualdades) REGIONAIS QUE CONTINUAM A EXISTIR NO NOSSO PAÍS DETERMINARÃO QUE OS EFEITOS DA CRISE, EMBORA ENORMES PARA TODOS, SEJAM DESIGUAIS A NIVEL DE CADA REGIÃO E PARA CADA CLASSE SOCIAL A QUEBRA SIGNIFICATIVA DAS REMUNERAÇÕES DOS

ELEIÇÕES NOS ESTADOS UNIDOS EM 2020 – O QUE NOS ESPERA – III – A ROMPER PELAS COSTURAS – A CRISE DA POBREZA ESTÁ A CHEGAR-NOS A CASA, por ADAM TAGGART

Falling Through The Cracks. The poverty crisis is hitting home, por Adam Taggart Peak Prosperity, 15 de Janeiro de 2020 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota    . O que vai ser preciso para que as forquilhas desapareçam? Quanto

O PESO DA POBREZA EM PORTUGAL AUMENTOU EM 2018 NOS TRABALHADORES EMPREGADOS E NOS DESEMPREGADOS E CONTINUA A SER ELEVADO EM TODAS AS OUTRAS CAMADAS DA POPULAÇÃO, E OS AUMENTOS DE MISÉRIA NAS PENSÕES EM 2020 – por EUGÉNIO ROSA

EM 2018, 5.100.000 PORTUGUESES TINHAM UM RENDIMENTO MENSAL ILÍQUIDO (antes de descontos e impostos) INFERIOR A 716€, E 1.767.00 INFERIOR A 430€/MÊS (14 meses) OS AUMENTOS DE MISÉRIA NAS PENSÕES EM 2020 PREVISTOS COM BASE NA LEI EM VIGOR Quadro

A AMÉRICA LATINA SOB O FOGO DO NEOLIBERALISMO, SOB A PRESSÃO DA AUSTERIDADE – VI – THE ECONOMIST – OS TÍTULOS FINANCEIROS QUE COMPROMETEM – A ARGENTINA ENFRENTA A PERSPETIVA DE OUTRO INCUMPRIMENTO

  Um triunfo da oposição nas eleições primárias leva a uma  venda brutal a preço de saldo      The bonds that tie. Argentina faces the prospect of another default The Economist, 15 de Agosto de 2019 Blogue Gonzallo Raffo

A PROPÓSITO DO DIA DA INDEPENDÊNCIA NOS ESTADOS UNIDOS, DUAS IMAGENS CAPTADAS POR RAJAN MENON – IMAGEM 1. A (IN)SEGURANÇA NACIONAL NOS ESTADOS UNIDOS DA DESIGUALDADE

Tomdispatch, Tomgram: Rajan Menon, The Wages of Poverty in America 15 de Julho de 2018 Selecção e tradução por Júlio Marques Mota   Introdução Tom Engelhardt: Rajan Menon, Os salários de pobreza na América   [Note for TomDispatch Readers]: Eu sugiro

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO EM PORTUGAL, OS BAIXOS SALÁRIOS E AS BAIXÍSSIMAS PENSÕES, E A REDUZIDA COBERTURA DO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO – por EUGÉNIO ROSA.

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO REDUZIU-SE EM PORTUGAL MAS É AINDA INSUFICIENTE, A PERPETUAÇÃO DOS BAIXOS SALÁRIOS EXPULSA PARA O ESTRANGEIRO OS MAIS QUALIFICADOS. Quadro 1 – A dimensão da subutilização do trabalho em Portugal – 2015/2018 Quadro 2- Salários líquidos

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 4 : A política económica e o custo de nada fazer – Parte D: Perito da ONU para as questões da pobreza, Professor Philip Alston, diz que as políticas do Reino Unido causaram uma miséria desnecessária

Anexo 4 : A política económica e o custo de nada fazer – Parte D: Perito da ONU para as questões da pobreza, Professor Philip Alston, diz que as políticas do Reino Unido causaram uma miséria desnecessária Texto composto a

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 4 : A política económica e o custo de nada fazer – Parte C: O custo de nada fazer: impacto económico da pobreza infantil induzida pela recessão, por Michael Linden

Anexo 4 : A política económica e o custo de nada fazer – Parte C: O custo de nada fazer: impacto económico da pobreza infantil induzida pela recessão, por Michael Linden De forma a perceber-se bem os graves efeitos a

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – As falsidades da suposta recuperação económica promovida pelo pensamento neoliberal dominante. Por Vicenç Navarro

Seleção de Júlio Marques Mota e tradução de Francisco Tavares As falsidades da suposta recuperação económica promovida pelo pensamento neoliberal dominante  Por Vicenç Navarro  em 16 de agosto de 2018 Está a criar-se a perceção nos países do capitalismo desenvolvido

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – Afinal, o que falta na Grécia?  Por Francisco Tavares

Afinal, o que falta na Grécia?  Por Francisco Tavares, em 28 de agosto de 2018 Obrigado ao Júlio Marques Mota pela revisão do presente texto Ou o discurso dos que nada aprenderam com o mais repugnante processo de humilhação e