MAIS UM ANO A DESTRUIR O PLANETA por clara castilho

9349741_b7nUl

 

Com mais um ano a acabar, uma revisão do que temos andado a fazer na nossa “casa”, no planeta onde vivemos, porque com o homens já temos falado.

Nos últimos 50 anos parece que acabamos com a metade das espécies animais que existiam. Alguns a nomear:

O urso polar; a foca Moje ( Caribe -Monachus tropicalis), se extinguiu; o «Solitario Jorge», o  último espécime conhecido desta subespecie da Tartaruga das Galápagos; o leão juba negra; o dodo –  extinto pelo homem em 1953.

a natureza não é reciclável

Podemos perguntar: o que se passará nos próximos 50 anos?

Estudos científicos, dizem que o planeta TERRA terá 3 fases de aquecimento global. A 4 de Janeiro de 2009 deu-se  a conhecer a notícia de que a TERRA tinha entrado na primera fase de aquecimento global, que iria até 2029. Com ela virão as chuvas violentas, as épocas de muito calor, as  inundações, os  tsunamis e os desastres naturais…

Na atmosfera, devido à poluição, ocorrerão alterações na camada de ozono, com agravamento da poluição e muito importantes consequências para a vida.  Começará o descongelamento dos pólos.

Numa fase posterior prevé-se um verdadeiro aquecimento, com os raios UV (ultra violeta) a entrarem directamente na Terra, podendo a  temperatura vir a atingir os 70 graus centígrados. Podíamos proseguir…

 Será que o homem irá ser capaz de fazer novas invenções para sobreviver? Talvez. Mas o que acontece com os outros 46% das espécies que permaneceram vivos? Serão extintas e com que ficaremos? E com que consequências?

O que fazer para evitar isto já é sobejamente conhecido e já muitos o fazem na sua vida pessoal: o não uso de sacos de plástico; os lixos separados; o cuidado na não destruição de árvores.; a recliclagem…

Tudo o resto não passa pelas iniciativas privadas de cada um, mas sim da organização geral da sociedade, muitas das acções de decisões políticas. Mas aí, também temos uma palavra a dizer..

Leave a Reply