De uma crise a outra, dos anos de Mitterrand aos anos de Hollande, da tragédia de outrora à farsa de agora. 4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder. Texto 4.11 – Édouard Louis: «As razões que levam o meu pai a votar Frente Nacional “, por Arthur Dubois

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota

4ª Parte: Os tempos do declínio de Hollande, os da farsa, os da transmissão do poder

Texto 4.11 – Édouard Louis: «As razões que levam o meu pai a votar Frente Nacional»

Por Arthur Dubois

Publicado por Le Figaro.fr, em 5 de maio de 2017

De uma crise a outra 4 Parte texto 4_11 imagem 1

O escritor, autor do livro En finir avec Eddy Bellegueule exprime-se numa coluna do New York Times sobre as eleições presidenciais francesas que no domingo opõem Marine Le Pen e Emmanuel Macron. Nessa coluna explica porque é que o seu pai escolheu a extrema-direita.

Está zangado com a sua família. Édouard Louis, autor de Histoire de la violence tinha traçado o retrato da sua aldeia de Hallencourt num romance autobiográfico, En finir avec Eddy Bellegueule. Neste romance contava como é que aí, nesta região sinistrada, esquecida, a diferença era extremamente mal vista. Homossexual, este jovem sofria os escárnios e a violência dos seus camaradas. Hoje, o romancista, que já adquiriu uma certa notoriedade, enterrou o seu passado. Por ocasião destas eleições presidenciais em França, o New York Times disponibilizou-lhe uma coluna. Nesta, conta-nos “porque é que o [seu] pai vota FN”.

 

“Nos anos 1990, depois de várias séries de despedimentos, a maior parte das pessoas à minha volta estavam desempregadas e sobreviviam graças às ajudas sociais” explica-nos ele. Vítima de um acidente de trabalho, o seu pai, “acamado e a tomar morfina para as dores” fazia parte desta gente.

Neste longo texto, Édouard Louis conta-nos como viveu a pobreza durante o desemprego do seu pai, confessando ter conhecido “o sentimento de ter passado fome antes de saber ler” tendo mendigado um pouco “de massa” ou de “pão” junto das suas tias vizinhas. Explica também que o seu pai não estava isento nem de racismo nem de homofobia. “O meu pai gostava de dizer que os homossexuais mereciam a pena de morte. […] Esperava o momento em que “os Árabes e os judeus fossem reenviados de volta para as suas terras”.

«Face à ausência de tentativa da esquerda de abordar os seus problemas, o meu pai ficou agradado com as explicações falaciosas da extrema-direita.» Édouard Louis

 

De uma crise a outra 4 Parte texto 4_11 imagem 2

Um comício por Marine Le Pen em Marselha. A sua candidatura apela aos eleitores  que se sentem abandonados pelos  políticos de esquerda.

Mas para Edouard Louis, não está aqui a verdadeira razão para o seu pai votar FN. “Para [ele], estas eleições eram um meio para combater a sua invisibilidade. O meu pai tinha compreendido bem antes de mim que, no espírito da burguesia, a nossa existência não contava, nós não éramos reais. O meu pai sentia-se abandonado pela esquerda desde os anos 1980.”

Ele explica, pois, esta escolha do seu pai pela viragem liberal do Partido Socialista nessa época [1983-1984] e põe em causa a linguagem tecnocrática dos políticos. “Face à ausência de qualquer tentativa da esquerda de abordar os seus problemas, o meu pai ficou agradado com as explicações falaciosas da extrema-direita.”

Édouard Louis confessa que quase nunca fala com o seu pai “em sofrimento”. Eles tornaram-se “estrangeiros” um para com o outro. Mesmo não estando seguro 100% de que o seu pai irá votar FN, está convencido de que esta será a sua escolha. Na sua opinião, já não adianta dizer que Marine Le Pen é “racista e perigosa: toda a gente já o sabe”. Para lhe barrar o caminho, diz-nos que “é necessário defender os mais fracos, dar um lugar às gentes invisíveis… a pessoas como o meu pai”.

Arthur Dubois, Édouard Louis: «Voilà pourquoi mon père vote FN», Le Figaro, texto disponível em :

http://www.lefigaro.fr/livres/2017/05/05/03005-20170505ARTFIG00174-edouard-louis-voila-pourquoi-mon-pere-vote-fn.php

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: