EDITORIAL – PORTUGAL, ENTRE OS INCÊNDIOS E A LEGIONELLA – por João Machado

Nos últimos dias o nosso país viu-se a braços com um novo surto de legionella. O número de pessoas afectadas já ultrapassa as 40, e até à data houve duas mortes. Os casos ter-se-ão verificado no Hospital de S. Francisco Xavier, havendo notícias de que a causa estará no sistema de água do hospital. A propósito tem sido recordado o surto ocorrido em 2014, há três anos em Vila Franca de Xira, que terá afectado mais de 400 pessoas e causado 12 mortes. Em 2016, ter-se-ão verificado entre 150 a 200 casos (clicar no primeiro link abaixo).

Factor de peso neste agravamento da propagação da bactéria legionella terá sido a alteração legislativa ocorrida em 2013 que alterou os sistemas de certificação energética e verificação da qualidade do ar interior dos edifícios (clicar no quarto link abaixo). Entretanto os esforços desenvolvidos para ultrapassar essa alteração não têm surtido efeito até á data.

Tendo o nosso país nos últimos meses sido devastado por grandes incêndios, em circunstâncias muito dramáticas, e que causaram tantas vítimas, entre mortos, feridos e pessoas a braços com avultados prejuízos económicos, mesmo considerando a diferente natureza dos flagelos, não podemos deixar de chamar a atenção para a fraqueza estrutural que denotam. A propósito dos incêndios, foi chamada a atenção (até pelo presidente da república) para o dever generalizado de dar prioridade à função de protecção das populações, sobre todas as outras. O cumprimento desse dever falhou na prevenção e ataque aos fogos. E está a falhar também no que respeita à prevenção da propagação da legionella. Os poderes públicos estão claramente em causa nesta matéria. O actual governo tem claras responsabilidades na insuficiência (grosseira insuficiência!, quando não inexistência!), mas não está só. E numerosas entidades privadas, de diversa natureza, têm de aceitar que também têm a sua quota de responsabilidade nestas falhas tão grandes.

Propomos que cliquem nos links abaixo:

http://www.cmjornal.pt/sociedade/detalhe/detetados-200-casos-de-legionella-em-2016

http://expresso.sapo.pt/sociedade/2017-09-14-Francisco-George-elege-legionella-como-maior-susto-em-12-anos-a-frente-da-DGS

http://www.esquerda.net/artigo/legionella-uma-lei-cortada-que-o-governo-tarda-em-repor/51774

https://dre.pt/application/dir/pdf1s/2013/08/15900/0498805005.pdf

https://www.facebook.com/groups/1918434521719104/

 

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: