A QUEBRA BRUTAL DO PODER DE COMPRA DAS REMUNERAÇÕES LÍQUIDAS DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA ENTRE 2011/2023, A PERDA DE PODER DE COMPRA DAS REMUNERAÇÕES DOS TRABALHADORES DO SETOR PRIVADO E O GOVERNO PRETENDE FACILITAR A EVASÃO E FRAUDE FISCAL DAS EMPRESAS, por EUGÉNIO ROSA

 

 

 

 

Eugénio Rosa, edr2@netcabo.pt , 21-5-2023

 

 

 

Leave a Reply