Posts Tagged: donald trump

GIRO DO HORIZONTE – INDIGNEMO-NOS – por PEDRO DE PEZARAT CORREIA

Nota – O Giro do Horizonte, que normalmente sai às 22 horas de segunda-feira, desta vez foi publicado com onze horas de atraso. A responsabilidade por tal falha cabe-me única e exclusivamente. Assoberbado por problemas pessoais, falhei no cumprimento desta

GIRO DO HORIZONTE – INDIGNEMO-NOS – por PEDRO DE PEZARAT CORREIA

Nota – O Giro do Horizonte, que normalmente sai às 22 horas de segunda-feira, desta vez foi publicado com onze horas de atraso. A responsabilidade por tal falha cabe-me única e exclusivamente. Assoberbado por problemas pessoais, falhei no cumprimento desta

Mark Esper, outro comerciante da morte, novo secretário de Defesa dos EUA. Por Nazanín Armanian

Seleção e tradução de Francisco Tavares Mark Esper, outro comerciante da morte, novo secretário de Defesa dos EUA  Por Nazanín Armanian Publicado por  em 25 de julho de 2019 (ver aqui)   «Si vis pacem, para bellum» [Se queres a

Mark Esper, outro comerciante da morte, novo secretário de Defesa dos EUA. Por Nazanín Armanian

Seleção e tradução de Francisco Tavares Mark Esper, outro comerciante da morte, novo secretário de Defesa dos EUA  Por Nazanín Armanian Publicado por  em 25 de julho de 2019 (ver aqui)   «Si vis pacem, para bellum» [Se queres a

A PROPÓSITO DO DIA DA INDEPENDÊNCIA NOS ESTADOS UNIDOS, DUAS IMAGENS CAPTADAS POR RAJAN MENON – IMAGEM 2.

  Tomgram: Rajan Menon, The Death(s) of the Working Class in the Age of Trump 18 de Junho de 2019 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   Introdução   A morte da classe operária na era de  Trump Tom

A PROPÓSITO DO DIA DA INDEPENDÊNCIA NOS ESTADOS UNIDOS, DUAS IMAGENS CAPTADAS POR RAJAN MENON – IMAGEM 2.

  Tomgram: Rajan Menon, The Death(s) of the Working Class in the Age of Trump 18 de Junho de 2019 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   Introdução   A morte da classe operária na era de  Trump Tom

A PROPÓSITO DO DIA DA INDEPENDÊNCIA NOS ESTADOS UNIDOS, DUAS IMAGENS CAPTADAS POR RAJAN MENON – IMAGEM 1. A (IN)SEGURANÇA NACIONAL NOS ESTADOS UNIDOS DA DESIGUALDADE

Tomdispatch, Tomgram: Rajan Menon, The Wages of Poverty in America 15 de Julho de 2018 Selecção e tradução por Júlio Marques Mota   Introdução Tom Engelhardt: Rajan Menon, Os salários de pobreza na América   [Note for TomDispatch Readers]: Eu sugiro

A PROPÓSITO DO DIA DA INDEPENDÊNCIA NOS ESTADOS UNIDOS, DUAS IMAGENS CAPTADAS POR RAJAN MENON – IMAGEM 1. A (IN)SEGURANÇA NACIONAL NOS ESTADOS UNIDOS DA DESIGUALDADE

Tomdispatch, Tomgram: Rajan Menon, The Wages of Poverty in America 15 de Julho de 2018 Selecção e tradução por Júlio Marques Mota   Introdução Tom Engelhardt: Rajan Menon, Os salários de pobreza na América   [Note for TomDispatch Readers]: Eu sugiro

BRASIL DE FATO – RELIGIÃO, VIOLÊNCIA E LOUCURA NO BRASIL, por JOSÉ LUÍS FIORI

  OBRIGADO A JOSÉ LUÍS FIORI, BRASIL DE FATO E CAMILO JOSEPH   Brasil de Fato, 15 de Maio   “A palavra ‘bolsonarismo’ é usada em todo o mundo, como sinônimo de violência irracional e destruição psicopática”     Na

BRASIL DE FATO – RELIGIÃO, VIOLÊNCIA E LOUCURA NO BRASIL, por JOSÉ LUÍS FIORI

  OBRIGADO A JOSÉ LUÍS FIORI, BRASIL DE FATO E CAMILO JOSEPH   Brasil de Fato, 15 de Maio   “A palavra ‘bolsonarismo’ é usada em todo o mundo, como sinônimo de violência irracional e destruição psicopática”     Na

HÉLDER MATEUS DA COSTA – UM JANTAR EM LOS ANGELES

  Alguns amigos perguntam -me porque é que deixei de escrever com alguma frequência sobre o que se passa urbi et orbi. Porque me cansei de ver que tudo de ordinário e péssimo passava incólume a qualquer crítica ou indignação.Mas

HÉLDER MATEUS DA COSTA – UM JANTAR EM LOS ANGELES

  Alguns amigos perguntam -me porque é que deixei de escrever com alguma frequência sobre o que se passa urbi et orbi. Porque me cansei de ver que tudo de ordinário e péssimo passava incólume a qualquer crítica ou indignação.Mas

Sobre o que foi o ano de 2018, sobre os perigos que nos ameaçam em 2019 – uma pequena série de textos. 11. Isto vai ser bem pior do que poderemos pensar

(Michael Snyder, Janeiro de 2019)

Estamos a chegar rapidamente ao ponto em que a América será ingovernável.  Não importa quem esteja no poder, haverá raiva, conflito, discórdia e ressentimento.  Dezenas de milhões de americanos odiavam Barack Obama e não o consideravam o seu presidente, e agora dezenas de milhões de americanos odeiam Donald Trump e não o consideram  o seu presidente.  As nossas instituições políticas estão a desfazer-se   e a fé no sistema está num mínimo histórico.

Sobre o que foi o ano de 2018, sobre os perigos que nos ameaçam em 2019 – uma pequena série de textos. 11. Isto vai ser bem pior do que poderemos pensar

(Michael Snyder, Janeiro de 2019)

Estamos a chegar rapidamente ao ponto em que a América será ingovernável.  Não importa quem esteja no poder, haverá raiva, conflito, discórdia e ressentimento.  Dezenas de milhões de americanos odiavam Barack Obama e não o consideravam o seu presidente, e agora dezenas de milhões de americanos odeiam Donald Trump e não o consideram  o seu presidente.  As nossas instituições políticas estão a desfazer-se   e a fé no sistema está num mínimo histórico.

CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – O ZAFECTOS YOUVÓMITO

  Pois é. Falam todos mal do Trump, indiciam, pior ou melhor, com menor ou maior veemência, mais discreta ou menos discretamente, um certo mal-estar com a eleição do Bolsonaro, pois claro. Mas depois acorrem, pressurosos e compostinhos. A cumprimentá-los,

CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – O ZAFECTOS YOUVÓMITO

  Pois é. Falam todos mal do Trump, indiciam, pior ou melhor, com menor ou maior veemência, mais discreta ou menos discretamente, um certo mal-estar com a eleição do Bolsonaro, pois claro. Mas depois acorrem, pressurosos e compostinhos. A cumprimentá-los,

CARTA DE BRAGA – “brunos e bola tomam ecrãs” – por ANTÓNIO OLIVEIRA

      António M. Oliveira   Não respeito as normas que o Acordo Ortográfico me quer impor  

CARTA DE BRAGA – “brunos e bola tomam ecrãs” – por ANTÓNIO OLIVEIRA

      António M. Oliveira   Não respeito as normas que o Acordo Ortográfico me quer impor  

TEXTOS DE FILOSOFIA DEDICADOS À MINHA NETA ALÍCIA – selecção e tradução de JÚLIO MARQUES MOTA – TEXTO 2. OS TWEETS DE TRUMP COMO EXEMPLOS DE FALÁCIAS LÓGICAS COMUNS, por CHELSEA NINA URSIN

Estou a ensinar  na faculdade um curso de como falar em público e precisei de alguns  bons exemplos de falácias lógicas para ajudar os meus alunos a pensar criticamente sobre os métodos utilizados pelos oradores   para persuadirem os seus ouvintes.

TEXTOS DE FILOSOFIA DEDICADOS À MINHA NETA ALÍCIA – selecção e tradução de JÚLIO MARQUES MOTA – TEXTO 2. OS TWEETS DE TRUMP COMO EXEMPLOS DE FALÁCIAS LÓGICAS COMUNS, por CHELSEA NINA URSIN

Estou a ensinar  na faculdade um curso de como falar em público e precisei de alguns  bons exemplos de falácias lógicas para ajudar os meus alunos a pensar criticamente sobre os métodos utilizados pelos oradores   para persuadirem os seus ouvintes.

DEIXEM-NOS EM PAZ, por JOÃO MARQUES

  O Presidente Trump decidiu não participar, sábado passado, no jantar habitual com os jornalistas e os correspondentes dos principais órgãos de informação internacionais, oficialmente admitidos na Casa Branca, preferindo ser o único ator num comício em Michigan, repetindo a

DEIXEM-NOS EM PAZ, por JOÃO MARQUES

  O Presidente Trump decidiu não participar, sábado passado, no jantar habitual com os jornalistas e os correspondentes dos principais órgãos de informação internacionais, oficialmente admitidos na Casa Branca, preferindo ser o único ator num comício em Michigan, repetindo a

Homenagem ao Carlos Tenreiro, uma série de textos sobre questões de macroeconomia e de alta finança – 7. Não haverá nenhum boom económico (2ª parte-conclusão). Por Lance Roberts

  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 7. Não haverá nenhum boom económico (2ª parte-conclusão) Por Lance Roberts   em 8 de março de 2018 Na terça-feira, apresentei na Conferência da Financial Planning Association (FPA) em Houston, as questões que

Homenagem ao Carlos Tenreiro, uma série de textos sobre questões de macroeconomia e de alta finança – 7. Não haverá nenhum boom económico (2ª parte-conclusão). Por Lance Roberts

  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 7. Não haverá nenhum boom económico (2ª parte-conclusão) Por Lance Roberts   em 8 de março de 2018 Na terça-feira, apresentei na Conferência da Financial Planning Association (FPA) em Houston, as questões que