Posts Tagged: guerra civil de espanha

CARTA DE BARCELONA – En hores de tenebra… un fet, una cita, un poeta: “Oh, qué día triste en Granada…!” – por JOSEP A. VIDAL

  UN FET: El partit d’ultradreta Vox presidirà la Comissió de Cultura i Patrimoni Històric del Parlament andalús, que té competències sobre la memòria històrica. La cara de la ultradreta a Espanya, la posa, en aquest moment, un partit residual, de

CARTA DE BARCELONA – En hores de tenebra… un fet, una cita, un poeta: “Oh, qué día triste en Granada…!” – por JOSEP A. VIDAL

  UN FET: El partit d’ultradreta Vox presidirà la Comissió de Cultura i Patrimoni Històric del Parlament andalús, que té competències sobre la memòria històrica. La cara de la ultradreta a Espanya, la posa, en aquest moment, un partit residual, de

CARTA DE BARCELONA – “Cartes a Mahalta”, la nostra “Muntanya màgica” – por JOSEP A. VIDAL

L’any 1935, Màrius Torres, un jove metge lleidatà, malalt de tuberculosi, es veu obligat a recloure’s en un sanatori. Té 25 anys i, encara en la fase inicial de l’exercici de la professió mèdica, cultiva ja una imprecisa vocació d’escriptor

CARTA DE BARCELONA – “Cartes a Mahalta”, la nostra “Muntanya màgica” – por JOSEP A. VIDAL

L’any 1935, Màrius Torres, un jove metge lleidatà, malalt de tuberculosi, es veu obligat a recloure’s en un sanatori. Té 25 anys i, encara en la fase inicial de l’exercici de la professió mèdica, cultiva ja una imprecisa vocació d’escriptor

Sobre Espanha – O ditador de Espanha está morto, mas a sua popularidade ainda sobrevive. Por Omar G. Encarnación 

  Seleção e tradução de Francisco Tavares  Obrigado a Omar Encarnación e a Foreign Policy O ditador de Espanha está morto, mas a sua popularidade ainda sobrevive      Por Omar G. Encarnación Publicado por  em 27 de julho de 2018

Sobre Espanha – O ditador de Espanha está morto, mas a sua popularidade ainda sobrevive. Por Omar G. Encarnación 

  Seleção e tradução de Francisco Tavares  Obrigado a Omar Encarnación e a Foreign Policy O ditador de Espanha está morto, mas a sua popularidade ainda sobrevive      Por Omar G. Encarnación Publicado por  em 27 de julho de 2018

A NOSSA PENÍNSULA – 15 – Matar a inteligência – por Carlos Loures

Adaptação de texto publicado no blogue Estrolabio Viajemos, para trás, no tempo até 12 de Outubro de 1936, até Salamanca, uma das mais belas cidades de Castela, e assistamos a uma cena dramática. Uma entre milhares das que, por aqueles

A NOSSA PENÍNSULA – 15 – Matar a inteligência – por Carlos Loures

Adaptação de texto publicado no blogue Estrolabio Viajemos, para trás, no tempo até 12 de Outubro de 1936, até Salamanca, uma das mais belas cidades de Castela, e assistamos a uma cena dramática. Uma entre milhares das que, por aqueles

EDITORIAL – A batalha de Guadalajara

No dia 18 de Março de 1937, as forças  do Exército Republicano infligiram  uma pesada derrota aos chamados «nacionalistas», ou seja às tropas franquistas, reforçadas com soldados marroquinos do Exército de África e com unidades de voluntários  fascistas italianos, que

EDITORIAL – A batalha de Guadalajara

No dia 18 de Março de 1937, as forças  do Exército Republicano infligiram  uma pesada derrota aos chamados «nacionalistas», ou seja às tropas franquistas, reforçadas com soldados marroquinos do Exército de África e com unidades de voluntários  fascistas italianos, que

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – CONVERSA: O QUE TE DIZ A GUERRA DE ESPANHA? / OFICINA: COMO FAZER UMA REVOLUÇÃO? – LEITURA: A PALETA E O MUNDO – CINEMA: ILHA DAS FLORES + OS FUZIS

CONVERSA: O QUE TE DIZ A GUERRA DE ESPANHA? Sábado, 18 de Março, 16h A Guerra de Espanha marcou a história do século XX como um dos exemplos maiores da luta contra o fascismo e da solidariedade internacionalista. Portugal esteve

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – CONVERSA: O QUE TE DIZ A GUERRA DE ESPANHA? / OFICINA: COMO FAZER UMA REVOLUÇÃO? – LEITURA: A PALETA E O MUNDO – CINEMA: ILHA DAS FLORES + OS FUZIS

CONVERSA: O QUE TE DIZ A GUERRA DE ESPANHA? Sábado, 18 de Março, 16h A Guerra de Espanha marcou a história do século XX como um dos exemplos maiores da luta contra o fascismo e da solidariedade internacionalista. Portugal esteve

Amanhã às 23,30, exibimos o filme MOURIR À MADRID, realizado por Frédéric Rossif e Madeleine Chapsal

Do nosso Amigo, o pintor e poeta leiriense Augusto Mota, recebemos esta mensagem que muito agradecemos: Em 1963 a Editions Seghers, Paris, editou, no volume 40 da sua colecção Marabout Université, «Mourir à Madrid», com muitas imagens deste filme e textos

Amanhã às 23,30, exibimos o filme MOURIR À MADRID, realizado por Frédéric Rossif e Madeleine Chapsal

Do nosso Amigo, o pintor e poeta leiriense Augusto Mota, recebemos esta mensagem que muito agradecemos: Em 1963 a Editions Seghers, Paris, editou, no volume 40 da sua colecção Marabout Université, «Mourir à Madrid», com muitas imagens deste filme e textos

EDITORIAL – A HISTÓRIA OS JULGARÁ

A guerra civil espanhola terminou oficialmente em 1939.  Há contudo quem defenda que ainda dura hoje em dia. O facto de os poderes constituídos no reino espanhol continuarem a levantar obstáculos a que se investiguem os crimes cometidos durante a

EDITORIAL – A HISTÓRIA OS JULGARÁ

A guerra civil espanhola terminou oficialmente em 1939.  Há contudo quem defenda que ainda dura hoje em dia. O facto de os poderes constituídos no reino espanhol continuarem a levantar obstáculos a que se investiguem os crimes cometidos durante a

EDITORIAL: A vitória da estupidez.

Tal como sucedera dez anos antes em Portugal, com intelectuais e esquerda vendo com bons olhos a intervenção militar de 28 de Maio de 1926 que (dizia-se) ia repor a ordem no País e que, logo que pacificada a vida

EDITORIAL: A vitória da estupidez.

Tal como sucedera dez anos antes em Portugal, com intelectuais e esquerda vendo com bons olhos a intervenção militar de 28 de Maio de 1926 que (dizia-se) ia repor a ordem no País e que, logo que pacificada a vida

EDITORIAL  – HÁ 80 ANOS COMEÇOU A GUERRA CIVIL ESPANHOLA

A 18 de Julho de 1936 Francisco Franco lançou um golpe de estado contra o governo legítimo da república espanhola, com uma proclamação feita a partir das ilhas Canárias, onde estava colocado. O golpe não teve o sucesso imediato pretendido,

EDITORIAL  – HÁ 80 ANOS COMEÇOU A GUERRA CIVIL ESPANHOLA

A 18 de Julho de 1936 Francisco Franco lançou um golpe de estado contra o governo legítimo da república espanhola, com uma proclamação feita a partir das ilhas Canárias, onde estava colocado. O golpe não teve o sucesso imediato pretendido,

APRESENTAÇÃO DE “A BATALHA DE COVÕES”, de JOSÉ VIALE MOUTINHO – AMANHÃ, 7 de JULHO, pelas 17 horas, no FÓRUM da FEIRA DO LIVRO de BRAGA

JOSÉ VIALE MOUTINHO CONVIDA Na próxima quinta-feira, dia 7 de Julho, em Braga, no Forum da Feira do Livro (entre o velho coreto e o Macdonald’s), pelas 17 horas, vou apresentar a minha última novela, que nessa mesma altura será

APRESENTAÇÃO DE “A BATALHA DE COVÕES”, de JOSÉ VIALE MOUTINHO – AMANHÃ, 7 de JULHO, pelas 17 horas, no FÓRUM da FEIRA DO LIVRO de BRAGA

JOSÉ VIALE MOUTINHO CONVIDA Na próxima quinta-feira, dia 7 de Julho, em Braga, no Forum da Feira do Livro (entre o velho coreto e o Macdonald’s), pelas 17 horas, vou apresentar a minha última novela, que nessa mesma altura será