Posts Tagged: joão martins pereira

LANÇAMENTO de “PORTUGAL E A UNIÃO EUROPEIA – DA “LONGA DESCOBERTA” À “EUROPA QUE (NÃO) QUEREMOS””, de JOÃO MARTINS PEREIRA – organização de JOÃO MOREIRA – HOJE, TERÇA-FEIRA, 26 de NOVEMBRO, às 18 horas, na ASSOCIAÇÃO 25 DE ABRIL, Rua da MISERICÓRDIA, 95, LISBOA

    A crise de 2008, que ainda vivemos, veio colocar em causa a aura democrática e solidária que ainda hoje envolve a União Europeia. Nem mesmo o Prémio Nobel da Paz ganho recentemente consegue encobrir políticas tão reprováveis como

LANÇAMENTO de “PORTUGAL E A UNIÃO EUROPEIA – DA “LONGA DESCOBERTA” À “EUROPA QUE (NÃO) QUEREMOS””, de JOÃO MARTINS PEREIRA – organização de JOÃO MOREIRA – HOJE, TERÇA-FEIRA, 26 de NOVEMBRO, às 18 horas, na ASSOCIAÇÃO 25 DE ABRIL, Rua da MISERICÓRDIA, 95, LISBOA

    A crise de 2008, que ainda vivemos, veio colocar em causa a aura democrática e solidária que ainda hoje envolve a União Europeia. Nem mesmo o Prémio Nobel da Paz ganho recentemente consegue encobrir políticas tão reprováveis como

ONTEM, 24 de NOVEMBRO de 2016, JOÃO MARTINS PEREIRA TERIA FEITO 84 ANOS – Leiam O “MEDO” RACIONAL DA MOEDA ÚNICA, um texto de 1996.

João Martins Pereira, engenheiro industrial, economista, jornalista, ensaísta, foi secretário de estado da indústria do 4º governo provisório chefiado por Vasco Gonçalves entre Março e Agosto de 1975, sendo Ministro da Indústria e da Tecnologia João Cravinho. Ocupou-se especialmente das

ONTEM, 24 de NOVEMBRO de 2016, JOÃO MARTINS PEREIRA TERIA FEITO 84 ANOS – Leiam O “MEDO” RACIONAL DA MOEDA ÚNICA, um texto de 1996.

João Martins Pereira, engenheiro industrial, economista, jornalista, ensaísta, foi secretário de estado da indústria do 4º governo provisório chefiado por Vasco Gonçalves entre Março e Agosto de 1975, sendo Ministro da Indústria e da Tecnologia João Cravinho. Ocupou-se especialmente das

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – CHAMAMOS JOÃO MARTINS PEREIRA – LISBOA: UMA CIDADE FEITA DE PEQUENAS COISAS – LISBOA TAMBÉM É UM PORTO

Quinta-feira, 28 de Abril, 18h30 Adelino Gomes, Francisco Louçã, Jean-Luc Le Douarec, João Moreira e outros amigos e conhecedores da vida e da obra de João Martins Pereira (1932-2008) lembrarão João Martins Pereira, aquele a quem a exposição «Lisboa acima,

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – CHAMAMOS JOÃO MARTINS PEREIRA – LISBOA: UMA CIDADE FEITA DE PEQUENAS COISAS – LISBOA TAMBÉM É UM PORTO

Quinta-feira, 28 de Abril, 18h30 Adelino Gomes, Francisco Louçã, Jean-Luc Le Douarec, João Moreira e outros amigos e conhecedores da vida e da obra de João Martins Pereira (1932-2008) lembrarão João Martins Pereira, aquele a quem a exposição «Lisboa acima,

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – CICLO “ESTAS CIDADES”.

As cidades que habitamos, onde trabalhamos, passeamos e viajamos. As cidades de prédios e edifícios, de teatros, cinemas e cafés, de gente apressada nas ruas e avenidas, de gente sentada nos bancos de jardim, nas paragens de autocarro ou em

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – CICLO “ESTAS CIDADES”.

As cidades que habitamos, onde trabalhamos, passeamos e viajamos. As cidades de prédios e edifícios, de teatros, cinemas e cafés, de gente apressada nas ruas e avenidas, de gente sentada nos bancos de jardim, nas paragens de autocarro ou em

A DITADURA DAS FINANÇAS, por JOÃO MARTINS PEREIRA – COMBATE, OUTUBRO 1992

João Martins Pereira (1932 – 2008), engenheiro, ensaísta, jornalista, foi secretário de estado do IV governo provisório, em 1975. O primeiro ministro era Vasco Gonçalves e o ministro da Indústria e Tecnologia João Cravinho, num governo que durou poucos meses,

A DITADURA DAS FINANÇAS, por JOÃO MARTINS PEREIRA – COMBATE, OUTUBRO 1992

João Martins Pereira (1932 – 2008), engenheiro, ensaísta, jornalista, foi secretário de estado do IV governo provisório, em 1975. O primeiro ministro era Vasco Gonçalves e o ministro da Indústria e Tecnologia João Cravinho, num governo que durou poucos meses,