Posts Tagged: ricardo carvalho calero

A GALIZA COMO TAREFA – mais samba – Ernesto V. Souza

  17 de maio, e mesmo com a que está caindo, celebramos, na Galiza universal, o Dia das letras galegas. Como saberão, neste ano oferecido a Ricardo Carvalho Calero: polígrafo redondo, poeta, ativista, jurista, historiador, professor, linguista, académico e um

A GALIZA COMO TAREFA – mais samba – Ernesto V. Souza

  17 de maio, e mesmo com a que está caindo, celebramos, na Galiza universal, o Dia das letras galegas. Como saberão, neste ano oferecido a Ricardo Carvalho Calero: polígrafo redondo, poeta, ativista, jurista, historiador, professor, linguista, académico e um

A GALIZA COMO TAREFA – Carvalho Calero, no centro da Galáxia, 1980 – Ernesto V. Souza

A história, a contrário do que se nos aprende na idade escolar, não é uma evolução graduada e progressiva de feitos, fatos, sucessos, personagens, grupos, ideias e acontecimentos, as mais das vezes é uma sucessão de mudanças, de alterações súbitas,

A GALIZA COMO TAREFA – Carvalho Calero, no centro da Galáxia, 1980 – Ernesto V. Souza

A história, a contrário do que se nos aprende na idade escolar, não é uma evolução graduada e progressiva de feitos, fatos, sucessos, personagens, grupos, ideias e acontecimentos, as mais das vezes é uma sucessão de mudanças, de alterações súbitas,

A GALIZA COMO TAREFA – Carvalho contra Chronos – Ernesto V. Souza

  Meu pasado imperfeito, meu futuro condicional! Mais o presente, u-lo? R.C.C. “Excalibur” in Futuro Condicional, 1982, p.13 Tal como apontávamos, a questão da fixação da língua, na Galiza, passa pelo consenso, pela construção da ilusão coletiva (tal como o

A GALIZA COMO TAREFA – Carvalho contra Chronos – Ernesto V. Souza

  Meu pasado imperfeito, meu futuro condicional! Mais o presente, u-lo? R.C.C. “Excalibur” in Futuro Condicional, 1982, p.13 Tal como apontávamos, a questão da fixação da língua, na Galiza, passa pelo consenso, pela construção da ilusão coletiva (tal como o

SOBRE A LÍNGUA PORTUGUESA – 10 – Depoimentos dos Professores Ricardo Carvalho Calero e Montero Santalha

Depoimentos valiosos os dos Professores Ricardo Carvalho Calero e José Martinho Montero Santalha:  

SOBRE A LÍNGUA PORTUGUESA – 10 – Depoimentos dos Professores Ricardo Carvalho Calero e Montero Santalha

Depoimentos valiosos os dos Professores Ricardo Carvalho Calero e José Martinho Montero Santalha:  

Todo termina mal (Ricardo Carvalho Calero) – Avante

  O grupo de rock galego Avante interpreta a sua versão musical do poema de Ricardo Carvalho Calero, “Todo termina mal”.

Todo termina mal (Ricardo Carvalho Calero) – Avante

  O grupo de rock galego Avante interpreta a sua versão musical do poema de Ricardo Carvalho Calero, “Todo termina mal”.

Um galego Galego

Ricardo Carvalho Calero é um nome forte na literatura, língua, cultura e política galegas.Foi também um combatente. Por isso, sofreu na ditadura franquista. A clareza e frontalidade das suas opiniões tornam-as incómodas para muitos, acomodados com uma submissão ao castelhanismo.

Um galego Galego

Ricardo Carvalho Calero é um nome forte na literatura, língua, cultura e política galegas.Foi também um combatente. Por isso, sofreu na ditadura franquista. A clareza e frontalidade das suas opiniões tornam-as incómodas para muitos, acomodados com uma submissão ao castelhanismo.