Posts Tagged: Sanfins de Ferreira

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (335)

CARTAS QUE ESCREVI   Meus queridos, Eis-me aqui com um silêncio que só é quebrado pelas pingas da chuva. São mesmo muito grossas as que do telhado caem mesmo à minha frente, e também as que da ramada escorregam pelas

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (335)

CARTAS QUE ESCREVI   Meus queridos, Eis-me aqui com um silêncio que só é quebrado pelas pingas da chuva. São mesmo muito grossas as que do telhado caem mesmo à minha frente, e também as que da ramada escorregam pelas

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (270)

SANFINS DE FERREIRA – MAIS IMAGENS     ANTA DE LAMOSO – Pode ver aqui mais algumas referências PENEDO DAS NINFAS – Inscrição votiva latina gravada num bloco granítico proeminente, de forma ovalada, orientado longitudinalmente no sentido N. – S.

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (270)

SANFINS DE FERREIRA – MAIS IMAGENS     ANTA DE LAMOSO – Pode ver aqui mais algumas referências PENEDO DAS NINFAS – Inscrição votiva latina gravada num bloco granítico proeminente, de forma ovalada, orientado longitudinalmente no sentido N. – S.

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (266)

O PORTO E AO SEU LADO, EM IMAGENS (5) SANFINS DE FERREIRA – Terra que merece uma visita atenta e interessada.   Situada a cerca de quarenta quilómetros do Porto, Sanfins de Ferreira foi já objecto de uma crónica no

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (266)

O PORTO E AO SEU LADO, EM IMAGENS (5) SANFINS DE FERREIRA – Terra que merece uma visita atenta e interessada.   Situada a cerca de quarenta quilómetros do Porto, Sanfins de Ferreira foi já objecto de uma crónica no

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (77)

PORTO, A CIDADE DAS CAMÉLIAS, DESDE 1880! A Camélia faz parte da cultura da cidade do Porto. Desde criança que me habituei a conviver com as Japoneiras. Eram várias, e de várias espécies e cores, em casa do meu avô

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (77)

PORTO, A CIDADE DAS CAMÉLIAS, DESDE 1880! A Camélia faz parte da cultura da cidade do Porto. Desde criança que me habituei a conviver com as Japoneiras. Eram várias, e de várias espécies e cores, em casa do meu avô