EM COMBATE – 183 – por José Brandão

Companhia de Caçadores 2759

MOÇAMBIQUE

1970-1972

História da CCaç. 2759

A CCaç. 2759 foi constituída  a 2 de Maio de 1970 no – BII 19 –  Batalhão Independente de Infantaria 19, na cidade do Funchal – Madeira.

No entanto, os seus graduados, Capitão, alferes e sargentos começaram em Janeiro desse ano a dar instrução àqueles que depois iriam constituir a referida Companhia.

Este período terminou em Maio, altura em que a CCaç. 2759 embarcou a bordo do navio “Funchal” com destino ao Continente, ficando alojada no Quartel da Bateria de Artilharia  de Costa de Brancanes em Setúbal.

Aqui se juntaram os elementos das secções de Alimentação, Transmissões, Serviço de Saúde, Mecânica e Condução Auto, Mecânico de Armamento, Reabastecimento de Material e Secretaria, dando-se início ao entrosamento entre todos os componentes da Companhia.

A Companhia de Caçadores 2759, Comandada pelo Capitão ARMINDO MEDEIROS BAPTISTA, partiu no dia 22 de Julho de 1970 a bordo do navio “Niassa” , com destino à Província Ultramarina de Moçambique.

Depois de uma viagem longa, com paragens em S. Tomé e Luanda, chegamos a Lourenço Marques no dia 12 de Agosto, onde a Companhia recebeu os equipamentos e armamento individuais e à Beira no de 15 do mesmo mês. Aqui recebemos o material de Engenharia e Intendência ao lote de Intervenção. No mesmo dia fez-se a deslocação por via-férrea para Mutarara.

Três grupos de combate dirigiram-se para Morrumbala, recebendo aí os materiais do seu quartel e rendendo a CCaç. 2467.

O 4º grupo de combate continuou a sua viagem de comboio até Moatize, tendo posteriormente seguido viagem para Furancungo, futura sede da Companhia, ficando adido ao BCav. 2903.

O 1º Pelotão manteve-se em Morrumbala enquanto e 2º e o 3º foram destacados respectivamente para Mopeia e Derre. Em fins de Setembro, a Companhia, após a desactivação do Quartel da Morrumbala e transporte por coluna mista (militar e civil) efectuada pelo 1º Grupo de combate, reúne-se novamente no seu todo, em Furancungo, adida dessa vez ao BCaç. 2895.

No dia 6 de Outubro de 1970, a bordo de um “NORD ATLAS” a Companhia desloca-se para o Distrito de Vila Cabral onde vai iniciar a sua actividade de combate, tendo efectuado operações nas zonas de Massangulo, onde teve um grupo de combate nesse destacamento, no Lione e na própria zona de Vila Cabral.

Nestas operações e durante os dois meses – 6/10 a 1/12 – foi apreendido algum material mas não houve contactos com o IN. Apesar disso, a Companhia foi louvada pelo Comandante do BCaç. 20, tendo em vista a maneira como ao longo desse tempo actuou.

Leave a Reply