IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (126)

 

QUE FALTA ME FAZ O TEU REGAÇO

 

 

Que falta me faz o teu regaço

 

Tem dias em que abafo

Preso nestas paredes

De pedra 

Dias compridos onde

Deambulo entre palavras

 

O meu pensamento arde

Por entre as letras certas

Presas nas redes

Dos livros lidos ao fim da tarde

 

Amanhece sempre cedo

O dia em que me maço

E me encho de medo

De me entregar ao cansaço

 

Meu Deus,

Que falta me faz o teu regaço

.

About José Fernando Magalhães

Escrevo e fotografo pelo imenso prazer que daí tiro

7 comments

  1. Pingback: IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (126) | joanvergall

  2. Parabéns amigo José Magalhães! Lindo o seu poema!!!.
    …e o PORTO continua um Poema!
    Grande abraço.

    Liked by 1 person

  3. joaquim Pinto

    Ele é proza, é poesia, é fotografia; o que virá a seguir?

    Liked by 1 person

  4. Adriano Silva

    Alguns regaços de facto… merecem bem uma poesia como esta! Parabéns!

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: