UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (272)

O PORTO EM IMAGENS (72)

 

 

 

 

 

 

.

.

.

RECORDANDO O DIA 28 DE FEVEREIRO DE HÁ JÁ MUITOS ANOS

.

Vida fora muito correste

Passo lento, certo, seguro

Nunca foste uma alma errante

Eras fácil de encontrar

E agora que já morreste

De ti digo e asseguro

Nem todo o bom mareante

Se encontra no alto mar

 .

Agora, és rio

És calma

Nada te fere ou ofende

Já não tens frio

É branca e pura

A brisa que afaga a tua alma

E te acaricia com doçura

Transparente

 .

Já nada nos separa

Aguarda por mim

Tranquilamente

És eterno

Eu estou só de passagem

.

Vou ter contigo

Repara

E nesse dia, por fim

Espera por mim

E, enquanto o relógio não pára

Guarda-me um lugar para a viagem

.

*** Se por cá ainda andasses, farias hoje 95 anos. Recordar-te, é uma honra que bem mereces.

.

CASA DE BONS COMERES E DE BEM COMER

Casa de bons comeres e de bem comer, acompanhado de um excelente serviço, o restaurante “O Gaveto”, em Matosinhos, tem mantido ao longo dos anos a sua qualidade superior.

Após meses de obras terminadas há cerca de um ano, dá gosto ver como o gosto permanece,  e verificar que o fundador da casa, sr. Manuel Pinheiro (dá também muito gosto vê-lo por ali feliz de mesa em mesa), e os filhos, João Carlos e José Manuel, souberam manter viva a chama e a qualidade a que sempre nos habituaram.

Nesta altura do ano, a Lampreia é a rainha, e que rainha que ela é. As tripas à Moda do Porto, o arroz de lagosta, a açorda de lavagante e o entrecosto de boi são outros dos pratos que sublinho pela qualidade da confecção.

Neste dia muito importante para mim (como lampreia todos os 28 de Fevereiro por razões que AQUI já expliquei), voltei para almoçar. Recebido como sempre, com amabilidade e profissionalismo, comi mais uma vez um ciclóstomo (à bordalesa) de se lhe tirar o chapéu, acompanhado por um vinho verde tinto, servido em malga, de, também, excelente qualidade.

Já noutras alturas tive oportunidade de escrever sobre este restaurante (AQUI e AQUI), e nada mudou. A excelência continua.

Parabéns!

.

.

.

 

 

.

..

.

.

“A Camélia na Cidade”

é o tema da XXIV Exposição de Camélias do Porto

A Exposição de Camélias do Porto está de regresso nos próximos dias 2 e 3 de Março, desta vez na estação de metro de São Bento.

A VER!

.

.

.

 

.

.

.

About José Fernando Magalhães

Escrevo e fotografo pelo imenso prazer que daí tiro

2 comments

  1. Pingback: UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (272) | joanvergall

  2. Adriano Silva

    As senhoras das camélias todos os anos nos davam trabalho… antigamente…

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: