Posts Tagged: escravidão

BRASIL – A DISCRIMINAÇÃO DOS AFRO-DESCENDENTES CONTINUA, por LEONARDO BOFF

        Uma consequência da campanha eleitoral de 2018, anti-democrática e marcada por um sem número de fake news (falsas notícias), foi o fortalecimento do já existente racismo contra indígenas, quilombolas e particularmente contra negros e negras. Segundo

BRASIL – A DISCRIMINAÇÃO DOS AFRO-DESCENDENTES CONTINUA, por LEONARDO BOFF

        Uma consequência da campanha eleitoral de 2018, anti-democrática e marcada por um sem número de fake news (falsas notícias), foi o fortalecimento do já existente racismo contra indígenas, quilombolas e particularmente contra negros e negras. Segundo

BRASIL – BLOG DA CIDADANIA – ESCOLA DE SAMBA DA TUIUTI – CARNAVAL DO RIO DE JANEIRO 2018 – “MEU DEUS, MEU DEUS! ESTÁ EXTINTA A ESCRAVIDÃO?”

OBRIGADO AO BLOG DA CIDADANIA, G.R.E.S. PARAÍSO DO TUIUTI, IMAGINARIO COMUNICAÇÃO E MARKETING E A TODOS OS AUTORES E COLABORADORES      Clique em: https://blogdacidadania.com.br/2018/02/emocione-se-com-o-samba-enredo-da-escola-tuiuti/   Obrigado a ImaginaRio Comunicação e Marketing e ao youtube  MEU DEUS, MEU DEUS! ESTÁ

BRASIL – BLOG DA CIDADANIA – ESCOLA DE SAMBA DA TUIUTI – CARNAVAL DO RIO DE JANEIRO 2018 – “MEU DEUS, MEU DEUS! ESTÁ EXTINTA A ESCRAVIDÃO?”

OBRIGADO AO BLOG DA CIDADANIA, G.R.E.S. PARAÍSO DO TUIUTI, IMAGINARIO COMUNICAÇÃO E MARKETING E A TODOS OS AUTORES E COLABORADORES      Clique em: https://blogdacidadania.com.br/2018/02/emocione-se-com-o-samba-enredo-da-escola-tuiuti/   Obrigado a ImaginaRio Comunicação e Marketing e ao youtube  MEU DEUS, MEU DEUS! ESTÁ

BRASIL – JESSÉ SOUZA: “A VERDADEIRA CORRUPÇÃO É A DO MERCADO” – entrevista por RUTE PINA, em BRASIL DE FATO, edição de CAMILA RODRIGUES DA SILVA – enviada por CAMILO JOSEPH

OBRIGADO A JESSÉ SOUZA, RUTE PINA, CAMILA RODRIGUES DA SILVA, FABIO RODRIGUES POZZEBOM; BRASIL DE FATO, AGÊNCIA BRASIL E CAMILO JOSEPH   Jessé Souza: “A verdadeira corrupção é a do mercado” Em setembro, o sociólogo lança novo livro em que

BRASIL – JESSÉ SOUZA: “A VERDADEIRA CORRUPÇÃO É A DO MERCADO” – entrevista por RUTE PINA, em BRASIL DE FATO, edição de CAMILA RODRIGUES DA SILVA – enviada por CAMILO JOSEPH

OBRIGADO A JESSÉ SOUZA, RUTE PINA, CAMILA RODRIGUES DA SILVA, FABIO RODRIGUES POZZEBOM; BRASIL DE FATO, AGÊNCIA BRASIL E CAMILO JOSEPH   Jessé Souza: “A verdadeira corrupção é a do mercado” Em setembro, o sociólogo lança novo livro em que

BRASIL – CARTA CAPITAL – Entrevista a JESSÉ SOUZA: “A CLASSE MÉDIA É FEITA DE IMBECIL PELA ELITE” – por SERGIO LIRIO

OBRIGADO A JESSÉ SOUZA, SERGIO LIRIO, CARTA CAPITAL E CAMILO JOSEPH ENTREVISTA –  JESSÉ SOUZA: “A CLASSE MÉDIA É FEITA DE IMBECIL PELA ELITE” Sergio Lirio Sergio Lirio, Entrevista a Jessé Souza: “A classe média é feita de imbecil pela elite”

BRASIL – CARTA CAPITAL – Entrevista a JESSÉ SOUZA: “A CLASSE MÉDIA É FEITA DE IMBECIL PELA ELITE” – por SERGIO LIRIO

OBRIGADO A JESSÉ SOUZA, SERGIO LIRIO, CARTA CAPITAL E CAMILO JOSEPH ENTREVISTA –  JESSÉ SOUZA: “A CLASSE MÉDIA É FEITA DE IMBECIL PELA ELITE” Sergio Lirio Sergio Lirio, Entrevista a Jessé Souza: “A classe média é feita de imbecil pela elite”

EDITORIAL – O ESTADO DE ESCRAVIDÃO – UMA LEI DE HÁ 148 ANOS

Foi pela lei de 25 de Fevereiro de 1869, assinada pelo rei D. Luís e pelo governo chefiado pelo marquês de Sá da Bandeira, depois publicada  a 27 de Fevereiro, que foi abolido o estado de escravidão em todo o

EDITORIAL – O ESTADO DE ESCRAVIDÃO – UMA LEI DE HÁ 148 ANOS

Foi pela lei de 25 de Fevereiro de 1869, assinada pelo rei D. Luís e pelo governo chefiado pelo marquês de Sá da Bandeira, depois publicada  a 27 de Fevereiro, que foi abolido o estado de escravidão em todo o

OS VÁRIOS ESCRAVOS DESTE MUNDO por clara castilho

Legalmente acabou? Penso que nem em todo o lado. Mas, encapotadamente, escondida em fábricas, quintas agrícolas, e de portas fechadas, em nações pobre e em nações ricas, por todo o lado pessoas são exploradas, sem hipótese de sair dessa situação.

OS VÁRIOS ESCRAVOS DESTE MUNDO por clara castilho

Legalmente acabou? Penso que nem em todo o lado. Mas, encapotadamente, escondida em fábricas, quintas agrícolas, e de portas fechadas, em nações pobre e em nações ricas, por todo o lado pessoas são exploradas, sem hipótese de sair dessa situação.