Posts Tagged: jair bolsonaro

BRASIL DE FATO – RELIGIÃO, VIOLÊNCIA E LOUCURA NO BRASIL, por JOSÉ LUÍS FIORI

  OBRIGADO A JOSÉ LUÍS FIORI, BRASIL DE FATO E CAMILO JOSEPH   Brasil de Fato, 15 de Maio   “A palavra ‘bolsonarismo’ é usada em todo o mundo, como sinônimo de violência irracional e destruição psicopática”     Na

BRASIL DE FATO – RELIGIÃO, VIOLÊNCIA E LOUCURA NO BRASIL, por JOSÉ LUÍS FIORI

  OBRIGADO A JOSÉ LUÍS FIORI, BRASIL DE FATO E CAMILO JOSEPH   Brasil de Fato, 15 de Maio   “A palavra ‘bolsonarismo’ é usada em todo o mundo, como sinônimo de violência irracional e destruição psicopática”     Na

SINAIS DE FOGO – BESTAS PERIGOSAS – por Soares Novais

  1- A redução do custo dos passes foi um autêntico “KO” técnico que levou a direita ao tapete. Reagiu, depois, com um chorrilho de bestialidades. Da Assunção a Rio. Contudo, é Luís Cabral da Silva, engenheiro, especialista em transportes,

SINAIS DE FOGO – BESTAS PERIGOSAS – por Soares Novais

  1- A redução do custo dos passes foi um autêntico “KO” técnico que levou a direita ao tapete. Reagiu, depois, com um chorrilho de bestialidades. Da Assunção a Rio. Contudo, é Luís Cabral da Silva, engenheiro, especialista em transportes,

A OPINIÃO DE DANIEL AARÃO REIS – A DITADURA E SEUS FANTASMAS, 55 ANOS DEPOIS.

    A orientação do presidente Bolsonaro para que os quartéis comemorem a instauração da ditadura, em 1964, suscitou polêmicas que cumpre retomar, evitando-se histórias “oficiais” – à direita e à esquerda. Vamos por partes. 1. A gênese Em fins

A OPINIÃO DE DANIEL AARÃO REIS – A DITADURA E SEUS FANTASMAS, 55 ANOS DEPOIS.

    A orientação do presidente Bolsonaro para que os quartéis comemorem a instauração da ditadura, em 1964, suscitou polêmicas que cumpre retomar, evitando-se histórias “oficiais” – à direita e à esquerda. Vamos por partes. 1. A gênese Em fins

CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – O ZAFECTOS YOUVÓMITO

  Pois é. Falam todos mal do Trump, indiciam, pior ou melhor, com menor ou maior veemência, mais discreta ou menos discretamente, um certo mal-estar com a eleição do Bolsonaro, pois claro. Mas depois acorrem, pressurosos e compostinhos. A cumprimentá-los,

CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – O ZAFECTOS YOUVÓMITO

  Pois é. Falam todos mal do Trump, indiciam, pior ou melhor, com menor ou maior veemência, mais discreta ou menos discretamente, um certo mal-estar com a eleição do Bolsonaro, pois claro. Mas depois acorrem, pressurosos e compostinhos. A cumprimentá-los,

BRASIL – A FACADA DO MITO: UMA VISÃO DIFERENTE SOBRE O ATENTADO A JAIR BOLSONARO

Colegas acabei de receber e assistir um vídeo de aproximadamente 58 minutos bem interessante e muito esclarecedor do real atentado ao Mi(n)to, olha tem que ver-se com muita calma e muita atenção eu depois que assisti fui a ver as

BRASIL – A FACADA DO MITO: UMA VISÃO DIFERENTE SOBRE O ATENTADO A JAIR BOLSONARO

Colegas acabei de receber e assistir um vídeo de aproximadamente 58 minutos bem interessante e muito esclarecedor do real atentado ao Mi(n)to, olha tem que ver-se com muita calma e muita atenção eu depois que assisti fui a ver as

CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – BOLSONAR, BOLSAR, VOMITAR

Tive de abandonar a minha sala, onde decorria a reportagem da tomada de posse de um nazi livremente eleito. Mais um. Há já vários destes espécimes e outros hão-de em breve aparecer, se Deus lhes der vida e saúde –

CARLOS REIS – OS ARTIGOS IMPUBLICÁVEIS – BOLSONAR, BOLSAR, VOMITAR

Tive de abandonar a minha sala, onde decorria a reportagem da tomada de posse de um nazi livremente eleito. Mais um. Há já vários destes espécimes e outros hão-de em breve aparecer, se Deus lhes der vida e saúde –

HÉLDER MATEUS DA COSTA – O MITO

Um dos fenómenos mais curiosos da campanha e investidura do Bolsonaro foi o coro da multidão gritando MITO!MITO! MITO!Será que eles sabiam o que estavam a gritar?Em português de Portugal quando se utiliza a palavra MITO é para denunciar algo

HÉLDER MATEUS DA COSTA – O MITO

Um dos fenómenos mais curiosos da campanha e investidura do Bolsonaro foi o coro da multidão gritando MITO!MITO! MITO!Será que eles sabiam o que estavam a gritar?Em português de Portugal quando se utiliza a palavra MITO é para denunciar algo

HÉLDER MATEUS DA COSTA – O MISTÉRIO DAS SANTAS FACADAS

  O mistério das “santas facadas” Estava o Jair Bolsonaro, o Mito, a perorar no meio de um grupo ao ar livre, quando inesperadamente alguém o esfaqueou. Gritos, escândalo, acusações contra partidos políticos, e o mártir vai de bolandas para

HÉLDER MATEUS DA COSTA – O MISTÉRIO DAS SANTAS FACADAS

  O mistério das “santas facadas” Estava o Jair Bolsonaro, o Mito, a perorar no meio de um grupo ao ar livre, quando inesperadamente alguém o esfaqueou. Gritos, escândalo, acusações contra partidos políticos, e o mártir vai de bolandas para

BRASIL – REVISTA IHU ON-LINE – “ESTÁ EXPLODINDO UMA BOMBA RELÓGIO QUE NINGUÉM QUIS VER” – entrevista com VLADIMIR SAFATLE, por JOÃO SOARES

OBRIGADO A VLADIMIR SAFATLE, JOÃO SOARES, DEUTSCHE WELLE, REVISTA IHU ON-LINE, INSTITUTO HUMANITAS UNISINOS E CAMILO JOSEPH     Entrevista de João Soares, publicada em Deutsche Welle em 8 de Outubro de 2018 Revista IHU on-line, 9 de Outubro de

BRASIL – REVISTA IHU ON-LINE – “ESTÁ EXPLODINDO UMA BOMBA RELÓGIO QUE NINGUÉM QUIS VER” – entrevista com VLADIMIR SAFATLE, por JOÃO SOARES

OBRIGADO A VLADIMIR SAFATLE, JOÃO SOARES, DEUTSCHE WELLE, REVISTA IHU ON-LINE, INSTITUTO HUMANITAS UNISINOS E CAMILO JOSEPH     Entrevista de João Soares, publicada em Deutsche Welle em 8 de Outubro de 2018 Revista IHU on-line, 9 de Outubro de