Posts Tagged: história recente

BRASIL DE FATO – RELIGIÃO, VIOLÊNCIA E LOUCURA NO BRASIL, por JOSÉ LUÍS FIORI

  OBRIGADO A JOSÉ LUÍS FIORI, BRASIL DE FATO E CAMILO JOSEPH   Brasil de Fato, 15 de Maio   “A palavra ‘bolsonarismo’ é usada em todo o mundo, como sinônimo de violência irracional e destruição psicopática”     Na

BRASIL DE FATO – RELIGIÃO, VIOLÊNCIA E LOUCURA NO BRASIL, por JOSÉ LUÍS FIORI

  OBRIGADO A JOSÉ LUÍS FIORI, BRASIL DE FATO E CAMILO JOSEPH   Brasil de Fato, 15 de Maio   “A palavra ‘bolsonarismo’ é usada em todo o mundo, como sinônimo de violência irracional e destruição psicopática”     Na

A OPINIÃO DE DANIEL AARÃO REIS – A DITADURA E SEUS FANTASMAS, 55 ANOS DEPOIS.

    A orientação do presidente Bolsonaro para que os quartéis comemorem a instauração da ditadura, em 1964, suscitou polêmicas que cumpre retomar, evitando-se histórias “oficiais” – à direita e à esquerda. Vamos por partes. 1. A gênese Em fins

A OPINIÃO DE DANIEL AARÃO REIS – A DITADURA E SEUS FANTASMAS, 55 ANOS DEPOIS.

    A orientação do presidente Bolsonaro para que os quartéis comemorem a instauração da ditadura, em 1964, suscitou polêmicas que cumpre retomar, evitando-se histórias “oficiais” – à direita e à esquerda. Vamos por partes. 1. A gênese Em fins

A OPINIÃO DE DANIEL AARÃO REIS – SOPRAM VENTOS MAUS

  O coronel Hugo Chavez apareceu na história venezuelana como um furacão. Na esteira de uma  insurreição popular ocorrida em Caracas, o Caracazo, em 1989, que protestava contra uma república elitista e desigual, tentou, três anos depois,  um golpe de

A OPINIÃO DE DANIEL AARÃO REIS – SOPRAM VENTOS MAUS

  O coronel Hugo Chavez apareceu na história venezuelana como um furacão. Na esteira de uma  insurreição popular ocorrida em Caracas, o Caracazo, em 1989, que protestava contra uma república elitista e desigual, tentou, três anos depois,  um golpe de

A OPINIÃO DE DANIEL AARÃO REIS – O DIA QUE DUROU 10 ANOS

  Não sei se será  possível esquecer aquela  sexta-feira 13, quando, há cinquenta anos,  foi decretado o Ato Institucional n° 5.  Em nove páginas, subscritas por 17 homens, nove militares e oito civis, meia dúzia de considerandos,  12 artigos, 10

A OPINIÃO DE DANIEL AARÃO REIS – O DIA QUE DUROU 10 ANOS

  Não sei se será  possível esquecer aquela  sexta-feira 13, quando, há cinquenta anos,  foi decretado o Ato Institucional n° 5.  Em nove páginas, subscritas por 17 homens, nove militares e oito civis, meia dúzia de considerandos,  12 artigos, 10

CARTA DE BARCELONA – Carta abierta a Pedro Sánchez, presidente del gobierno español, quien probablemente ignorará su contenido – por JOSEP A: VIDAL

  No voy a preocuparme del encabezamiento protocolario, si debo llamarle Excelentísimo Sr. o si debo emplear alguna otra forma obligada de cortesía. Por dos razones principalmente: porque este no es un texto protocolario y porque tanto mis palabras como

CARTA DE BARCELONA – Carta abierta a Pedro Sánchez, presidente del gobierno español, quien probablemente ignorará su contenido – por JOSEP A: VIDAL

  No voy a preocuparme del encabezamiento protocolario, si debo llamarle Excelentísimo Sr. o si debo emplear alguna otra forma obligada de cortesía. Por dos razones principalmente: porque este no es un texto protocolario y porque tanto mis palabras como

MPPM – TARDE CULTURAL PALESTINIANA EM SETÚBAL – na CASA DA CULTURA, rua DETRÁS DA GUARDA, 26 a 34 – DOMINGO, 11 de NOVEMBRO, às 17 horas.

  A Associação José Afonso e o MPPM, com o apoio da Casa da Cultura de Setúbal, organizam uma Tarde Cultural Palestina com o seguinte programa: — Exibição do documentário «Como foi colonizada a Palestina» — «A situação na Palestina»

MPPM – TARDE CULTURAL PALESTINIANA EM SETÚBAL – na CASA DA CULTURA, rua DETRÁS DA GUARDA, 26 a 34 – DOMINGO, 11 de NOVEMBRO, às 17 horas.

  A Associação José Afonso e o MPPM, com o apoio da Casa da Cultura de Setúbal, organizam uma Tarde Cultural Palestina com o seguinte programa: — Exibição do documentário «Como foi colonizada a Palestina» — «A situação na Palestina»