IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (101)

CONSERVADAS EM SAL-GEMA

 

 

Se me acontece escrever

Pensamentos, ideias, palavras movediças e soltas

E com eles formar versos, e mais tarde um poema

Só eles, os versos, sabem o que me querem dizer,

Que caminho me indicam, que voltas

Que letras devem sair pela tinta da caneta.

.

E, se me acontece vestir como minhas

As palavras dos pensamentos que acabo por escrever

Os escritos que me saem, as palavras de qualquer tema,

As vozes que por mim passeiam sozinhas

Como num sistema de vasos comunicantes, ou outro qualquer

Tornam-se parte de mim,

Cozinhadas em lume brando e conservadas em sal-gema.

 

 

 

About José Magalhães

Escrevo e fotografo pelo imenso prazer que daí tiro

One comment

  1. Pingback: IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (101) | joanvergall

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: