Posts Tagged: crónica.

CARLOS REIS – NASTÁLGICO – NATAL EM TIMES NEW ROMAN E JUSTIFY

  Eu peço desculpa por não desejar um Santo Natal, umas festas felizes ou até mesmo um ano novo cheio de caspa e felicidades. Como todos sabem e estão fartos de constatar, mesmo sem o confessarem, o Natal, o nosso Natal já

CARLOS REIS – NASTÁLGICO – NATAL EM TIMES NEW ROMAN E JUSTIFY

  Eu peço desculpa por não desejar um Santo Natal, umas festas felizes ou até mesmo um ano novo cheio de caspa e felicidades. Como todos sabem e estão fartos de constatar, mesmo sem o confessarem, o Natal, o nosso Natal já

CARLOS REIS – NASTÁLGICO – O FERIADO É NATAL

  o feriado é natal ou as boas e possíveis festas fatais olá aqui me eis de novo sem parar o electrão ataca também de novo pela calada do natal no dealbar da ceia inevitável na insustentável leveza da noite

CARLOS REIS – NASTÁLGICO – O FERIADO É NATAL

  o feriado é natal ou as boas e possíveis festas fatais olá aqui me eis de novo sem parar o electrão ataca também de novo pela calada do natal no dealbar da ceia inevitável na insustentável leveza da noite

CARLOS REIS – NASTÁLGICO – MENSAGEM DE NATAL

    Louvados sois por mais esta época que por vós se roça. Espero que não vos tivésseis esquecido de preencher os espaços ainda existentes por entre as filas (ou bichas, como de antanho se dizia) dos simpáticos automóveis que

CARLOS REIS – NASTÁLGICO – MENSAGEM DE NATAL

    Louvados sois por mais esta época que por vós se roça. Espero que não vos tivésseis esquecido de preencher os espaços ainda existentes por entre as filas (ou bichas, como de antanho se dizia) dos simpáticos automóveis que

CARLOS REIS – NASTÁLGICO – O VÓMITO DO NATAL

    O Natal não existe, como todos nós sabemos. Embora a gente teime e insista que sim. Que os maus passam a ser bons, que os assim-assim se esforçam e afinal não são tão maus como isso e que

CARLOS REIS – NASTÁLGICO – O VÓMITO DO NATAL

    O Natal não existe, como todos nós sabemos. Embora a gente teime e insista que sim. Que os maus passam a ser bons, que os assim-assim se esforçam e afinal não são tão maus como isso e que

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (264)

BOAS FESTAS Este ano o Natal calha numa Terça-feira, 25 de Dezembro, e o próximo ano é o de 2019, sendo o seu primeiro dia, também uma Terça-feira, 1 de Janeiro. No Domingo seguinte, dia 6, celebra-se o Dia de

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (264)

BOAS FESTAS Este ano o Natal calha numa Terça-feira, 25 de Dezembro, e o próximo ano é o de 2019, sendo o seu primeiro dia, também uma Terça-feira, 1 de Janeiro. No Domingo seguinte, dia 6, celebra-se o Dia de

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (263)

O PORTO E AO SEU LADO, EM IMAGENS (4) . . . BRAGA EXPOSIÇÃO DE BRONZES DA ANTIGUIDADE CHINESA. (A ver com toda a atenção)   . . .    

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (263)

O PORTO E AO SEU LADO, EM IMAGENS (4) . . . BRAGA EXPOSIÇÃO DE BRONZES DA ANTIGUIDADE CHINESA. (A ver com toda a atenção)   . . .    

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (262)

. O PORTO E AO SEU LADO, EM IMAGENS (3) . . . . FESTAS FELIZES … NO PORTO!   .. . .

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (262)

. O PORTO E AO SEU LADO, EM IMAGENS (3) . . . . FESTAS FELIZES … NO PORTO!   .. . .

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (261)

  “A LATERE” DO 5º COLÓQUIO INTERNACIONAL CAMINHOS DE SANTIAGO SÃO PEDRO DE RATES . . Tudo começou na Quinta-feira 15 de Novembro, com a assinatura do Protocolo de Doação de pinturas, entre a Junta de Freguesia de S. Pedro

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (261)

  “A LATERE” DO 5º COLÓQUIO INTERNACIONAL CAMINHOS DE SANTIAGO SÃO PEDRO DE RATES . . Tudo começou na Quinta-feira 15 de Novembro, com a assinatura do Protocolo de Doação de pinturas, entre a Junta de Freguesia de S. Pedro

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (260)

AS ÁRVORES DA MINHA CIDADE Já em Maio de 2015 escrevia eu nesta coluna, que deveríamos ter “uma árvore em cada rua“, quase dois anos depois de ter escrito que o Porto ombreava com qualquer cidade europeia na quantidade e

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (260)

AS ÁRVORES DA MINHA CIDADE Já em Maio de 2015 escrevia eu nesta coluna, que deveríamos ter “uma árvore em cada rua“, quase dois anos depois de ter escrito que o Porto ombreava com qualquer cidade europeia na quantidade e

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (259)

O PORTO E AO SEU LADO, EM IMAGENS (2) . . . V Colóquio Internacional dos Caminhos de Santiago 16 e 17 de Novembro Igreja Românica de S. Pedro de Rates . . . MAIS UMA “FOZ LITERÁRIA” Desta vez

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (259)

O PORTO E AO SEU LADO, EM IMAGENS (2) . . . V Colóquio Internacional dos Caminhos de Santiago 16 e 17 de Novembro Igreja Românica de S. Pedro de Rates . . . MAIS UMA “FOZ LITERÁRIA” Desta vez

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (250)

O PORTO EM IMAGENS (65)                   Consegue identificar os locais?   ++++ NÃO SE ESQUEÇA, COMPAREÇA!     . . . . . .   . . “O Porto não pode viver

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (250)

O PORTO EM IMAGENS (65)                   Consegue identificar os locais?   ++++ NÃO SE ESQUEÇA, COMPAREÇA!     . . . . . .   . . “O Porto não pode viver