Posts Tagged: joaquim pinto da silva

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (312)

    CAPELA DE N. SRª DA CONCEIÇÃO   A capela de N. Sra. da Conceição, cujo ano de construção se desconhece com exactidão, mas se acredita remontar ao século XIX (apesar da ausência de documentos, o estudioso da Foz

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (312)

    CAPELA DE N. SRª DA CONCEIÇÃO   A capela de N. Sra. da Conceição, cujo ano de construção se desconhece com exactidão, mas se acredita remontar ao século XIX (apesar da ausência de documentos, o estudioso da Foz

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (285)

3º ENCONTRO NACIONAL DE LITERATURISMO Forte de São João Baptista da Foz do Douro   Infelizmente sem a possibilidade da presença de José Valle de Figueiredo, que no entanto enviou um texto de abertura dos trabalhos, lido por Francisco Mesquita

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (285)

3º ENCONTRO NACIONAL DE LITERATURISMO Forte de São João Baptista da Foz do Douro   Infelizmente sem a possibilidade da presença de José Valle de Figueiredo, que no entanto enviou um texto de abertura dos trabalhos, lido por Francisco Mesquita

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (281)

OVAR FOI ATÉ S. PEDRO DE RATES       Por causa das comemorações dos 180 anos do nascimento de Joaquim Guilherme Gomes Coelho, o nosso Júlio Dinis, organizou a Câmara Municipal de Ovar em parceria com a Junta de

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (281)

OVAR FOI ATÉ S. PEDRO DE RATES       Por causa das comemorações dos 180 anos do nascimento de Joaquim Guilherme Gomes Coelho, o nosso Júlio Dinis, organizou a Câmara Municipal de Ovar em parceria com a Junta de

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (278)

A FOZ DO DOURO AVANÇA SOBRE A ESTRELA POR CAUSA DE RAUL BRANDÃO   Placa com desenho de Raul Brandão – de Carlos Carneiro (1928)     imagens (em baixo) da colocação de uma placa na casa onde também viveu

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (278)

A FOZ DO DOURO AVANÇA SOBRE A ESTRELA POR CAUSA DE RAUL BRANDÃO   Placa com desenho de Raul Brandão – de Carlos Carneiro (1928)     imagens (em baixo) da colocação de uma placa na casa onde também viveu

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (224)

RAUL BRANDÃO       Abram a porta! Sou eu, o Teles! Canalhas! canalhas!…  Ao que eu cheguei!… Um magistrado! Um antigo magistrado no calabouço! ……………….. Que distância há entre o homem e o homem? Entre o homem correcto, o

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (224)

RAUL BRANDÃO       Abram a porta! Sou eu, o Teles! Canalhas! canalhas!…  Ao que eu cheguei!… Um magistrado! Um antigo magistrado no calabouço! ……………….. Que distância há entre o homem e o homem? Entre o homem correcto, o

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (223)

  SESSÃO DA FOZ LITERÁRIA E JANTAR LITERÁRIO Ontem estivemos presentes em mais uma sessão da Foz Literária, onde, para além de termos tido o grato prazer de assistir a um filme coma cerca de trinta anos sobre o tema

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (223)

  SESSÃO DA FOZ LITERÁRIA E JANTAR LITERÁRIO Ontem estivemos presentes em mais uma sessão da Foz Literária, onde, para além de termos tido o grato prazer de assistir a um filme coma cerca de trinta anos sobre o tema

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (210)

ELE HÁ SEMANAS FANTÁSTICAS.   Começando na passada Quarta-feira 24, com dois eventos, e acabando ontem, dia 29 com um, foram três, os momentos de alta qualidade. Comecemos pela tarde de Sexta-feira. Forte de São Baptista da Foz do Douro

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (210)

ELE HÁ SEMANAS FANTÁSTICAS.   Começando na passada Quarta-feira 24, com dois eventos, e acabando ontem, dia 29 com um, foram três, os momentos de alta qualidade. Comecemos pela tarde de Sexta-feira. Forte de São Baptista da Foz do Douro

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (209)

O PORTO EM IMAGENS (44)                     . .   COMO SE FORA UM CONTO Embora com bastante atraso, e a pedido de vários amigos, junto os filmes das apresentações do meu

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (209)

O PORTO EM IMAGENS (44)                     . .   COMO SE FORA UM CONTO Embora com bastante atraso, e a pedido de vários amigos, junto os filmes das apresentações do meu

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (187)

ALMINHAS (3B) Uma vez mais por indicação do nosso Amigo José Carlos Oliveira, descobrimos na Freguesia de Aldoar, uma quinta Alminha. Situada na Rua de António Aroso, muito perto da Avenida da Boavista, lá está na parede de uma casa

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (187)

ALMINHAS (3B) Uma vez mais por indicação do nosso Amigo José Carlos Oliveira, descobrimos na Freguesia de Aldoar, uma quinta Alminha. Situada na Rua de António Aroso, muito perto da Avenida da Boavista, lá está na parede de uma casa

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (186)

RAUL BRANDÃO VEIO JANTAR CONNOSCO Na passada segunda-feira, 12 de Junho deste venturoso ano de 2017, pouco passava das 20h30, teve início, na Tasca do Bairro, o nosso local costumeiro para estas aventuras, o jantar convívio cujo convidado de honra

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (186)

RAUL BRANDÃO VEIO JANTAR CONNOSCO Na passada segunda-feira, 12 de Junho deste venturoso ano de 2017, pouco passava das 20h30, teve início, na Tasca do Bairro, o nosso local costumeiro para estas aventuras, o jantar convívio cujo convidado de honra

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (176)

JANTAR LITERÁRIO NA FOZ DO DOURO, PORTO   ACONTECEU no DIA 3 de ABRIL, na TASCA DO BAIRRO   Por iniciativa da Associação Cultural “O PROGRESSO DA FOZ” e da “FOZ LITERÁRIA”, realizou-se, na passada Segunda-feira, mais um jantar literário excelentemente

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (176)

JANTAR LITERÁRIO NA FOZ DO DOURO, PORTO   ACONTECEU no DIA 3 de ABRIL, na TASCA DO BAIRRO   Por iniciativa da Associação Cultural “O PROGRESSO DA FOZ” e da “FOZ LITERÁRIA”, realizou-se, na passada Segunda-feira, mais um jantar literário excelentemente

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (168)

JANTAR LITERÁRIO NA FOZ DO DOURO, PORTO   – CAMILO, EÇA e RAMALHO VIERAM JANTAR CONNOSCO – ACONTECEU no DIA 3 de FEVEREIRO, na TASCA DO BAIRRO Por iniciativa da Associação Cultural “O PROGRESSO DA FOZ” e da “FOZ LITERÁRIA”, realizou-se,

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (168)

JANTAR LITERÁRIO NA FOZ DO DOURO, PORTO   – CAMILO, EÇA e RAMALHO VIERAM JANTAR CONNOSCO – ACONTECEU no DIA 3 de FEVEREIRO, na TASCA DO BAIRRO Por iniciativa da Associação Cultural “O PROGRESSO DA FOZ” e da “FOZ LITERÁRIA”, realizou-se,

APRESENTAÇÃO de “CAMPANHÃ E OS 140 ANOS DA ESTAÇÃO DE CAMINHO-DE-FERRO” de HELDER PACHECO, JOSÉ MAGALHÃES e JOSÉ VALLE DE FIGUEIREDO – QUINTA-FEIRA, 21 de ABRIL, às 18.30, no AUDITÓRIO da JUNTA de FREGUESIA da CAMPANHÃ.

Na próxima Quinta-feira, 21 de Abril, às 18h30, vamos apresentar o livro sobre Campanhã e a Estação de Comboios, escrito por Helder Pacheco, José Valle de Figueiredo e por mim. Uma vez que há muita gente não familiarizada com o

APRESENTAÇÃO de “CAMPANHÃ E OS 140 ANOS DA ESTAÇÃO DE CAMINHO-DE-FERRO” de HELDER PACHECO, JOSÉ MAGALHÃES e JOSÉ VALLE DE FIGUEIREDO – QUINTA-FEIRA, 21 de ABRIL, às 18.30, no AUDITÓRIO da JUNTA de FREGUESIA da CAMPANHÃ.

Na próxima Quinta-feira, 21 de Abril, às 18h30, vamos apresentar o livro sobre Campanhã e a Estação de Comboios, escrito por Helder Pacheco, José Valle de Figueiredo e por mim. Uma vez que há muita gente não familiarizada com o

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (104)

UM VELÓDROMO NO PORTO Poucos são os Portuenses que sabem da sua existência. Para os mais distraídos, ou melhor, para quem nunca ouviu falar, devo dizer que há um velódromo no Porto. E o velódromo que cá temos, ou tivemos

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (104)

UM VELÓDROMO NO PORTO Poucos são os Portuenses que sabem da sua existência. Para os mais distraídos, ou melhor, para quem nunca ouviu falar, devo dizer que há um velódromo no Porto. E o velódromo que cá temos, ou tivemos