Posts Tagged: mfa

DIÁSPORA. CORONEL VARELA GOMES: UN HÉROE EN LA MEMORIA, por Moisés Cayetano Rosado

  Recuerdo una vez más que cuando estaba estudiando la Revolução dos Cravos para el libro que escribimos mi hijo Moisés y yo (publicado por la Fundación de Investigaciones Marxistas en 1999 bajo el título de Abril 25: el sueño

APRESENTAÇÃO de “5ª DIVISÃO – MFA – REVOLUÇÃO E CULTURA”, de MANUEL BEGONHA – AMANHÃ, 30 de NOVEMBRO, às 18.30, na UNIVERSIDADE POPULAR do PORTO.

                              Saiba mais sobre a OBRA e o AUTOR em: http://www.edi-colibri.pt/Detalhes.aspx?ItemID=1958

LANÇAMENTO de “5ª DIVISÃO – MFA – REVOLUÇÃO E CULTURA”, de MANUEL BEGONHA – AMANHÃ, 22 de OUTUBRO, às 18.30 – CASA DO ALENTEJO.

  Veja também aqui:  http://www.edi-colibri.pt/Noticias.aspx?NoticiaID=519

REVISTA DA SEMANA por Luís Rocha

Revista da semana De 19/04 a 25/04/2015 Ontem 25 de Abril de 2015, fez quarenta anos que se realizaram as primeiras eleições democráticas em Portugal nos pós 25 de Abril de 1974, data em que os chamados “capitães de Abril”

CANÇÕES DE ABRIL – O POVO É QUEM MAIS ORDENA

23h30 – Chegada da EPC ao Regimento de Cavalaria 7 e ao Regimento de Lanceiros 2 que ocupa, perante a rendição, sem resistência, dos seus comandantes. A Revolução triunfou. Mas, quarenta e um anos depois, festejando a vitória da Democracia,

CANÇÕES DE ABRIL – QUADRAS DE ANTÓNIO ALEIXO POR FRANCISCO FANHAIS

19h50 – Comunicado do MFA anunciando formalmente a queda do Governo. 20h05 – É lida, através dos emissores do RCP, a Proclamação do Movimento das Forças Armadas.

CANÇÕES DE ABRIL – «COMO UM SONHO ACORDADO« – FAUSTO

18h30 – O Agrupamento Norte chega a Lisboa.- Numa manobra difícil, a autometralhadora Chaimite penetra, de marcha atrás, no Quartel do Carmo.19h00 – Marcelo Caetano, Rui Patrício e Moreira Baptista abandonam o Quartel do Carmo, sendo conduzidos na autometralhadora Chaimite

CANÇÕES DE ABRIL- HINO DA MARIA DA FONTE – VITORINO

.17h45 – Chegada ao Largo do Carmo do general António de Spínola, companhado pelo tenente-coronel Dias de Lima, major Carlos Alexandre Morais, capitão António Ramos e dr. Carlos Vieira da Rocha. Após longos minutos envolvido pela multidão, o Peugeot que

CANÇÕES DE ABRIL – «EU VI ESTE POVO A LUTAR» – DE JOSÉ MÁRIO BRANCO

16h30 – Salgueiro Maia autoriza a entrada no Quartel dos dois mensageiros.c. 16h30 – Spínola comunica ao Posto de Comando do MFA ter recebido um pedido de Marcelo Caetano para ser ele a aceitar a rendição do chefe do governo.

CANÇÕES DE ABRIL – «FADO TROPICAL» – CHICO BUARQUE E RUY GUERRA

  15h30 – Não sendo atendido após 15 minutos, Salgueiro Maia ordena ao tenente Santos Silva para fazer uma rajada da torre da Chaimite sobre as janelas mais altas do Quartel, repetindo o apelo de rendição logo a seguir.15h45 –

CANÇÕES DE ABRIL – «O QUE FAZ FALTA» – JOSÉ AFONSO

14h30 – É lido por Clarisse Guerra, aos microfones do Rádio Clube Português, um comunicado do MFA, no qual se dá conta dos objectivos e posições controlados e do ultimato para a rendição de Marcelo Caetano.c. 15h10 – Salgueiro Maia

CANÇÕES DE ABRIL – “EU VIM DE LONGE” – JOSÉ MÁRIO BRANCO

  13h30 – Um helicanhão sobrevoa o Largo do Carmo, causando grande ansiedade entre militares e civis.13h40 – O comandante e o Estado-Maior da Legião Portuguesa apresentam a sua rendição.14h00 – Corte de energia ao emissor de Miramar (Porto) do

CANÇÕES DE ABRIL – “MENINO DO BAIRRO NEGRO” – ZECA AFONSO NA VOZ DE UXIA SENLLE

.12h30 – É montado o cerco ao Quartel da GNR, no Carmo, pela coluna da EPC.12h45 – Forças hostis da GNR ocupam posições na retaguarda do dispositivo de Salgueiro Maia.13h00 – Um comunicado do MFA tranquiliza as famílias dos militares

»CANÇÕES DE ABRIL – «NAVEGAR, NAVEGAR» – FAUSTO

11h30 – As unidades estacionadas no Terreiro do Paço dividem-se, avançando: – a Escola Prática de Cavalaria para o Quartel do Carmo, sendo, ao longo de todo o percurso, aclamada entusiasticamente pela população.- forças dos Regimentos de Cavalaria 7, Lanceiros