Category Archives: Política

Ainda a Venezuela e os golpes brandos. Por Francisco Tavares

Ainda a Venezuela e os golpes brandos ….   Por Francisco Tavares em 14 de fevereiro de 2019 O processo golpista do auto-proclamado presidente da Venezuela, continua em curso. Um documento que pessoa amiga me enviou, onde se fala das exclusivas responsabilidades

Ainda a Venezuela e os golpes brandos. Por Francisco Tavares

Ainda a Venezuela e os golpes brandos ….   Por Francisco Tavares em 14 de fevereiro de 2019 O processo golpista do auto-proclamado presidente da Venezuela, continua em curso. Um documento que pessoa amiga me enviou, onde se fala das exclusivas responsabilidades

A responsabilidade da esquerda na trajetória de ascensão do neoliberalismo – algumas grelhas de leitura – 5. A leitura de Rawi Abdelal – O consenso de Paris: a França e as regras da finança mundializada (2/4)

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota _______________________________ Nota do editor: este texto é a edição revista do texto que foi publicado em A Viagem dos Argonautas entre os dias 30 de junho e 6 de julho de 2017, integrado

A responsabilidade da esquerda na trajetória de ascensão do neoliberalismo – algumas grelhas de leitura – 5. A leitura de Rawi Abdelal – O consenso de Paris: a França e as regras da finança mundializada (2/4)

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota _______________________________ Nota do editor: este texto é a edição revista do texto que foi publicado em A Viagem dos Argonautas entre os dias 30 de junho e 6 de julho de 2017, integrado

Sobre o que foi o ano de 2018, sobre os perigos que nos ameaçam em 2019 – uma pequena série de textos. 15. Um touro dentro de um bazar chinês – PARTE II

(John Mauldin, 27 de Janeiro de 2019)

A alavancagem é uma coisa curiosa.  Ela permite que se façam  coisas que de outra forma não se  conseguiria fazer. A desalavancagem é o oposto de diversão porque neste  caso deve-se  fazer coisas que se  prefere evitar.

Sobre o que foi o ano de 2018, sobre os perigos que nos ameaçam em 2019 – uma pequena série de textos. 15. Um touro dentro de um bazar chinês – PARTE II

(John Mauldin, 27 de Janeiro de 2019)

A alavancagem é uma coisa curiosa.  Ela permite que se façam  coisas que de outra forma não se  conseguiria fazer. A desalavancagem é o oposto de diversão porque neste  caso deve-se  fazer coisas que se  prefere evitar.

DA DEGENERESCÊNCIA DO ESTADO-NAÇÃO AO TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE DE 22 DE JANEIRO DE 2019 – uma pequena série de textos – TEXTO Nº 5 – O TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE, A NEGAÇÃO DA NAÇÃO E DA NOSSA SOBERANIA, por JACQUES COTTA

   Jacques Cotta,Le traité d’Aix la Chapelle, la négation de la Nation et de notre souveraineté… La Sociale.viablog, 25 de Janeiro de 2019 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   As eleições presidenciais demonstraram a natureza profundamente antidemocrática da

DA DEGENERESCÊNCIA DO ESTADO-NAÇÃO AO TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE DE 22 DE JANEIRO DE 2019 – uma pequena série de textos – TEXTO Nº 5 – O TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE, A NEGAÇÃO DA NAÇÃO E DA NOSSA SOBERANIA, por JACQUES COTTA

   Jacques Cotta,Le traité d’Aix la Chapelle, la négation de la Nation et de notre souveraineté… La Sociale.viablog, 25 de Janeiro de 2019 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   As eleições presidenciais demonstraram a natureza profundamente antidemocrática da

A responsabilidade da esquerda na trajetória de ascensão do neoliberalismo – algumas grelhas de leitura – 5. A leitura de Rawi Abdelal – O consenso de Paris: a França e as regras da finança mundializada (1/4)

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota _______________________________ Nota do editor: este texto é a edição revista do texto que foi publicado em A Viagem dos Argonautas entre os dias 30 de junho e 6 de julho de 2017, integrado

A responsabilidade da esquerda na trajetória de ascensão do neoliberalismo – algumas grelhas de leitura – 5. A leitura de Rawi Abdelal – O consenso de Paris: a França e as regras da finança mundializada (1/4)

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota _______________________________ Nota do editor: este texto é a edição revista do texto que foi publicado em A Viagem dos Argonautas entre os dias 30 de junho e 6 de julho de 2017, integrado

CARLOS REIS – AI PORTUGAL, PORQUE TE QUIERO TANTO

  É espantoso como desde quase sempre este tipo de notícias – em vez de ser uma denúncia e uma oportunidade de salvar um país – não passa disso mesmo,de uma noticiazeca a esquecer no dia seguinte, em vez de

CARLOS REIS – AI PORTUGAL, PORQUE TE QUIERO TANTO

  É espantoso como desde quase sempre este tipo de notícias – em vez de ser uma denúncia e uma oportunidade de salvar um país – não passa disso mesmo,de uma noticiazeca a esquecer no dia seguinte, em vez de

DA DEGENERESCÊNCIA DO ESTADO-NAÇÃO AO TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE DE 22 DE JANEIRO DE 2019 – uma pequena série de textos – TEXTO Nº 4 – TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE: A ALEMANHA PRIMEIRO! – por

Benoist Bihan, Le traité d’Aix-la-Chapelle, ou comment Emmanuel Macron trahit la souveraineté nationale française VU DU DROIT, 25 de Janeiro de 2019 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   Tudo é lamentável na história da assinatura deste Tratado franco-alemão

DA DEGENERESCÊNCIA DO ESTADO-NAÇÃO AO TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE DE 22 DE JANEIRO DE 2019 – uma pequena série de textos – TEXTO Nº 4 – TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE: A ALEMANHA PRIMEIRO! – por

Benoist Bihan, Le traité d’Aix-la-Chapelle, ou comment Emmanuel Macron trahit la souveraineté nationale française VU DU DROIT, 25 de Janeiro de 2019 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   Tudo é lamentável na história da assinatura deste Tratado franco-alemão

A responsabilidade da esquerda na trajetória de ascensão do neoliberalismo – algumas grelhas de leitura – 4. A leitura de Dani Rodrik: B – O que é parou a esquerda?

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota B – O que é que parou a esquerda? Por Dani Rodrik Publicado por  em 10 de abril de 2018 Porque é que os sistemas políticos democráticos não responderam suficientemente cedo aos sentimentos

A responsabilidade da esquerda na trajetória de ascensão do neoliberalismo – algumas grelhas de leitura – 4. A leitura de Dani Rodrik: B – O que é parou a esquerda?

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota B – O que é que parou a esquerda? Por Dani Rodrik Publicado por  em 10 de abril de 2018 Porque é que os sistemas políticos democráticos não responderam suficientemente cedo aos sentimentos

Sobre o que foi o ano de 2018, sobre os perigos que nos ameaçam em 2019 – uma pequena série de textos. 15. Um touro dentro de um bazar chinês – PARTE I

(John Mauldin, 27 de Janeiro de 2019)

A produção de almas é mais importante do que a produção de tanques…. E, por isso,  ergo-vos o meu copo, escritores,  engenheiros da alma humana.

(Estaline, 1932)

Sobre o que foi o ano de 2018, sobre os perigos que nos ameaçam em 2019 – uma pequena série de textos. 15. Um touro dentro de um bazar chinês – PARTE I

(John Mauldin, 27 de Janeiro de 2019)

A produção de almas é mais importante do que a produção de tanques…. E, por isso,  ergo-vos o meu copo, escritores,  engenheiros da alma humana.

(Estaline, 1932)

DA DEGENERESCÊNCIA DO ESTADO-NAÇÃO AO TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE DE 22 DE JANEIRO DE 2019 – uma pequena série de textos – TEXTO Nº 3 – TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE: ESTÁ A FRANÇA EM VIAS DE RENOVAR COM A ALEMANHA O ERRO DE FRANÇOIS MITTERRAND AQUANDO DA REUNIFICAÇÃO ALEMÃ? – por ÉDOUARD HUSSON e CHRISTOPHE BOUILLAUD

  No dia 22 janeiro de  2019, Emmanuel Macron e Angela Merkel assinam um novo tratado de cooperação e de integração franco-alemão em  Aix-la-Chapelle.   Traité d’Aix-la-Chapelle : la France est-elle en train de renouveler avec l’Allemagne l’erreur de François

DA DEGENERESCÊNCIA DO ESTADO-NAÇÃO AO TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE DE 22 DE JANEIRO DE 2019 – uma pequena série de textos – TEXTO Nº 3 – TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE: ESTÁ A FRANÇA EM VIAS DE RENOVAR COM A ALEMANHA O ERRO DE FRANÇOIS MITTERRAND AQUANDO DA REUNIFICAÇÃO ALEMÃ? – por ÉDOUARD HUSSON e CHRISTOPHE BOUILLAUD

  No dia 22 janeiro de  2019, Emmanuel Macron e Angela Merkel assinam um novo tratado de cooperação e de integração franco-alemão em  Aix-la-Chapelle.   Traité d’Aix-la-Chapelle : la France est-elle en train de renouveler avec l’Allemagne l’erreur de François

A responsabilidade da esquerda na trajetória de ascensão do neoliberalismo – algumas grelhas de leitura – 4. A leitura de Dani Rodrik: A – A abdicação da esquerda

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A – A abdicação da esquerda  Por Dani Rodrik Publicado por  em 11 de julho de 2016   A reação política contra a globalização, evidente no referendo britânico do Brexit, era previsível. A

A responsabilidade da esquerda na trajetória de ascensão do neoliberalismo – algumas grelhas de leitura – 4. A leitura de Dani Rodrik: A – A abdicação da esquerda

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A – A abdicação da esquerda  Por Dani Rodrik Publicado por  em 11 de julho de 2016   A reação política contra a globalização, evidente no referendo britânico do Brexit, era previsível. A

Sobre o que foi o ano de 2018, sobre os perigos que nos ameaçam em 2019 – uma pequena série de textos.14. Para aqui está a chegar algo de muito mau – PARTE II

(John Mauldin, 15 de Janeiro de 2019)

Durante anos, sempre que falámos sobre a economia europeia, um país esteve sempre no centro da discussão: a Alemanha. Sim, o Reino Unido e a França são grandes, mas a Alemanha é gigante. Se a Alemanha espirra, o resto do continente apanha frio. E a Alemanha  está a espirrar muito neste momento.

Sobre o que foi o ano de 2018, sobre os perigos que nos ameaçam em 2019 – uma pequena série de textos.14. Para aqui está a chegar algo de muito mau – PARTE II

(John Mauldin, 15 de Janeiro de 2019)

Durante anos, sempre que falámos sobre a economia europeia, um país esteve sempre no centro da discussão: a Alemanha. Sim, o Reino Unido e a França são grandes, mas a Alemanha é gigante. Se a Alemanha espirra, o resto do continente apanha frio. E a Alemanha  está a espirrar muito neste momento.

DA DEGENERESCÊNCIA DO ESTADO-NAÇÃO AO TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE DE 22 DE JANEIRO DE 2019 – uma pequena série de textos – TEXTO Nº 2. O TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE AFETA A SOBERANIA NACIONAL, por OLIVIER GOHIN.

    TEXTO Nº 2. O TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE AFETA A SOBERANIA NACIONAL   Olivier Gohin Fonte: Le Figaro, Olivier Gohin, 21/01/2019 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   Várias cláusulas do tratado não estão em conformidade com a Constituição, argumenta

DA DEGENERESCÊNCIA DO ESTADO-NAÇÃO AO TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE DE 22 DE JANEIRO DE 2019 – uma pequena série de textos – TEXTO Nº 2. O TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE AFETA A SOBERANIA NACIONAL, por OLIVIER GOHIN.

    TEXTO Nº 2. O TRATADO DE AIX-LA-CHAPELLE AFETA A SOBERANIA NACIONAL   Olivier Gohin Fonte: Le Figaro, Olivier Gohin, 21/01/2019 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   Várias cláusulas do tratado não estão em conformidade com a Constituição, argumenta