Posts Tagged: água

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (113)

UMA VIAGEM DE QUE NINGUÉM SABE     Sou um barco com vela erguida Que no mar agitado do meu pensamento Entre o desejo da partida E a delonga da chegada Nunca mais chega, Para meu tormento. . Não anda

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (100)

O MAR DA FOZ   Ondas enormes batem no farol. Sentado na esplanada Do castelo da Foz Olho o mar Por entre camadas de sol E de nuvens de água feita em nada. Ouço das ondas a voz Que se

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (78)

  NÃO SEI PARA ONDE VOU NEM DE ONDE VIM     Não, não acreditem em mim Não sei para onde vou, nem de onde vim. Não sei o que quero, ou se me entendem Se acaso estou a mais,

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (71)

AO QUE CHEIRA, NEM EU SEI Olho para ti E vejo que não estás cá Aquém O teu corpo, sim A mão que me afaga, também. Saíste em busca do nada Do cheiro da madressilva em mim Do pomar que

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (65)

SOU UM BARCO COM VELAS   Sou um barco com velas Que no mar agitado do meu pensamento Entre o desejo da partida E a delonga da chegada Nunca mais chega. Não anda sem ti Que és água e vento

REVISTA DA SEMANA por Luís Rocha

Revista da semana De 06/12 a 12/12/2015 ARTIGOS PUBLICADOS 1 – Cimeira do clima 2015 2 – Governo: Plano de Reversões em Curso 3 – O que vai voltar a mudar na Educação 4 – Conselho de Estado. Esquerda pondera

ECODEBATE – EM PORTARIA, GOVERNO DE SÃO PAULO RECONHECE CRISE HÍDRICA NO ESTADO – por ELAINE PATRÍCIA CRUZ

  OBRIGADO A ELAINE PATRÍCIA CRUZ, ECODEBATE E AGÊNCIA BRASIL 20 de Agosto de 2015 A crise hídrica na Grande São Paulo começou em janeiro do ano passado, mas somente na terça-feira (18) ela foi reconhecida oficialmente como crítica pelo

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (29)

O SOL BRILHA NAS ÁGUAS MATINAIS O sol brilha nas águas matinais À moldura da tua nudez Encosto, sereno, o meu ouvido Ouço as rosas brancas, o orvalho Os teus sinais Lamentos, espadas, rituais Sinto o teu cheiro, toco o

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (94)

CARROS E APARCAMENTOS O PDM DO PORTO. UMA IDEIA PARA CONCRETIZAR EM DEZ ANOS São aos milhares os carros que diariamente entram na cidade do Porto. Uns por pouco tempo, outros pelo dia inteiro, e alguns só de passagem. Todos,

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (90)

O RIO DOURO Um dos maiores rios da Península Ibérica nasce em Espanha, na serra de Urbião, e tem um comprimento total de 938 quilómetros, dos quais só 200 se encontram em Portugal. Falo do rio Douro, cuja bacia hidrográfica

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (88)

LÁ NO ALTO DO MONTE DO TADEU Tanto quanto me lembro, o primeiro contacto que tive com o nome Monte Tadeu, deu-se nas conversas que, amiúde, tinha com o meu avô materno num jogo de conhecimento das ruas do Porto,

PENSAR A ÁGUA COMO O NOSSO PRINCIPAL BEM por clara castilho

Temos tido como certo a presença da água nas nossas vidas. Pagamos mensalmente uma quantia pela que gastamos e não nos preocupamos muito com isso. Mas esse tempo acabou. Falar de “água” não é só a que bebemos e a