Posts Tagged: austeridade

Um adeus a Carlos Tenreiro- reflexões em torno da bolha cognitiva dos tempos de agora: Um adeus de porta aberta às ideias, por Júlio Marques Mota

Um adeus de porta aberta às ideias Por Júlio Marques Mota em 27 de fevereiro de 2019 Quando se é velho, como é o meu caso, começa-se a ter necessidade de agarrar os fragmentos das memórias que nos restam sobre

Um adeus a Carlos Tenreiro- reflexões em torno da bolha cognitiva dos tempos de agora: Um adeus de porta aberta às ideias, por Júlio Marques Mota

Um adeus de porta aberta às ideias Por Júlio Marques Mota em 27 de fevereiro de 2019 Quando se é velho, como é o meu caso, começa-se a ter necessidade de agarrar os fragmentos das memórias que nos restam sobre

A responsabilidade da esquerda na trajetória de ascensão do neoliberalismo – algumas grelhas de leitura: 13. A leitura de Joana Ramiro – O Governo “engenhoca” de Portugal: há substância para além da retórica?

Seleção de Júlio Marques Mota e tradução de Francisco Tavares 13. O Governo “engenhoca” de Portugal: há substância para além da retórica?  Por Joana Ramiro Publicado por  em 27 de fevereiro de 2019   A coligação pluralista de esquerda –

A responsabilidade da esquerda na trajetória de ascensão do neoliberalismo – algumas grelhas de leitura: 13. A leitura de Joana Ramiro – O Governo “engenhoca” de Portugal: há substância para além da retórica?

Seleção de Júlio Marques Mota e tradução de Francisco Tavares 13. O Governo “engenhoca” de Portugal: há substância para além da retórica?  Por Joana Ramiro Publicado por  em 27 de fevereiro de 2019   A coligação pluralista de esquerda –

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 7: A arquitetura da União Europeia, uma arquitetura de costas voltadas para a Democracia – “A Itália representa um espelho de uma Europa esfarrapada”, por Orsola Costantini

Anexo 7 : A arquitetura da União Europeia, uma arquitetura de costas voltadas para a Democracia: “A Itália representa um espelho de uma Europa esfarrapada”, um texto de Orsola Costantini Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Este texto de Orsola

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 7: A arquitetura da União Europeia, uma arquitetura de costas voltadas para a Democracia – “A Itália representa um espelho de uma Europa esfarrapada”, por Orsola Costantini

Anexo 7 : A arquitetura da União Europeia, uma arquitetura de costas voltadas para a Democracia: “A Itália representa um espelho de uma Europa esfarrapada”, um texto de Orsola Costantini Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Este texto de Orsola

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 6 : A Face escondida da pressão de Bruxelas. Parte B: O declínio do Hospital Pulido Valente

Anexo 6: A Face escondida da pressão de Bruxelas     Por Júlio Marques Mota em 25 de novembro de 2018 Anexo 6 B – O declínio do Hospital Pulido Valente O texto que se segue, assinado por Isabel do Carmo,

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 6 : A Face escondida da pressão de Bruxelas. Parte B: O declínio do Hospital Pulido Valente

Anexo 6: A Face escondida da pressão de Bruxelas     Por Júlio Marques Mota em 25 de novembro de 2018 Anexo 6 B – O declínio do Hospital Pulido Valente O texto que se segue, assinado por Isabel do Carmo,

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 6 : A Face escondida da pressão de Bruxelas. Parte A: A recusa em investir na CP (2/2). Por Júlio Marques Mota

Anexo 6: A Face escondida da pressão de Bruxelas     Por Júlio Marques Mota em 25 de novembro de 2018   Anexo 6 A – A recusa em investir na CP (2/2) (conclusão) 3. Conclusões apresentadas pela CP Num Cenário

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 6 : A Face escondida da pressão de Bruxelas. Parte A: A recusa em investir na CP (2/2). Por Júlio Marques Mota

Anexo 6: A Face escondida da pressão de Bruxelas     Por Júlio Marques Mota em 25 de novembro de 2018   Anexo 6 A – A recusa em investir na CP (2/2) (conclusão) 3. Conclusões apresentadas pela CP Num Cenário

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 6 : A Face escondida da pressão de Bruxelas. Parte A: A recusa em investir na CP (1/2). Por Júlio Marques Mota

Anexo 6: A Face escondida da pressão de Bruxelas     Por Júlio Marques Mota em 25 de novembro de 2018 A Face escondida da pressão de Bruxelas: evolução do Investimento Público em Portugal em termos de PIB   Anexo 6

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 6 : A Face escondida da pressão de Bruxelas. Parte A: A recusa em investir na CP (1/2). Por Júlio Marques Mota

Anexo 6: A Face escondida da pressão de Bruxelas     Por Júlio Marques Mota em 25 de novembro de 2018 A Face escondida da pressão de Bruxelas: evolução do Investimento Público em Portugal em termos de PIB   Anexo 6

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 5 : A solidariedade na União Europeia e os efeitos a prazo da crise – o caso da Grécia – um país em agonia

Anexo 5 : A solidariedade na União Europeia e os efeitos a prazo da crise – o caso da Grécia – um país em agonia Anexo 5 A – Pensar Diferente: os impactos humanitários da crise económica na Europa (relatório

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 5 : A solidariedade na União Europeia e os efeitos a prazo da crise – o caso da Grécia – um país em agonia

Anexo 5 : A solidariedade na União Europeia e os efeitos a prazo da crise – o caso da Grécia – um país em agonia Anexo 5 A – Pensar Diferente: os impactos humanitários da crise económica na Europa (relatório

Alemanha, passado e presente – Em que situação se encontra a Alemanha depois dos acontecimentos de Chemnitz? Respostas com M. Pouydesseau

Em que situação se encontra a Alemanha depois dos acontecimentos de Chemnitz? Respostas com M. Pouydesseau Publicado por L’arène nue em 10 de outubro de 2018 Seleção de Júlio Mota e tradução de Francisco Tavares   Introdução Eleições em Espanha,

Alemanha, passado e presente – Em que situação se encontra a Alemanha depois dos acontecimentos de Chemnitz? Respostas com M. Pouydesseau

Em que situação se encontra a Alemanha depois dos acontecimentos de Chemnitz? Respostas com M. Pouydesseau Publicado por L’arène nue em 10 de outubro de 2018 Seleção de Júlio Mota e tradução de Francisco Tavares   Introdução Eleições em Espanha,

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 3 : A Itália, como exemplo da irracionalidade económica da União Europeia. Textos de Eric Sylvers e de Orsola Costantini

Anexo 3: A Itália, como exemplo da irracionalidade económica da União Europeia.   Itália, um país socialmente em ruínas que a União Europeia pretende assim manter porque também lá chegaram os bons tempos para as políticas contra cíclicas recessivas. Senhor

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 3 : A Itália, como exemplo da irracionalidade económica da União Europeia. Textos de Eric Sylvers e de Orsola Costantini

Anexo 3: A Itália, como exemplo da irracionalidade económica da União Europeia.   Itália, um país socialmente em ruínas que a União Europeia pretende assim manter porque também lá chegaram os bons tempos para as políticas contra cíclicas recessivas. Senhor

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 2: A União Europeia e a democracia em perigo. Por Júlio Marques Mota

Anexo 2: A União Europeia e a democracia em perigo.     Por Júlio Marques Mota em 25 de novembro de 2018   Senhor Primeiro-Ministro deixe então expor o que penso sobre a Democracia em perigo. Nesta análise tomaremos como referência

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 2: A União Europeia e a democracia em perigo. Por Júlio Marques Mota

Anexo 2: A União Europeia e a democracia em perigo.     Por Júlio Marques Mota em 25 de novembro de 2018   Senhor Primeiro-Ministro deixe então expor o que penso sobre a Democracia em perigo. Nesta análise tomaremos como referência

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – Está mesmo à vista o fim da QE? Por Francisco Tavares

Está mesmo à vista o fim da QE? Notas a propósito do texto “O fim da QE e a nova crise” de Guillermo de La Dehesa     Por Francisco Tavares, em 8 de setembro de 2018 Obrigado ao Júlio Marques Mota

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – Está mesmo à vista o fim da QE? Por Francisco Tavares

Está mesmo à vista o fim da QE? Notas a propósito do texto “O fim da QE e a nova crise” de Guillermo de La Dehesa     Por Francisco Tavares, em 8 de setembro de 2018 Obrigado ao Júlio Marques Mota