IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (30)

imagenspoesia1

A BRISA É LEVE

DSC06186 960X
A brisa é leve
Quase imperceptível
Assim é o meu pensamento
De tão leve
Quase ilegível.
Assim sou eu
No confronto
Do meu querer, e
Da minha coragem
Quando me deixam
Confuso e tonto
Se juntos
Ao leve sopro da aragem.

 

(In Uma, Duas Vezes e Três)

2 Comments

  1. Um poema simples de um EU bem inseguro de si próprio .A aragem é tão leve como o seu pensamento .Por leve que impede ao Eu de não se sentir seguro de si próprio.Gera-se a confusão entre o que o Eu pretende de si próprio e a incapacidade de o conseguir .Um Eu atribulado no seu mundo psicolígico .-Maria

Leave a Reply