Posts Tagged: forte de são joão baptista da foz do douro

UMA CARTA DO PORTO – por José Fernando Magalhães (284)

  3ª ENCONTRO NACIONAL DE LITERATURISMO Forte de São João Baptista da Foz do Douro . . Sob o título genérico ” QUANDO AS PONTES TAMBÉM NOS ILUMINAM”, vai decorrer amanhã e Sábado este terceiro encontro Nacional, onde se vão

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (283)

E SE FALÁSSEMOS DE FÉRIAS No passado dia 15, no Forte de São João Baptista da Foz do Douro, realizou-se mais uma sessão do Ciclo Foz Literária. Sem a presença do seu Comissário, Dr. José Valle de Figueiredo, os quatro

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (278)

A FOZ DO DOURO AVANÇA SOBRE A ESTRELA POR CAUSA DE RAUL BRANDÃO   Placa com desenho de Raul Brandão – de Carlos Carneiro (1928)     imagens (em baixo) da colocação de uma placa na casa onde também viveu

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (236)

  O PORTO EM IMAGENS (57)                   2º ENCONTRO NACIONAL DE LITERATURISMO   No dia 8 de Junho há mais um dos habituais jantares literários: “Camilo, Raul Brandão e Aquilino Ribeiro vêm

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (235)

ONTEM, NO CASTELO DA FOZ, no âmbito de mais uma Foz Literária, comissariada como habitualmente por José Valle de Figueiredo, aconteceu: ANTÓNIO CUNHA E SILVA, FRANCISCO MESQUITA GUIMARÃES E JOSÉ FERNANDO MAGALHÃES,  falaram, respectivamente, da Barca Bahiana, das casas de

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (210)

ELE HÁ SEMANAS FANTÁSTICAS.   Começando na passada Quarta-feira 24, com dois eventos, e acabando ontem, dia 29 com um, foram três, os momentos de alta qualidade. Comecemos pela tarde de Sexta-feira. Forte de São Baptista da Foz do Douro

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (209)

O PORTO EM IMAGENS (44)                     . .   COMO SE FORA UM CONTO Embora com bastante atraso, e a pedido de vários amigos, junto os filmes das apresentações do meu

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (187)

ALMINHAS (3B) Uma vez mais por indicação do nosso Amigo José Carlos Oliveira, descobrimos na Freguesia de Aldoar, uma quinta Alminha. Situada na Rua de António Aroso, muito perto da Avenida da Boavista, lá está na parede de uma casa