Posts Tagged: governo

INFORMAÇÃO 6/2019 AOS BENEFICIÁRIOS DA ADSE – A SUSTENTABILIDADE DA ADSE E A AUDITORIA DO TRIBUNAL DE CONTAS – por EUGÉNIO ROSA

Click to access rel022-2019-2s.pdf “A ADSE É VIÁVEL, DESDE QUE OS ATUAIS RESPONSÁVEIS PELA SUA CONTINUIDADE, CONSELHO DIRETIVO E MINISTÉRIOS DAS FINANÇAS E DE SAÚDE, ADOTEM MEDIDAS” afirma o Tribunal de Contas A DESPESA NA ADSE JÁ NÃO ESTÁ A

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (130)

BAI NO BATALHA Esta expressão, genuína e tipicamente tripeira, já só se ouve da boca dos habitantes entrados, ou quase, na terceira idade. Como essa, ouvia-se amiúde uma outra, também com a mesma referência: “Pois… e o dezassete vai para

REVISTA DA SEMANA por Luís Rocha

Revista da semana De 06/12 a 12/12/2015 ARTIGOS PUBLICADOS 1 – Cimeira do clima 2015 2 – Governo: Plano de Reversões em Curso 3 – O que vai voltar a mudar na Educação 4 – Conselho de Estado. Esquerda pondera

UMA NOVA VIDA PAIRA NO AR por Luísa Lobão Moniz

Uma nova vida paira no ar. O Presidente da República deu hoje, 26 de Novembro, posse ao mais colorido governo desde 1975. Passamos a ter uma ministra da Justiça preta (negra), para mim nem preta nem negra, as suas lágrimas

CARTA DE LISBOA – Valha-nos São Cavaco e livre-nos da tentação- por Pedro Godinho

Os pregoeiros do modelo da democracia representativa – sem mandato imperativo – têm, agora, dificuldade em engolir do seu remédio. Os herdeiros de Burke sempre afirmaram que, uma vez eleitos, os deputados – representantes do povo – representavam, como muito bem entendiam

EDITORIAL – AS ESTATÍSTICAS ESCONDIDAS

O jornal espanhol “Economista”  questionou há uns dias: “Apagão ou censura? Há três meses que Portugal não publica dados do desemprego e segurança social.” De periodicidade mensal, desde Junho que nada está disponível e o Instituto de Segurança Social não

CARTA DE LISBOA – Um governo islandês para Portugal – por Pedro Godinho

Hoje tomou posse o governo que se espera não dure. A troika Passos, Portas e Cavaco já fez mal que baste, às pessoas e ao país. Sem que, ao menos, passado o período do sofrimento e empobrecimento, se possa dizer

CARTA DE LISBOA – Cavaco, o cabo-de-esquadra – por Pedro Godinho

Cavaco é um presidente de facção – tudo por si e pelos seus. Por acaso cronológico exerce num tempo de democracia (embora imperfeita) mas, intrinsecamente, por impulso e instinto, é um autoritário, filosoficamente um neo-salazarista. Pudesse e seria partidário do

Carta de Lisboa – S.O.S. PORTUGAL – por Pedro Godinho

Paf. Até acolheria com prazer a bolachada e ter de admitir que a razão estava com o governo Passos/Portas. Significaria que nos tínhamos livrado da dívida, recuperado o país – pronto para o crescimento, estruturalmente saudável – reformado o Estado; que

APRe! – CALDAS DA RAINHA – CONFERÊNCIA/DEBATE SUBORDINADA AO TEMA: “OS GOVERNO(S) A EUROPA E AS PENSÕES” – HOJE, 15 de JUNHO, às 15.30, no AUDITÓRIO MUNICIPAL.

  No próximo dia 15 de Junho de 2015 pelas 15h30min, a Comissão Instaladora da Região do Oeste da APRe!, vai promover a realização no Auditório Municipal das Caldas da Rainha de uma conferência/debate subordinada ao Tema: “Os Governo(s) A Europa e as Pensões“, em

UMA PEQUENA FÁBULA SOBRE O PODER por Luísa Lobão Moniz

No tempo em que os animais falavam havia uma terra onde viviam os Ratos. Estes Ratos viviam como nós, até tinham um Parlamento e votavam de quatro em quatro anos. Todas as vezes que havia eleições os Ratos iam todos

EDITORIAL – “GOVERNO NÃO FALHOU EM MATÉRIA SOCIAL”? MAS QUEM É QUE TEM O DINHEIRO “CONTADINHO”?

Imagine-se só que Pedro Passos Coelho, disse, no dia em que o PSD comemorou 40 anos de existência, que o Governo “não falhou em matéria social” e, mesmo nos períodos de maior dificuldade, conseguiu prestar apoio às franjas mais carenciadas

EDITORIAL – O PAÍS EM QUE OS SUBORDINADOS É QUE LEVAM COM AS CULPAS

Voltou a repetir-se a cena: a culpa é sempre do que está abaixo na cadeia. Na questão dos chamados “pacotes VIP”, são o director-geral e subdirector-geral da Autoridade Tributária e Aduaneira que vão ter que arcar com as culpas. Os

CARTA DE LISBOA – Pode um Governo ser de esquerda? – por Pedro Godinho

    É a governação apenas possível de ser executada pela direita? Há, na sociedade de hoje, enredada nas teias da finança, imaterial e especulativa , espaço para um governo diferente,  soberano e não sujeito aos ditames externos, que o forçam ao desmantelamento da

“CHELAS É O SÍTIO ONDE TRABALHO, ONDE PARO PARA REFLECTIR” por Luísa Lobão Moniz

Às vezes pergunto-me o quererá o Senhor Ministro da Educação e chego sempre à mesma conclusão: criar uma escola elitista, contribuir para uma sociedade não democrática. Quando há cada vez mais ricos e cada vez mais pobres, cada vez mais