Posts Tagged: o progresso da foz

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (274)

INTEGRIDADE E CULTURA NUM HOMEM DE BEM, NUM HOMEM BOM Tive a felicidade de conhecer José Valle de Figueiredo em 2014. Há muito pouco tempo, como se vê. Estes cinco anos de convívios que semana a semana se foram tornando

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (274)

INTEGRIDADE E CULTURA NUM HOMEM DE BEM, NUM HOMEM BOM Tive a felicidade de conhecer José Valle de Figueiredo em 2014. Há muito pouco tempo, como se vê. Estes cinco anos de convívios que semana a semana se foram tornando

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (250)

O PORTO EM IMAGENS (65)                   Consegue identificar os locais?   ++++ NÃO SE ESQUEÇA, COMPAREÇA!     . . . . . .   . . “O Porto não pode viver

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (250)

O PORTO EM IMAGENS (65)                   Consegue identificar os locais?   ++++ NÃO SE ESQUEÇA, COMPAREÇA!     . . . . . .   . . “O Porto não pode viver

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (210)

ELE HÁ SEMANAS FANTÁSTICAS.   Começando na passada Quarta-feira 24, com dois eventos, e acabando ontem, dia 29 com um, foram três, os momentos de alta qualidade. Comecemos pela tarde de Sexta-feira. Forte de São Baptista da Foz do Douro

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (210)

ELE HÁ SEMANAS FANTÁSTICAS.   Começando na passada Quarta-feira 24, com dois eventos, e acabando ontem, dia 29 com um, foram três, os momentos de alta qualidade. Comecemos pela tarde de Sexta-feira. Forte de São Baptista da Foz do Douro

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (168)

JANTAR LITERÁRIO NA FOZ DO DOURO, PORTO   – CAMILO, EÇA e RAMALHO VIERAM JANTAR CONNOSCO – ACONTECEU no DIA 3 de FEVEREIRO, na TASCA DO BAIRRO Por iniciativa da Associação Cultural “O PROGRESSO DA FOZ” e da “FOZ LITERÁRIA”, realizou-se,

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (168)

JANTAR LITERÁRIO NA FOZ DO DOURO, PORTO   – CAMILO, EÇA e RAMALHO VIERAM JANTAR CONNOSCO – ACONTECEU no DIA 3 de FEVEREIRO, na TASCA DO BAIRRO Por iniciativa da Associação Cultural “O PROGRESSO DA FOZ” e da “FOZ LITERÁRIA”, realizou-se,

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (128)

A VIA DE CINTURA INTERNA – A GRANDE CICATRIZ DA CIDADE DO PORTO   A  A 20  – Circular Regional Interior do Porto (CRIP), vulgo VCI, é uma auto-estrada que contorna por norte e por nascente a cidade do Porto,

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (128)

A VIA DE CINTURA INTERNA – A GRANDE CICATRIZ DA CIDADE DO PORTO   A  A 20  – Circular Regional Interior do Porto (CRIP), vulgo VCI, é uma auto-estrada que contorna por norte e por nascente a cidade do Porto,

APRESENTAÇÃO de “CAMPANHÃ E OS 140 ANOS DA ESTAÇÃO DE CAMINHO-DE-FERRO” de HELDER PACHECO, JOSÉ MAGALHÃES e JOSÉ VALLE DE FIGUEIREDO – QUINTA-FEIRA, 21 de ABRIL, às 18.30, no AUDITÓRIO da JUNTA de FREGUESIA da CAMPANHÃ.

Na próxima Quinta-feira, 21 de Abril, às 18h30, vamos apresentar o livro sobre Campanhã e a Estação de Comboios, escrito por Helder Pacheco, José Valle de Figueiredo e por mim. Uma vez que há muita gente não familiarizada com o

APRESENTAÇÃO de “CAMPANHÃ E OS 140 ANOS DA ESTAÇÃO DE CAMINHO-DE-FERRO” de HELDER PACHECO, JOSÉ MAGALHÃES e JOSÉ VALLE DE FIGUEIREDO – QUINTA-FEIRA, 21 de ABRIL, às 18.30, no AUDITÓRIO da JUNTA de FREGUESIA da CAMPANHÃ.

Na próxima Quinta-feira, 21 de Abril, às 18h30, vamos apresentar o livro sobre Campanhã e a Estação de Comboios, escrito por Helder Pacheco, José Valle de Figueiredo e por mim. Uma vez que há muita gente não familiarizada com o

COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DA MORTE DE RAMALHO ORTIGÃO – CONVITE

Ramalho Ortigão   Ramalho Ortigão foi um grande escritor Português, nascido no Porto em 24 de Novembro de 1836, e falecido em Lisboa em 27 de Setembro de 1915, pelo que se comemora por estes dias, o centenário da sua

COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DA MORTE DE RAMALHO ORTIGÃO – CONVITE

Ramalho Ortigão   Ramalho Ortigão foi um grande escritor Português, nascido no Porto em 24 de Novembro de 1836, e falecido em Lisboa em 27 de Setembro de 1915, pelo que se comemora por estes dias, o centenário da sua

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (105)

A CASA DA QUINTA DOS MITRA   Em Campanhã, havia várias quintas. De cariz eminentemente agrícola, Campanhã é bordejada pelo rio Douro, e, pelo seu vale passam ainda os (outrora) lindíssimos rios Tinto e Torto. Não é de estranhar, por

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (105)

A CASA DA QUINTA DOS MITRA   Em Campanhã, havia várias quintas. De cariz eminentemente agrícola, Campanhã é bordejada pelo rio Douro, e, pelo seu vale passam ainda os (outrora) lindíssimos rios Tinto e Torto. Não é de estranhar, por

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (101)

Ramalho Ortigão Ramalho Ortigão foi um grande escritor Português, nascido no Porto em 24 de Novembro de 1836. RAMALHO ORTIGÃO Envolveu-se na “Questão Coimbrã” com o folheto “Literatura de hoje”, acabando por enfrentar Antero de Quental, a quem chamou de

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (101)

Ramalho Ortigão Ramalho Ortigão foi um grande escritor Português, nascido no Porto em 24 de Novembro de 1836. RAMALHO ORTIGÃO Envolveu-se na “Questão Coimbrã” com o folheto “Literatura de hoje”, acabando por enfrentar Antero de Quental, a quem chamou de

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (69)

A ESCOLA REIS (Nº 85) DA FOZ DO DOURO De uma maneira ou de outra, muito se tem falado sobre a Escola Primária nº 85. Ora porque está num estado de degradação enorme, ora porque, há cerca de dez anos,

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (69)

A ESCOLA REIS (Nº 85) DA FOZ DO DOURO De uma maneira ou de outra, muito se tem falado sobre a Escola Primária nº 85. Ora porque está num estado de degradação enorme, ora porque, há cerca de dez anos,

LIVRARIA ORFEU – FEIRA DO LIVRO DO PORTO – O PROGRESSO DA FOZ – JOSÉ MAGALHÃES autografa o seu livro de poemas “UMA, DUAS VEZES e TRÊS”.

 A livraria Orfeu está sediada em Bruxelas e é propriedade de Joaquim Pinto da Silva, um emigrante português, que foi funcionário da União Europeia.  Tem como objectivo promover as culturas portuguesa e galega e fomentar os contactos entre culturas. Pretende

LIVRARIA ORFEU – FEIRA DO LIVRO DO PORTO – O PROGRESSO DA FOZ – JOSÉ MAGALHÃES autografa o seu livro de poemas “UMA, DUAS VEZES e TRÊS”.

 A livraria Orfeu está sediada em Bruxelas e é propriedade de Joaquim Pinto da Silva, um emigrante português, que foi funcionário da União Europeia.  Tem como objectivo promover as culturas portuguesa e galega e fomentar os contactos entre culturas. Pretende