Posts Tagged: castelo da foz

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (187)

ALMINHAS (3B) Uma vez mais por indicação do nosso Amigo José Carlos Oliveira, descobrimos na Freguesia de Aldoar, uma quinta Alminha. Situada na Rua de António Aroso, muito perto da Avenida da Boavista, lá está na parede de uma casa

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (187)

ALMINHAS (3B) Uma vez mais por indicação do nosso Amigo José Carlos Oliveira, descobrimos na Freguesia de Aldoar, uma quinta Alminha. Situada na Rua de António Aroso, muito perto da Avenida da Boavista, lá está na parede de uma casa

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (81)

Da Fonte da Moura a António Aroso Tinha quase seis anos quando saí da rua do Monte da Luz, onde nasci, e vim para a Fonte da Moura. Esta designação, Fonte da Moura, corresponde a um espaço que vai quase

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (81)

Da Fonte da Moura a António Aroso Tinha quase seis anos quando saí da rua do Monte da Luz, onde nasci, e vim para a Fonte da Moura. Esta designação, Fonte da Moura, corresponde a um espaço que vai quase

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (67)

    MANOEL DE OLIVEIRA Uma das maiores glórias da cidade (e do País, evidentemente), Manoel de Oliveira faz hoje 106 anos. Na comemoração do seu aniversário, estreia, no Rivoli, o seu último filme, rodado ainda este ano. O Homem

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (67)

    MANOEL DE OLIVEIRA Uma das maiores glórias da cidade (e do País, evidentemente), Manoel de Oliveira faz hoje 106 anos. Na comemoração do seu aniversário, estreia, no Rivoli, o seu último filme, rodado ainda este ano. O Homem

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (45)

As praias e as rochas da frente marítima Quem frequenta as praias do Porto, apesar dos vários placards (nove) expostos ao longo do passeio marítimo, nem se dá conta das maravilhas históricas que aquela zona encerra. As rochas presentes ao

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (45)

As praias e as rochas da frente marítima Quem frequenta as praias do Porto, apesar dos vários placards (nove) expostos ao longo do passeio marítimo, nem se dá conta das maravilhas históricas que aquela zona encerra. As rochas presentes ao