OS TRABALHADORES DAS ADMINISTRAÇÕES PÚBLICAS (Central, Local e Regional) VÃO CONTINUAR A PERDER PODER DE COMPRA EM 2023 E A DEGRADAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS UTILIZADOS PELA POPULAÇÃO VAI CONTINUAR TAMBÉM – por EUGÉNIO ROSA

    ______________  (1) https://www.portugal.gov.pt/     Eugénio Rosa, edr2@netcabo.pt, 30/11/2022

AS CONTAS MANIPULADAS DO GOVERNO SOBRE O AUMENTO DAS REMUNERAÇÕES DOS TRABALHADORES DAS ADMINISTRAÇÕES PÚBLICAS EM 2023 PARA ENGANAR A OPINIÃO PÚBLICA E O SALDO DE 4004,7 MILHÕES € PREVISTOS NA SEGURANÇA SOCIAL EM 2023 À CUSTA DO AUMENTO DA POBREZA DOS PENSIONISTAS, por EUGÉNIO ROSA

    Eugénio Rosa, edr2@netcabo.pt – 17/10/2022

ENTRE 2014 E 2021 AS REMUNERAÇÕES MÉDIAS DOS TRABALHADORES DO ESTADO AUMENTARAM EM MÉDIA EM PORTUGAL APENAS 72€ (+4,7%) ENQUANTO NA U.E A SUBIDA FOI DE 536€ (+21.3%). EM 2014 REPRESENTAVAM 60,7% DA U.E. E, EM 2021, 52,4%. NOS PAÍSES “FRUGAIS” (?!) O AUMENTO FOI MAIOR (Alemanha +1104€, +30,2%; e na Holanda +508€, +21%). A ESCALADA DE PREÇOS EM PORTUGAL (11,9% até dez.22), OS SALÁRIOS E AS PENSÕES – por EUGÉNIO ROSA

      Eugénio Rosa, edr2@netcabo.pt, 25/7/2022

A BOMBA-RELÓGIO QUE É A ENORME DÍVIDA PÚBLICA DETIDA PELA BANCA, A INCAPACIDADE REVELADA PELO ESTADO E PELOS PRIVADOS PARA UTILIZAREM DE UMA FORMA ATEMPADA E EFICIENTE OS FUNDOS COMUNITÁRIOS, E OS ATRASOS NA EXECUÇÃO DO “PORTUGAL 2020”, DO “PRR” E DO “PORTUGAL 2030”, por EUGÉNIO ROSA

                Eugénio Rosa, edr2@netcabo.pt, 14/6/2022