Posts Tagged: horário de trabalho

ASSOCIAÇÃO DE COMBATE À PRECARIEDADE – PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – PARLAMENTO DISCUTE O DIREITO A DESLIGAR DO TRABALHO

2o de Outubro de 2017 O trabalho mudou e a forma como comunicamos também e, por isso, o parlamento hoje discute se os empregadores podem ou não contactar os trabalhadores por via eletrónica durante os períodos de descanso. O agendamento

O MITO DO HORÁRIO SEMANAL DE 40 HORAS NO SECTOR PRIVADO E A REPOSIÇÃO DO HORÁRIO DE 35 HORAS NA FUNÇÃO PÚBLICA – por EUGÉNIO ROSA

  O MITO DO HORÁRIO SEMANAL DE 40 HORAS NO SETOR PRIVADO E A TENTATIVA DE RECUSAR A REPOSIÇÃO DO HORÁRIO DE 35 HORAS NA FUNÇÃO PÚBLICA COM O PRETEXTO DE QUE NÃO PODE AUMENTAR OS CUSTOS O governo tem

PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – CIDADE SUECA EXPERIMENTA JORNADA LABORAL DE SEIS HORAS

23 de Abril de 2014 Os trabalhadores da câmara de Gotemburgo na Suécia vão passar a trabalhar apenas 6 horas diárias sem redução de salário. A ideia é fazer uma experiência para aumentar a eficiência do trabalho e fazer uma

PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – HORAS DE TRABALHO VS. PRODUTIVIDADE

26 de Janeiro de 2014 É usual relacionar-se o número de horas de trabalho com a produtividade de um país, no entanto e de acordo com dados publicados pelo Eurostat, gregos e portugueses são quem trabalha mais horas na União

CGTP – HOJE, TODOS A S. BENTO.

No dia 29 de Julho serão votadas na Assembleia da República as leis que pretendem consagrar o aumento do horário de trabalho e o despedimento massivo de trabalhadores da Administração Pública. Este governo ilegítimo e a maioria que o sustenta

CORTES NAS REMUNERAÇÕES E PENSÕES, DESPEDIMENTOS SEM JUSTA CAUSA E MAIS EXPLORAÇÃO NA FUNÇÃO PÚBLICA. Por EUGÉNIO ROSA.

PARTE II NOVO CORTE DE 152 MILHÕES € NAS REMUNERAÇÕES DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA E NAS PENSÕES DOS APOSENTADOS E A GENERALIZAÇÃO DO TRABALHO GRATUITO FORÇADO SEM COMPENSAÇÃO EM PORTUGAL (conclusão) … DESPEDIMENTOS SEM JUSTA CAUSA E SEM DIREITO

CORTES NAS REMUNERAÇÕES E PENSÕES, DESPEDIMENTOS SEM JUSTA CAUSA E MAIS EXPLORAÇÃO NA FUNÇÃO PÚBLICA. Por EUGÉNIO ROSA.

 Parte I NOVO CORTE DE 152 MILHÕES € NAS REMUNERAÇÕES DOS TRABALHADORES DA FUNÇÃO PÚBLICA E NAS PENSÕES DOS APOSENTADOS E A GENERALIZAÇÃO DO TRABALHO GRATUITO FORÇADO SEM COMPENSAÇÃO EM PORTUGAL RESUMO DESTE ESTUDO O governo enviou aos sindicatos da

AUMENTO DA EXPLORAÇÃO E DESPEDIMENTOS NA FUNÇÃO PÚBLICA, ATAQUE AO ESTADO SOCIAL E RECESSÃO ECONÓMICA

O AUMENTO DO HORÁRIO DE TRABALHO DE 35 PARA 40 HORAS SEMANAIS NA FUNÇÃO PÚBLICA DETERMINARIA UM AUMENTO 128 MILHÕES DE HORAS DE TRABALHO ANUAIS E, SE NÃO FOREM PAGAS, O CONFISCO DE 1.640 MILHÕES € DE SALÁRIOS POR ANO

AUMENTO DA EXPLORAÇÃO E DESPEDIMENTOS NA FUNÇÃO PÚBLICA, ATAQUE AO ESTADO SOCIAL E RECESSÃO ECONÓMICA

O AUMENTO DO HORÁRIO DE TRABALHO DE 35 PARA 40 HORAS SEMANAIS NA FUNÇÃO PÚBLICA DETERMINARIA UM AUMENTO 128 MILHÕES DE HORAS DE TRABALHO ANUAIS E, SE NÃO FOREM PAGAS, O CONFISCO DE 1.640 MILHÕES € DE SALÁRIOS POR ANO