Posts Tagged: parque

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (148)

O PORTO EM IMAGENS (11)                    

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (148)

O PORTO EM IMAGENS (11)                    

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (53)

É SÓ AR, E RAREFEITO   É só ar, e rarefeito Um tremendo vazio O que me vai na cabeça E que tudo corta a eito. Uma corrente de um rio Que para a foz corre sem pressa Que flui

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (53)

É SÓ AR, E RAREFEITO   É só ar, e rarefeito Um tremendo vazio O que me vai na cabeça E que tudo corta a eito. Uma corrente de um rio Que para a foz corre sem pressa Que flui

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (41)

ESTENDE A TUA MÃO Estende a tua mão Recolhe os meus sinais Um por um, De desejo Por ti, De corpo e alma. Extrema exaltação! E quero mais e mais Quero ver o que vejo Em ti, Ganhar a calma.

IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (41)

ESTENDE A TUA MÃO Estende a tua mão Recolhe os meus sinais Um por um, De desejo Por ti, De corpo e alma. Extrema exaltação! E quero mais e mais Quero ver o que vejo Em ti, Ganhar a calma.

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (96)

ESTAMOS NOS MESES DE FÉRIAS Descansemos, contemplando fotografias da mais bela cidade do mundo.     A cidade do Porto tem um novo Museu, com mais de 500 anos de história. Localizado na Rua das Flores, o Museu reúne em

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (96)

ESTAMOS NOS MESES DE FÉRIAS Descansemos, contemplando fotografias da mais bela cidade do mundo.     A cidade do Porto tem um novo Museu, com mais de 500 anos de história. Localizado na Rua das Flores, o Museu reúne em

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (94)

CARROS E APARCAMENTOS O PDM DO PORTO. UMA IDEIA PARA CONCRETIZAR EM DEZ ANOS São aos milhares os carros que diariamente entram na cidade do Porto. Uns por pouco tempo, outros pelo dia inteiro, e alguns só de passagem. Todos,

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (94)

CARROS E APARCAMENTOS O PDM DO PORTO. UMA IDEIA PARA CONCRETIZAR EM DEZ ANOS São aos milhares os carros que diariamente entram na cidade do Porto. Uns por pouco tempo, outros pelo dia inteiro, e alguns só de passagem. Todos,

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (42)

O PARQUE URBANO DE LORDELO DO OURO Ter, a poucas centenas de metros, como vizinhos, o Parque da Cidade (a Noroeste) e o Jardim de Serralves (a sudoeste), dá-nos uma calma e uma alegria de viver muito acima do comum

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (42)

O PARQUE URBANO DE LORDELO DO OURO Ter, a poucas centenas de metros, como vizinhos, o Parque da Cidade (a Noroeste) e o Jardim de Serralves (a sudoeste), dá-nos uma calma e uma alegria de viver muito acima do comum

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (38)

NO PORTO, TODO O RECANTO TEM MUITO ENCANTO Regressou a chuva e o menos bom tempo, durante toda esta semana. Os dias anteriores tinham-nos dado a esperança de uma vinda duradoura do calor e dos dias claros e secos, propícios

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (38)

NO PORTO, TODO O RECANTO TEM MUITO ENCANTO Regressou a chuva e o menos bom tempo, durante toda esta semana. Os dias anteriores tinham-nos dado a esperança de uma vinda duradoura do calor e dos dias claros e secos, propícios

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (15)

Maria Luísa e o Parque de São Roque Tinha nascido há quarenta anos, exactamente naquele dia, 8 de Dezembro, dia da Mãe. Para ela foi sempre esse o dia da Mãe e nunca aceitou o outro que mais tarde foi

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (15)

Maria Luísa e o Parque de São Roque Tinha nascido há quarenta anos, exactamente naquele dia, 8 de Dezembro, dia da Mãe. Para ela foi sempre esse o dia da Mãe e nunca aceitou o outro que mais tarde foi