Posts Tagged: balança de pagamentos

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “Os Estados Unidos devem ter um excedente comercial?”, por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota __________________________ As análises sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos, conforme publicámos na série que concluímos há dias atrás (ver aqui) geralmente

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “Os Estados Unidos devem ter um excedente comercial?”, por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota __________________________ As análises sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos, conforme publicámos na série que concluímos há dias atrás (ver aqui) geralmente

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “Porque é que a dívida dos Estados Unidos vai continuar a aumentar”, por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota __________________________ As análises sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos, conforme publicámos na série que concluímos há dias atrás (ver aqui) geralmente

Ainda sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – “Porque é que a dívida dos Estados Unidos vai continuar a aumentar”, por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota __________________________ As análises sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos, conforme publicámos na série que concluímos há dias atrás (ver aqui) geralmente

Sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – 23. China não pode converter em armas os seus títulos do tesouro dos Estados Unidos. Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 23. China não pode converter em armas os seus títulos do tesouro dos Estados Unidos Por MICHAEL PETTIS Publicado por  em 28 de maio de 2019 (Original aqui)   Nota: Esta é uma

Sobre as razões que estão na base dos focos de tensão entre a China e os Estados Unidos – 23. China não pode converter em armas os seus títulos do tesouro dos Estados Unidos. Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 23. China não pode converter em armas os seus títulos do tesouro dos Estados Unidos Por MICHAEL PETTIS Publicado por  em 28 de maio de 2019 (Original aqui)   Nota: Esta é uma

Do plano técnico ao plano político: do sistema Target 2 à fragmentação financeira da União Europeia – 13. Expansões monetárias do BCE e desequilíbrios doTARGET2 na zona euro: uma decomposição baseada na balança de pagamentos (2/2). Por Marcello Minenna, Giovanni Dosi e Andrea Roventini

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 13. Expansões monetárias do BCE e desequilíbrios doTARGET2 na zona euro: uma decomposição baseada na balança de pagamentos (2/2)  Por Marcello Minenna – Commissione Nazionale per le Società e la Borsa (CONSOB), Rome,

Do plano técnico ao plano político: do sistema Target 2 à fragmentação financeira da União Europeia – 13. Expansões monetárias do BCE e desequilíbrios doTARGET2 na zona euro: uma decomposição baseada na balança de pagamentos (2/2). Por Marcello Minenna, Giovanni Dosi e Andrea Roventini

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 13. Expansões monetárias do BCE e desequilíbrios doTARGET2 na zona euro: uma decomposição baseada na balança de pagamentos (2/2)  Por Marcello Minenna – Commissione Nazionale per le Società e la Borsa (CONSOB), Rome,

Do plano técnico ao plano político: do sistema Target 2 à fragmentação financeira da União Europeia – 13. Expansões monetárias do BCE e desequilíbrios doTARGET2 na zona euro: uma decomposição baseada na balança de pagamentos (1/2). Por Marcello Minenna, Giovanni Dosi e Andrea Roventini

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 13. Expansões monetárias do BCE e desequilíbrios doTARGET2 na zona euro: uma decomposição baseada na balança de pagamentos (1/2)  Por Marcello Minenna – Commissione Nazionale per le Società e la Borsa (CONSOB), Rome,

Do plano técnico ao plano político: do sistema Target 2 à fragmentação financeira da União Europeia – 13. Expansões monetárias do BCE e desequilíbrios doTARGET2 na zona euro: uma decomposição baseada na balança de pagamentos (1/2). Por Marcello Minenna, Giovanni Dosi e Andrea Roventini

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 13. Expansões monetárias do BCE e desequilíbrios doTARGET2 na zona euro: uma decomposição baseada na balança de pagamentos (1/2)  Por Marcello Minenna – Commissione Nazionale per le Società e la Borsa (CONSOB), Rome,

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – apresentação de Michael Pettis

Com a apresentação de Michael Pettis concluímos a série “A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal” e aproveitamos para deixar a enumeração dos textos editados e respetiva ligação.  Michael Pettis Formação: MBA em Finanças,

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – apresentação de Michael Pettis

Com a apresentação de Michael Pettis concluímos a série “A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal” e aproveitamos para deixar a enumeração dos textos editados e respetiva ligação.  Michael Pettis Formação: MBA em Finanças,

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 22. O défice comercial dos EUA não é provocado pelo baixo nível de poupança nos EUA (2ª parte-conclusão). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 22. O défice comercial dos EUA não é provocado pelo baixo nível de poupança nos EUA (2ª parte-conclusão)  Por Michael Pettis Publicado por  em 8 de agosto de 2018   Será que um

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 22. O défice comercial dos EUA não é provocado pelo baixo nível de poupança nos EUA (2ª parte-conclusão). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 22. O défice comercial dos EUA não é provocado pelo baixo nível de poupança nos EUA (2ª parte-conclusão)  Por Michael Pettis Publicado por  em 8 de agosto de 2018   Será que um

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 22. O défice comercial dos EUA não é provocado pelo baixo nível de poupança nos EUA (1ª parte). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 22. O défice comercial dos EUA não é provocado pelo baixo nível de poupança nos EUA (1ª parte)  Por Michael Pettis Publicado por  em 8 de agosto de 2018   Um artigo recente

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 22. O défice comercial dos EUA não é provocado pelo baixo nível de poupança nos EUA (1ª parte). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 22. O défice comercial dos EUA não é provocado pelo baixo nível de poupança nos EUA (1ª parte)  Por Michael Pettis Publicado por  em 8 de agosto de 2018   Um artigo recente

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 20. As tarifas e o intervencionismo comercial (2ª parte-conclusão). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 20. As tarifas e o intervencionismo comercial (2ª parte-conclusão)  Por Michael Pettis Publicado por  em 10 de julho de 2018   Os países têm excedentes comerciais porque produzem produtos mais baratos ou de

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 20. As tarifas e o intervencionismo comercial (2ª parte-conclusão). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 20. As tarifas e o intervencionismo comercial (2ª parte-conclusão)  Por Michael Pettis Publicado por  em 10 de julho de 2018   Os países têm excedentes comerciais porque produzem produtos mais baratos ou de

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 20. As tarifas e o intervencionismo comercial (1ª parte). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 20. As tarifas e o intervencionismo comercial (1ª parte)  Por Michael Pettis Publicado por  em 10 de julho de 2018   A maioria das discussões entre os economistas sobre os impactos das tarifas

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 20. As tarifas e o intervencionismo comercial (1ª parte). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 20. As tarifas e o intervencionismo comercial (1ª parte)  Por Michael Pettis Publicado por  em 10 de julho de 2018   A maioria das discussões entre os economistas sobre os impactos das tarifas

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 18. As tarifas aduaneiras aumentam a poupança num mundo já letárgico com demasiada poupança. Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 18. As tarifas aduaneiras aumentam a poupança num mundo já letárgico com demasiada poupança  Por Michael Pettis Publicado por , Alphaville, em 12 de abril de 2018   Neste texto de convidado Michael Pettis,

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 18. As tarifas aduaneiras aumentam a poupança num mundo já letárgico com demasiada poupança. Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 18. As tarifas aduaneiras aumentam a poupança num mundo já letárgico com demasiada poupança  Por Michael Pettis Publicado por , Alphaville, em 12 de abril de 2018   Neste texto de convidado Michael Pettis,

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 15. Estamos a começar a ver porque é que a “Carga” é realmente exorbitante (2ª parte-conclusão). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 15. Estamos a começar a ver porque é que a “Carga” é realmente exorbitante (2ª parte-conclusão)  Por Michael Pettis Publicado por  em 5 de outubro de 2014   É já tempo E não

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 15. Estamos a começar a ver porque é que a “Carga” é realmente exorbitante (2ª parte-conclusão). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 15. Estamos a começar a ver porque é que a “Carga” é realmente exorbitante (2ª parte-conclusão)  Por Michael Pettis Publicado por  em 5 de outubro de 2014   É já tempo E não

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 15. Estamos a começar a ver porque é que a “Carga” é realmente exorbitante (1ª parte). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 15. Estamos a começar a ver porque é que a “Carga” é realmente exorbitante (1ª parte)  Por Michael Pettis Publicado por  em 5 de outubro de 2014 O papel do dólar dos EUA

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 15. Estamos a começar a ver porque é que a “Carga” é realmente exorbitante (1ª parte). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 15. Estamos a começar a ver porque é que a “Carga” é realmente exorbitante (1ª parte)  Por Michael Pettis Publicado por  em 5 de outubro de 2014 O papel do dólar dos EUA

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 12. Dinheiro que parece criado a partir do nada pode transformar-se em dinheiro gerado pela produção (3ª parte-conclusão). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 12. Dinheiro que parece criado a partir do nada pode transformar-se em dinheiro gerado pela produção (3ª parte-conclusão)  Por Michael Pettis Publicado por  em 19 de outubro de 2015   Criando procura “a

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 12. Dinheiro que parece criado a partir do nada pode transformar-se em dinheiro gerado pela produção (3ª parte-conclusão). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 12. Dinheiro que parece criado a partir do nada pode transformar-se em dinheiro gerado pela produção (3ª parte-conclusão)  Por Michael Pettis Publicado por  em 19 de outubro de 2015   Criando procura “a

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 12. Dinheiro que parece criado a partir do nada pode transformar-se em dinheiro gerado pela produção (2ª parte). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 12. Dinheiro que parece criado a partir do nada pode transformar-se em dinheiro gerado pela produção (2ª parte)  Por Michael Pettis Publicado por  em 19 de outubro de 2015   A violação das

A crítica demolidora de Michael Pettis à teoria e à política económica neoliberal – 12. Dinheiro que parece criado a partir do nada pode transformar-se em dinheiro gerado pela produção (2ª parte). Por Michael Pettis

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 12. Dinheiro que parece criado a partir do nada pode transformar-se em dinheiro gerado pela produção (2ª parte)  Por Michael Pettis Publicado por  em 19 de outubro de 2015   A violação das