Posts Tagged: fronteiras

O Muro Estados Unidos–México: mostre-me um muro de cinquenta pés e eu mostrar-lhe-ei uma escada de cinquenta e um pés – 4. Trump é ultrapassado pelo seu muro da fronteira mexicana

  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 4. Trump é ultrapassado pelo seu muro da fronteira mexicana Por Conselho editorial do , em 27 de janeiro de 2019 Tendo perdido a batalha do encerramento do governo, o presidente dos

O Muro Estados Unidos–México: mostre-me um muro de cinquenta pés e eu mostrar-lhe-ei uma escada de cinquenta e um pés – 4. Trump é ultrapassado pelo seu muro da fronteira mexicana

  Seleção e tradução de Júlio Marques Mota 4. Trump é ultrapassado pelo seu muro da fronteira mexicana Por Conselho editorial do , em 27 de janeiro de 2019 Tendo perdido a batalha do encerramento do governo, o presidente dos

O Muro Estados Unidos–México: mostre-me um muro de cinquenta pés e eu mostrar-lhe-ei uma escada de cinquenta e um pés – 2. São os Russos os culpados pela eleição do monstro político Donald Trump? Comentário a propósito da introdução ao texto Tijolos no Muro (2/2). Por Júlio Marques Mota

2. São os Russos os culpados pela eleição do monstro político Donald Trump? Comentário a propósito da introdução ao texto Tijolos no Muro (2/2) Por Júlio Marques Mota Coimbra, 27 de janeiro de 2019 (continuação) Este foi o caminho que

O Muro Estados Unidos–México: mostre-me um muro de cinquenta pés e eu mostrar-lhe-ei uma escada de cinquenta e um pés – 2. São os Russos os culpados pela eleição do monstro político Donald Trump? Comentário a propósito da introdução ao texto Tijolos no Muro (2/2). Por Júlio Marques Mota

2. São os Russos os culpados pela eleição do monstro político Donald Trump? Comentário a propósito da introdução ao texto Tijolos no Muro (2/2) Por Júlio Marques Mota Coimbra, 27 de janeiro de 2019 (continuação) Este foi o caminho que

O Muro Estados Unidos–México: mostre-me um muro de cinquenta pés e eu mostrar-lhe-ei uma escada de cinquenta e um pés – 2. São os Russos os culpados pela eleição do monstro político Donald Trump? Comentário a propósito da introdução ao texto Tijolos no Muro (1/2). Por Júlio Marques Mota

€ 2. São os Russos os culpados pela eleição do monstro político Donald Trump? Comentário a propósito da introdução ao texto Tijolos no Muro (1/2) Por Júlio Marques Mota Coimbra, 27 de janeiro de 2019 Um antigo professor meu, face

O Muro Estados Unidos–México: mostre-me um muro de cinquenta pés e eu mostrar-lhe-ei uma escada de cinquenta e um pés – 2. São os Russos os culpados pela eleição do monstro político Donald Trump? Comentário a propósito da introdução ao texto Tijolos no Muro (1/2). Por Júlio Marques Mota

€ 2. São os Russos os culpados pela eleição do monstro político Donald Trump? Comentário a propósito da introdução ao texto Tijolos no Muro (1/2) Por Júlio Marques Mota Coimbra, 27 de janeiro de 2019 Um antigo professor meu, face

O Muro Estados Unidos–México: mostre-me um muro de cinquenta pés e eu mostrar-lhe-ei uma escada de cinquenta e um pés – 1. Tijolos no Muro (2/2), por Greg Grandin

1. Tijolos no Muro (2/2) Como se não deve construir um “Grande, Grande Muro” A história da fortificação de fronteiras ao longo do tempo.  Por Greg Grandin, Publicado por em 13 de janeiro de 2019 (continuação) 1973-1977: Os Estados Unidos

O Muro Estados Unidos–México: mostre-me um muro de cinquenta pés e eu mostrar-lhe-ei uma escada de cinquenta e um pés – 1. Tijolos no Muro (2/2), por Greg Grandin

1. Tijolos no Muro (2/2) Como se não deve construir um “Grande, Grande Muro” A história da fortificação de fronteiras ao longo do tempo.  Por Greg Grandin, Publicado por em 13 de janeiro de 2019 (continuação) 1973-1977: Os Estados Unidos

O Muro Estados Unidos–México: mostre-me um muro de cinquenta pés e eu mostrar-lhe-ei uma escada de cinquenta e um pés – 1. Tijolos no Muro (1/2), por Greg Grandin. Introdução de Júlio Marques Mota

A Administração americana está paralisada , por causa de Um Muro, a conhecida situação apelidada de Shutdown, o mais prolongado de toda a história dos Estados Unidos. Mas será, de facto, por causa do muro que separa a fronteira do

O Muro Estados Unidos–México: mostre-me um muro de cinquenta pés e eu mostrar-lhe-ei uma escada de cinquenta e um pés – 1. Tijolos no Muro (1/2), por Greg Grandin. Introdução de Júlio Marques Mota

A Administração americana está paralisada , por causa de Um Muro, a conhecida situação apelidada de Shutdown, o mais prolongado de toda a história dos Estados Unidos. Mas será, de facto, por causa do muro que separa a fronteira do

O PROBLEMA DAS FRONTEIRAS NA EUROPA, por GEORGE FRIEDMAN

Selecção de Júlio Marques Mota. Tradução de Francisco Tavares. O Problema das Fronteiras na Europa Por George Friedman(*) Europe’s Border Problem Publicado por Real Clear World, em 23 de outubro de 2017   Durante séculos a Europa travou guerras por

O PROBLEMA DAS FRONTEIRAS NA EUROPA, por GEORGE FRIEDMAN

Selecção de Júlio Marques Mota. Tradução de Francisco Tavares. O Problema das Fronteiras na Europa Por George Friedman(*) Europe’s Border Problem Publicado por Real Clear World, em 23 de outubro de 2017   Durante séculos a Europa travou guerras por

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – FRONTEIRAS – DENTRO E FORA.

A história humana é uma história de migrações, mas elas são hoje dominadas pelos critérios do neoliberalismo e do sistema económico capitalista. Uns podem mover-se livremente no mundo. Outros não. Uns viajam por recreio, outros para fugir à guerra e

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – FRONTEIRAS – DENTRO E FORA.

A história humana é uma história de migrações, mas elas são hoje dominadas pelos critérios do neoliberalismo e do sistema económico capitalista. Uns podem mover-se livremente no mundo. Outros não. Uns viajam por recreio, outros para fugir à guerra e

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – AGOSTO de 2016 – FRONTEIRAS: FORA E DENTRO

  A história humana é uma história de migrações, mas elas são hoje dominadas pelos critérios do neoliberalismo e do sistema económico capitalista. Uns podem mover-se livremente no mundo. Outros não. Uns viajam por recreio, outros para fugir à guerra

CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – AGOSTO de 2016 – FRONTEIRAS: FORA E DENTRO

  A história humana é uma história de migrações, mas elas são hoje dominadas pelos critérios do neoliberalismo e do sistema económico capitalista. Uns podem mover-se livremente no mundo. Outros não. Uns viajam por recreio, outros para fugir à guerra