UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (180)

ALMINHAS (5) Eu (…) a todos tirava o chapéu, e também a capelinhas, nichos de almas (…), que serpenteiam o … More