Posts Tagged: nacionalismo

Ano de 2019, ano de eleições europeias. Parte I – Grandes planos sobre uma União Europeia em decomposição. 7º Texto: Neonacionalismo na União Europeia – plataformas e ações de política social e económica

(Joachim Becker, Fevereiro de 2019)

Os projetos estatais neonacionalistas têm elementos autoritários. As tendências autoritárias manifestam-se nos projetos de Estado neoliberais das forças neonacionalistas no reforço das estruturas tecnocráticas e das políticas baseadas em regras.

Ano de 2019, ano de eleições europeias. Parte I – Grandes planos sobre uma União Europeia em decomposição. 7º Texto: Neonacionalismo na União Europeia – plataformas e ações de política social e económica

(Joachim Becker, Fevereiro de 2019)

Os projetos estatais neonacionalistas têm elementos autoritários. As tendências autoritárias manifestam-se nos projetos de Estado neoliberais das forças neonacionalistas no reforço das estruturas tecnocráticas e das políticas baseadas em regras.

A GALIZA COMO TAREFA – alteridades – Ernesto V. Souza

Sempre gostei da história alternativa. Também da história como fição alternativa, como género de romance, mas não falo nisso. Apenas de se focar num momento da história, num episódio, numa biografia e de analisa-lo contextual e documentalmente no possível e

A GALIZA COMO TAREFA – alteridades – Ernesto V. Souza

Sempre gostei da história alternativa. Também da história como fição alternativa, como género de romance, mas não falo nisso. Apenas de se focar num momento da história, num episódio, numa biografia e de analisa-lo contextual e documentalmente no possível e

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 7: A arquitetura da União Europeia, uma arquitetura de costas voltadas para a Democracia – “A Itália representa um espelho de uma Europa esfarrapada”, por Orsola Costantini

Anexo 7 : A arquitetura da União Europeia, uma arquitetura de costas voltadas para a Democracia: “A Itália representa um espelho de uma Europa esfarrapada”, um texto de Orsola Costantini Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Este texto de Orsola

A minha neta e a crise no Serviço Nacional de Saúde. Ainda algumas reflexões mais sobre a democracia, em Portugal e na União Europeia – Anexo 7: A arquitetura da União Europeia, uma arquitetura de costas voltadas para a Democracia – “A Itália representa um espelho de uma Europa esfarrapada”, por Orsola Costantini

Anexo 7 : A arquitetura da União Europeia, uma arquitetura de costas voltadas para a Democracia: “A Itália representa um espelho de uma Europa esfarrapada”, um texto de Orsola Costantini Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Este texto de Orsola

LA JORNADA – AMERICAN CURIOS – DUAS PALAVRAS/1 – por DAVID BROOKS – enviado por CAMILO JOSEPH

    American Curious – Dos Palavras/1, por David Brooks La Jornada, 29 de Outubro de 2018     La Jornada: American curios Aquí, según la narrativa ultraderechista, los nacionalistas combaten al complot internacional judío, o a veces comunista, contra

LA JORNADA – AMERICAN CURIOS – DUAS PALAVRAS/1 – por DAVID BROOKS – enviado por CAMILO JOSEPH

    American Curious – Dos Palavras/1, por David Brooks La Jornada, 29 de Outubro de 2018     La Jornada: American curios Aquí, según la narrativa ultraderechista, los nacionalistas combaten al complot internacional judío, o a veces comunista, contra

A GALIZA COMO TAREFA – souvenirs – Ernesto V. Souza

  Cumpre dizer, assim no início e sendo dia de Santos, para não entrar depois em equívocos lógicos: Ernest Renan – aquele conhecido historiador, polemista e escritor romântico francês, o intelectual capaz de ajustar contas com o cristianismo e de

A GALIZA COMO TAREFA – souvenirs – Ernesto V. Souza

  Cumpre dizer, assim no início e sendo dia de Santos, para não entrar depois em equívocos lógicos: Ernest Renan – aquele conhecido historiador, polemista e escritor romântico francês, o intelectual capaz de ajustar contas com o cristianismo e de

A GALIZA COMO TAREFA – elasticidade – Ernesto V. Souza

Há uns dez anos, num barzinho no centro de Valhadolid assistia, por proximidade de cotovelos no balcão, a um debate in crescendo entre um grupo de homens de uns sessenta e algo de anos. A questão de fundo era a

A GALIZA COMO TAREFA – elasticidade – Ernesto V. Souza

Há uns dez anos, num barzinho no centro de Valhadolid assistia, por proximidade de cotovelos no balcão, a um debate in crescendo entre um grupo de homens de uns sessenta e algo de anos. A questão de fundo era a

CARTA DE BARCELONA – La marea groga de la dignitat, de la democràcia i de la llibertat – por JOSEP A. VIDAL

  Arreu de Catalunya, dies d’ara, hi trobareu llaços grocs. Els nacionalistes espanyols, constitucionalistes i uniólatres –permeteu-me aquest neologisme per referir-me a aquells que consideren sagrada la “unitat” de la pàtria i, consegüentment, un valor per damunt de tots els

CARTA DE BARCELONA – La marea groga de la dignitat, de la democràcia i de la llibertat – por JOSEP A. VIDAL

  Arreu de Catalunya, dies d’ara, hi trobareu llaços grocs. Els nacionalistes espanyols, constitucionalistes i uniólatres –permeteu-me aquest neologisme per referir-me a aquells que consideren sagrada la “unitat” de la pàtria i, consegüentment, un valor per damunt de tots els

A Galiza como tarefa – belos cadáveres – Ernesto V. Souza

Ecoa, de Oscar Wilde a Sid Vicious, passando por James Dean, a quem a cultura popular terminou por atribuir, o dito de roda queimada e no future: Viva rápido, morra jovem e deixe um belo cadáver. Francamente se tivesse de

A Galiza como tarefa – belos cadáveres – Ernesto V. Souza

Ecoa, de Oscar Wilde a Sid Vicious, passando por James Dean, a quem a cultura popular terminou por atribuir, o dito de roda queimada e no future: Viva rápido, morra jovem e deixe um belo cadáver. Francamente se tivesse de

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – Diagnóstico inútil ou programa político?  Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares Obrigado a Heiner Flassbeck Diagnóstico inútil ou programa político?  por Heiner Flassbeck Publicado por  em 9 de agosto de 2018 Integrando a nossa discussão sobre o TARGET [1], já tinha perguntado o que move os economistas

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – Diagnóstico inútil ou programa político?  Por Heiner Flassbeck

Seleção e tradução de Francisco Tavares Obrigado a Heiner Flassbeck Diagnóstico inútil ou programa político?  por Heiner Flassbeck Publicado por  em 9 de agosto de 2018 Integrando a nossa discussão sobre o TARGET [1], já tinha perguntado o que move os economistas

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – A Europa deve ter muito cuidado com uma Alemanha nacionalista. Por Philip Stephens

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A Europa deve ter muito cuidado com uma Alemanha nacionalista   Por Philip Stephens Publicado por  em 20 de junho de 2018 Republicado por Gonzalo Raffo Infonews   Os populistas que a aplaudem noutros locais devem ter

Da crise atual à próxima crise, sinais de alarme – A Europa deve ter muito cuidado com uma Alemanha nacionalista. Por Philip Stephens

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota A Europa deve ter muito cuidado com uma Alemanha nacionalista   Por Philip Stephens Publicado por  em 20 de junho de 2018 Republicado por Gonzalo Raffo Infonews   Os populistas que a aplaudem noutros locais devem ter

Sobre Espanha – O ditador de Espanha está morto, mas a sua popularidade ainda sobrevive. Por Omar G. Encarnación 

  Seleção e tradução de Francisco Tavares  Obrigado a Omar Encarnación e a Foreign Policy O ditador de Espanha está morto, mas a sua popularidade ainda sobrevive      Por Omar G. Encarnación Publicado por  em 27 de julho de 2018

Sobre Espanha – O ditador de Espanha está morto, mas a sua popularidade ainda sobrevive. Por Omar G. Encarnación 

  Seleção e tradução de Francisco Tavares  Obrigado a Omar Encarnación e a Foreign Policy O ditador de Espanha está morto, mas a sua popularidade ainda sobrevive      Por Omar G. Encarnación Publicado por  em 27 de julho de 2018

Sobre Espanha – Há um ressurgir da ideologia franquista em Espanha? Por Pascale Davies e Marta Rodriguez Martinez

  Seleção e tradução de Francisco Tavares  Obrigado a Pascale Davies e Marta Rodriguez Martinez e Euronews Há um ressurgir da ideologia franquista em Espanha? Por Pascale Davies e Marta Rodriguez Martinez Publicado por   em 18/07/2018 No meio da polémica pela

Sobre Espanha – Há um ressurgir da ideologia franquista em Espanha? Por Pascale Davies e Marta Rodriguez Martinez

  Seleção e tradução de Francisco Tavares  Obrigado a Pascale Davies e Marta Rodriguez Martinez e Euronews Há um ressurgir da ideologia franquista em Espanha? Por Pascale Davies e Marta Rodriguez Martinez Publicado por   em 18/07/2018 No meio da polémica pela

A GALIZA COMO TAREFA – ilusão retrospectiva – Ernesto V. Souza

Black Bishop: Push, that galician sconce can work out wonders. (Thomas Middleton: A Game at Chess, Act II, Scene ii, 242, 1624.) Quebras em sucessão, ostracismos consecutivos, imposições seguidas, destruições prolongadas. A história da Galiza, a partir de certa altura,

A GALIZA COMO TAREFA – ilusão retrospectiva – Ernesto V. Souza

Black Bishop: Push, that galician sconce can work out wonders. (Thomas Middleton: A Game at Chess, Act II, Scene ii, 242, 1624.) Quebras em sucessão, ostracismos consecutivos, imposições seguidas, destruições prolongadas. A história da Galiza, a partir de certa altura,

A GALIZA COMO TAREFA – Radetzkymarsch – Ernesto V. Souza

Sentado num banco do parque a ler na espera, enxergo, a prudencial distância, como se vai reunindo arredor do histórico chafariz a pé da estátua a José Zorrilla, um grupo de patriotas com as suas bandeiras: velhos vociferantes, moços com

A GALIZA COMO TAREFA – Radetzkymarsch – Ernesto V. Souza

Sentado num banco do parque a ler na espera, enxergo, a prudencial distância, como se vai reunindo arredor do histórico chafariz a pé da estátua a José Zorrilla, um grupo de patriotas com as suas bandeiras: velhos vociferantes, moços com

A Catalunha: a esquerda e a secessão, por Armando Fernandéz Steinko

Seleção e tradução de Francisco Tavares Obrigado a Armando Steinko e a El País. A Catalunha: a esquerda e a secessão, por Armando Fernandéz Steinko Do blog Piensa y Actúa, “Cataluña: izquierda y secesión” de Armando Fernández Steinko (artigo publicado em

A Catalunha: a esquerda e a secessão, por Armando Fernandéz Steinko

Seleção e tradução de Francisco Tavares Obrigado a Armando Steinko e a El País. A Catalunha: a esquerda e a secessão, por Armando Fernandéz Steinko Do blog Piensa y Actúa, “Cataluña: izquierda y secesión” de Armando Fernández Steinko (artigo publicado em