Posts Tagged: emigração

UNICEPE – APRESENTAÇÃO de “O LEPRECHAUN E A BAILARINA”, de EVA CRUZ – AMANHÃ, QUARTA-FEIRA, 23 de OUTUBRO, às 18.15 – Praça CARLOS ALBERTO, 128 – A, PORTO

Este livro é uma história feita de pedaços de verdade de muitas vidas ligadas à emigração dos anos sessenta. É também um testemunho de amor e uma homenagem à luta pelo sonho que pode levar à conquista da mais nobre

UNICEPE – APRESENTAÇÃO de “O LEPRECHAUN E A BAILARINA”, de EVA CRUZ – AMANHÃ, QUARTA-FEIRA, 23 de OUTUBRO, às 18.15 – Praça CARLOS ALBERTO, 128 – A, PORTO

Este livro é uma história feita de pedaços de verdade de muitas vidas ligadas à emigração dos anos sessenta. É também um testemunho de amor e uma homenagem à luta pelo sonho que pode levar à conquista da mais nobre

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO EM PORTUGAL, OS BAIXOS SALÁRIOS E AS BAIXÍSSIMAS PENSÕES, E A REDUZIDA COBERTURA DO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO – por EUGÉNIO ROSA.

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO REDUZIU-SE EM PORTUGAL MAS É AINDA INSUFICIENTE, A PERPETUAÇÃO DOS BAIXOS SALÁRIOS EXPULSA PARA O ESTRANGEIRO OS MAIS QUALIFICADOS. Quadro 1 – A dimensão da subutilização do trabalho em Portugal – 2015/2018 Quadro 2- Salários líquidos

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO EM PORTUGAL, OS BAIXOS SALÁRIOS E AS BAIXÍSSIMAS PENSÕES, E A REDUZIDA COBERTURA DO SUBSÍDIO DE DESEMPREGO – por EUGÉNIO ROSA.

A SUBUTILIZAÇÃO DO TRABALHO REDUZIU-SE EM PORTUGAL MAS É AINDA INSUFICIENTE, A PERPETUAÇÃO DOS BAIXOS SALÁRIOS EXPULSA PARA O ESTRANGEIRO OS MAIS QUALIFICADOS. Quadro 1 – A dimensão da subutilização do trabalho em Portugal – 2015/2018 Quadro 2- Salários líquidos

DIÁSPORA. EXÍLIO, EMIGRAÇÃO E REPRESSÃO, por Moisés Cayetano Rosado

Estamos preparando un nuevo número, el 22, de la Revista Transfronteriza O PELOURINHO, para el año 2018. En principio, girará en torno al “eje temático”: Exílio, Emigração e Repressão na Raia luso-española/Exilio, Emigración y Represión en la Raya luso-española. Los

DIÁSPORA. EXÍLIO, EMIGRAÇÃO E REPRESSÃO, por Moisés Cayetano Rosado

Estamos preparando un nuevo número, el 22, de la Revista Transfronteriza O PELOURINHO, para el año 2018. En principio, girará en torno al “eje temático”: Exílio, Emigração e Repressão na Raia luso-española/Exilio, Emigración y Represión en la Raya luso-española. Los

A GALIZA COMO TAREFA – indianos – Ernesto V. Souza

Emigrar é uma resposta individual, desesperada e violenta ante a incapacidade de dar solução a um problema coletivo, de enfrentar uma situação de opressão e frustração económica, ideológica, política, jurídica, social, nacional ou de classe. Emigrar fisicamente é doloroso, não apenas

A GALIZA COMO TAREFA – indianos – Ernesto V. Souza

Emigrar é uma resposta individual, desesperada e violenta ante a incapacidade de dar solução a um problema coletivo, de enfrentar uma situação de opressão e frustração económica, ideológica, política, jurídica, social, nacional ou de classe. Emigrar fisicamente é doloroso, não apenas

A DESTRUIÇÃO DO PIB POTENCIAL PELA “TROIKA” E PELO GOVERNO PSD/CDS QUE HIPOTECOU O FUTURO DO PAÍS E AUMENTOU O DÉFICE ESTRUTURAL – por EUGÉNIO ROSA

  A DESTRUIÇÃO DA CAPACIDADE PRODUTIVA DO PAÍS PELA “TROIKA” E PELO GOVERNO PSD/CDS REDUZIU O PIB POTENCIAL E HIPOTECOU O DESENVOLVIMENTO FUTURO DO PAÍS TENDO CONTRIBUÍDO PARA AUMENTAR O DÉFICE ESTRUTURAL (em %) A gigantesca operação de chantagem e

A DESTRUIÇÃO DO PIB POTENCIAL PELA “TROIKA” E PELO GOVERNO PSD/CDS QUE HIPOTECOU O FUTURO DO PAÍS E AUMENTOU O DÉFICE ESTRUTURAL – por EUGÉNIO ROSA

  A DESTRUIÇÃO DA CAPACIDADE PRODUTIVA DO PAÍS PELA “TROIKA” E PELO GOVERNO PSD/CDS REDUZIU O PIB POTENCIAL E HIPOTECOU O DESENVOLVIMENTO FUTURO DO PAÍS TENDO CONTRIBUÍDO PARA AUMENTAR O DÉFICE ESTRUTURAL (em %) A gigantesca operação de chantagem e

DIÁSPORA. CUSTÓDIO GINGÃO, UM PERCURSO DE CIDADANÍA, por Moisés Cayetano Rosado

La historiadora Teresa Fonseca es una escritora de calidad literaria demostrada, una investigadora paciente de amplia trayectoria y una historiadora rigurosa que se acerca a la realidad contemporánea con una capacidad y sensibilidad admirables. Su libro A Memória das Mulheres.

DIÁSPORA. CUSTÓDIO GINGÃO, UM PERCURSO DE CIDADANÍA, por Moisés Cayetano Rosado

La historiadora Teresa Fonseca es una escritora de calidad literaria demostrada, una investigadora paciente de amplia trayectoria y una historiadora rigurosa que se acerca a la realidad contemporánea con una capacidad y sensibilidad admirables. Su libro A Memória das Mulheres.

AS CAUSAS DE UMA BANDEIRA por Luísa Lobão Moniz

Os acontecimentos sucedem-se e entrelaçam-se fazendo uma teia que não se consegue romper, criam conexões entre si, como um rizoma, são complexos e  multidimensionais; servem-se de realidades que se entrecruzam, e conforme a pressão exterior podem criar linhas de fuga

AS CAUSAS DE UMA BANDEIRA por Luísa Lobão Moniz

Os acontecimentos sucedem-se e entrelaçam-se fazendo uma teia que não se consegue romper, criam conexões entre si, como um rizoma, são complexos e  multidimensionais; servem-se de realidades que se entrecruzam, e conforme a pressão exterior podem criar linhas de fuga

ASSOCIAÇÃO DE COMBATE À PRECARIEDADE – PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – ESTUDO PIONEIRO SOBRE A FUGA DE CÉREBROS

http://www.precarios.net/?page_id=12530 Estudo pioneiro sobre a fuga de cérebros: “De acordo com o modelo seguido pela equipa, o custo desta fuga cifra-se para Portugal em 10.312.500.000 de euros. Mais de dez bilhões de euros.” Ler o artigo de João Teixeira Lopes

ASSOCIAÇÃO DE COMBATE À PRECARIEDADE – PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – ESTUDO PIONEIRO SOBRE A FUGA DE CÉREBROS

http://www.precarios.net/?page_id=12530 Estudo pioneiro sobre a fuga de cérebros: “De acordo com o modelo seguido pela equipa, o custo desta fuga cifra-se para Portugal em 10.312.500.000 de euros. Mais de dez bilhões de euros.” Ler o artigo de João Teixeira Lopes

A GALIZA COMO TAREFA – estéticas- Ernesto V. Souza

O emigrante, quando não se deixa capturar completamente pelas armadilhas dos sentimentos e as miragens das saudades tem o raro privilégio de contemplar e registar as mudanças no lugar de origem. Em função da capacidade de análise, da introspeção e

A GALIZA COMO TAREFA – estéticas- Ernesto V. Souza

O emigrante, quando não se deixa capturar completamente pelas armadilhas dos sentimentos e as miragens das saudades tem o raro privilégio de contemplar e registar as mudanças no lugar de origem. Em função da capacidade de análise, da introspeção e

EDITORIAL – BALANÇO ENTRE A POPULAÇÃO QUE SAI E A QUE ENTRA

Para onde vão os portugueses quando emigram? Para os vários países das Américas, da Europa e para as ex-colónias. Somos quantos? Estudo aponta cinco milhões, ficando assim com a taxa de população emigrada mais elevada da União Europeia (UE28) e

EDITORIAL – BALANÇO ENTRE A POPULAÇÃO QUE SAI E A QUE ENTRA

Para onde vão os portugueses quando emigram? Para os vários países das Américas, da Europa e para as ex-colónias. Somos quantos? Estudo aponta cinco milhões, ficando assim com a taxa de população emigrada mais elevada da União Europeia (UE28) e

DIA DA GALIZA. “A Galiza é para mim…” – Josep Anton Vidal*

          “Amo-te                      sobretudo como eu te quereria            como eu em mim te crio                  dia após dia como um encantamento da minha infância                  e da minha fantasia” E. Guerra da Cal: Pátria Tenia 22 anys quan, des

DIA DA GALIZA. “A Galiza é para mim…” – Josep Anton Vidal*

          “Amo-te                      sobretudo como eu te quereria            como eu em mim te crio                  dia após dia como um encantamento da minha infância                  e da minha fantasia” E. Guerra da Cal: Pátria Tenia 22 anys quan, des

A GALIZA COMO TAREFA – Emigrantes – Ernesto V. Souza

Característica quase definitória da Galiza é a grande densidade de uma população dispersa em núcleos nodais e pequenos núcleos, ainda manifesta na alta concentração de topónimos e micro-topónimos habitados, semi-habitados ou já abandonados. Companheira desta característica é a emigração. Emigração

A GALIZA COMO TAREFA – Emigrantes – Ernesto V. Souza

Característica quase definitória da Galiza é a grande densidade de uma população dispersa em núcleos nodais e pequenos núcleos, ainda manifesta na alta concentração de topónimos e micro-topónimos habitados, semi-habitados ou já abandonados. Companheira desta característica é a emigração. Emigração

ESTES FRANCESES QUE SÃO EMPURRADOS PARA O EXÍLIO , por STÉPHANE KOVACS

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota Estes franceses que são empurrados para o exílio   Stéphane Kovacs, Ces Français qu’on pousse à l’exil Figaro, 10 de Outubro de 2014 Uma comissão parlamentar analisa um fenómeno que se tem vindo a

ESTES FRANCESES QUE SÃO EMPURRADOS PARA O EXÍLIO , por STÉPHANE KOVACS

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota Estes franceses que são empurrados para o exílio   Stéphane Kovacs, Ces Français qu’on pousse à l’exil Figaro, 10 de Outubro de 2014 Uma comissão parlamentar analisa um fenómeno que se tem vindo a

CGTP IN – TAXA REAL DE DESEMPREGO FOI DE 22,9% NO 2.º TRIMESTRE

Taxa real de desemprego foi de 22,9% no 2º trimestre – CGTP-IN// // O desemprego continua num nível inaceitavelmente elevado. O INE dá conta que a taxa de desemprego oficial foi de 13,9% no 2º trimestre. No entanto, este valor

CGTP IN – TAXA REAL DE DESEMPREGO FOI DE 22,9% NO 2.º TRIMESTRE

Taxa real de desemprego foi de 22,9% no 2º trimestre – CGTP-IN// // O desemprego continua num nível inaceitavelmente elevado. O INE dá conta que a taxa de desemprego oficial foi de 13,9% no 2º trimestre. No entanto, este valor