Posts Tagged: marcelo caetano

A BARRACA – ENCONTRO IMAGINÁRIO com ANTÓNIO SÉRGIO, MARCELLO CAETANO e MANUEL DA FONSECA – 9 DE JANEIRO, 21.30.

Vamos entrar em 2017, e todos sabemos que vai ser um ano perigoso e instável com tantos actos eleitorais e o domínio ideológico em várias latitudes de uma inconcebível “marcha – atrás” no percurso de um Mundo melhor, mais decente

A BARRACA – ENCONTRO IMAGINÁRIO com ANTÓNIO SÉRGIO, MARCELLO CAETANO e MANUEL DA FONSECA – 9 DE JANEIRO, 21.30.

Vamos entrar em 2017, e todos sabemos que vai ser um ano perigoso e instável com tantos actos eleitorais e o domínio ideológico em várias latitudes de uma inconcebível “marcha – atrás” no percurso de um Mundo melhor, mais decente

MARCELO REBELO DE SOUSA NÃO SE LIVRA QUE NOS LEMBREMOS DAS “CONVERSAS EM FAMÍLIA” DE UM OUTRO MARCELO por Clara Castilho

Marcelo Rebelo de Sousa escolheu falar ao país, à hora do lanche, para dar ao povo a lição de economia que, no seu entender, o povo precisava para perceber o que é um Orçamento de Estado. Com um estilo diferente

MARCELO REBELO DE SOUSA NÃO SE LIVRA QUE NOS LEMBREMOS DAS “CONVERSAS EM FAMÍLIA” DE UM OUTRO MARCELO por Clara Castilho

Marcelo Rebelo de Sousa escolheu falar ao país, à hora do lanche, para dar ao povo a lição de economia que, no seu entender, o povo precisava para perceber o que é um Orçamento de Estado. Com um estilo diferente

REVISTA DA SEMANA por Luís Rocha

Revista da semana De 18/10 a 24/10/2015 Como se previa o Presidente da República indigitou Passos Coelho para formar governo Em comunicação ao país na passada quinta-feira dia 22/10/2015 o Presidente da República indigitou, de acordo com os resultados eleitorais

REVISTA DA SEMANA por Luís Rocha

Revista da semana De 18/10 a 24/10/2015 Como se previa o Presidente da República indigitou Passos Coelho para formar governo Em comunicação ao país na passada quinta-feira dia 22/10/2015 o Presidente da República indigitou, de acordo com os resultados eleitorais

EDITORIAL: A SÍNDROME MARCELO CAETANO

Os comentários nos jornais, ou na televisão, as opiniões de rua vão convergindo todos para o mesmo lado, para o mesmo sentido. Que este governo é péssimo. Inimigos figadais de José Sócrates já vão reconhecendo que este governo é pior

EDITORIAL: A SÍNDROME MARCELO CAETANO

Os comentários nos jornais, ou na televisão, as opiniões de rua vão convergindo todos para o mesmo lado, para o mesmo sentido. Que este governo é péssimo. Inimigos figadais de José Sócrates já vão reconhecendo que este governo é pior

VIDAS LUSÓFONAS apresenta MARCELO CAETANO, por José Brandão

O rigor histórico não está condenado à prosa de notário, é possível conviver com as figuras do passado. Saber o que foi, pode ajudar-nos a talhar o que será.    Ao percorrer    VIDAS LUSÓFONAS     JOSÉ BRANDÃO vê o

VIDAS LUSÓFONAS apresenta MARCELO CAETANO, por José Brandão

O rigor histórico não está condenado à prosa de notário, é possível conviver com as figuras do passado. Saber o que foi, pode ajudar-nos a talhar o que será.    Ao percorrer    VIDAS LUSÓFONAS     JOSÉ BRANDÃO vê o