Em 1999, uma criança nasceu, de parto prematuro e com deformidades congénitas: o Euro 20 anos depois – alguns textos sobre a sua atribulada existência. Texto nº 9. No 20º aniversário do euro, a homenagem de Draghi perpetua mitos há muito rejeitados

(Ashoka Mody,  25 de Janeiro de 2019)

O problema com a UE e o Euro é que se baseiam em mentiras sob a presunção de que, se repetidas com suficiente frequência, se tornarão realidade. Isto funcionou bem durante algum tempo, mas como disse Abraham Lincoln: “Você pode enganar todas as pessoas em algum momento do tempo, e algumas pessoas o tempo todo, mas  não pode enganar todas as pessoas durante todo o tempo. O número de pessoas que  pode enganar está a afundar-se   muito rapidamente.

Sobre o que foi o ano de 2018, sobre os perigos que nos ameaçam em 2019 – uma pequena série de textos. 9. Ameaças europeias

.(Por John Mauldin, Dezembro de 2018)

Mario Draghi e sua equipa tomaram de empréstimo o plano da Reserva Federal e, se possível, tornaram-no  ainda mais louco. Pode-se ver no gráfico que eles estão a reduzir as compras de ativos. O ritmo deve chegar a zero no início de 2019. Mas isso não tem  em conta outros programas de empréstimo sortidos, que alguns gostariam de ver continuar ou até mesmo de expandir. A Alemanha opõe-se a todas essas políticas e acho que vai conseguir o que quer, especialmente porque Mario Draghi vai sair no próximo ano.