Posts Tagged: ponte

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (258)

  AO LADO DO PORTO, EM IMAGENS VILA DO CONDE RIO AVE ZAMEIRO             . . . V Colóquio Internacional dos Caminhos de Santiago 16 e 17 de Novembro Igreja Românica de S. Pedro de

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (258)

  AO LADO DO PORTO, EM IMAGENS VILA DO CONDE RIO AVE ZAMEIRO             . . . V Colóquio Internacional dos Caminhos de Santiago 16 e 17 de Novembro Igreja Românica de S. Pedro de

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (231)

  A LINGUETA DO CANTO DA PONTE O porto comercial do Porto, possuía vários lugares de amarração de navios, cujos nomes lhes foram dados, na sua maioria, pelas gentes que trabalhavam na barra. Em muitos desses pontos de amarração existiam

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (231)

  A LINGUETA DO CANTO DA PONTE O porto comercial do Porto, possuía vários lugares de amarração de navios, cujos nomes lhes foram dados, na sua maioria, pelas gentes que trabalhavam na barra. Em muitos desses pontos de amarração existiam

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (229)

O PRIMEIRO CENTENÁRIO DA BATALHA DE LA LYS Podemos ter como certo que já nenhum dos combatentes sobrevivos da batalha de La Lys, ainda esteja vivo. Uns, muitos, morreram no local, e outros a lei do tempo e da vida

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (229)

O PRIMEIRO CENTENÁRIO DA BATALHA DE LA LYS Podemos ter como certo que já nenhum dos combatentes sobrevivos da batalha de La Lys, ainda esteja vivo. Uns, muitos, morreram no local, e outros a lei do tempo e da vida

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (90)

O RIO DOURO Um dos maiores rios da Península Ibérica nasce em Espanha, na serra de Urbião, e tem um comprimento total de 938 quilómetros, dos quais só 200 se encontram em Portugal. Falo do rio Douro, cuja bacia hidrográfica

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (90)

O RIO DOURO Um dos maiores rios da Península Ibérica nasce em Espanha, na serra de Urbião, e tem um comprimento total de 938 quilómetros, dos quais só 200 se encontram em Portugal. Falo do rio Douro, cuja bacia hidrográfica

BARÃO DE ITARARÉ – A CONTA DA ÁGUA: COBERTURA DA CRISE HÍDRICA DE SÃO PAULO – UM NOVO COLECTIVO – UM NOVO SITE

  Barão de Itararé – Barão de Itararé 5 de Novembro de 2014 // Coletivos de comunicação e organizações sociais se reúnem para fazer uma cobertura colaborativa da crise hídrica. A proposta é fazer um jornalismo de qualidade, comprometido com

BARÃO DE ITARARÉ – A CONTA DA ÁGUA: COBERTURA DA CRISE HÍDRICA DE SÃO PAULO – UM NOVO COLECTIVO – UM NOVO SITE

  Barão de Itararé – Barão de Itararé 5 de Novembro de 2014 // Coletivos de comunicação e organizações sociais se reúnem para fazer uma cobertura colaborativa da crise hídrica. A proposta é fazer um jornalismo de qualidade, comprometido com

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (32)

AS PONTES DO PORTO Se há coisas que nos caracterizam, são as nossas pontes. Temos seis, para quase todos os gostos e feitios. Umas de ferro, relíquias mais do que centenárias e outras de betão, elegantes e perfeitas tecnicamente. Umas

UMA CARTA DO PORTO – Por José Magalhães (32)

AS PONTES DO PORTO Se há coisas que nos caracterizam, são as nossas pontes. Temos seis, para quase todos os gostos e feitios. Umas de ferro, relíquias mais do que centenárias e outras de betão, elegantes e perfeitas tecnicamente. Umas

UMA CARTA DO PORTO – por José Magalhães (3)

Tesouros escondidos na cidade No Porto, a Arte está por toda a parte. Nesta cidade que encanta quem a visita, podemos encontrar uma obra de arte ao dobrar de uma qualquer esquina ou no interior de um largo escondido e

UMA CARTA DO PORTO – por José Magalhães (3)

Tesouros escondidos na cidade No Porto, a Arte está por toda a parte. Nesta cidade que encanta quem a visita, podemos encontrar uma obra de arte ao dobrar de uma qualquer esquina ou no interior de um largo escondido e