Posts Tagged: competitividade

Em nome da competitividade: Portugal mais longe da Democracia Real, mais perto de ser um paraíso fiscal? – “Conheça Portugal, o novo paraíso fiscal”, por Francis Weyzig

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Conheça Portugal, o novo paraíso fiscal  Por Francis Weyzig Texto editado pelo autor em 25 de outubro de 2017 Há algumas semanas, o escritório de advogados Henley & Partners promoveu os seus programas

Em nome da competitividade: Portugal mais longe da Democracia Real, mais perto de ser um paraíso fiscal? – “Conheça Portugal, o novo paraíso fiscal”, por Francis Weyzig

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota Conheça Portugal, o novo paraíso fiscal  Por Francis Weyzig Texto editado pelo autor em 25 de outubro de 2017 Há algumas semanas, o escritório de advogados Henley & Partners promoveu os seus programas

O DESEMPREGO NA ZONA EURO – POUCO TEM A VER COM A COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL – por BILL MITCHELL – III

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   O desemprego na zona euro – pouco tem a ver com a competitividade internacional Bill Mitchell, Eurozone unemployment – little to do with international Billy Blog, 23 de Marςo de 2015 Publicação autorizada

O DESEMPREGO NA ZONA EURO – POUCO TEM A VER COM A COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL – por BILL MITCHELL – III

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota   O desemprego na zona euro – pouco tem a ver com a competitividade internacional Bill Mitchell, Eurozone unemployment – little to do with international Billy Blog, 23 de Marςo de 2015 Publicação autorizada

O DESEMPREGO NA ZONA EURO – POUCO TEM A VER COM A COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL – por BILL MITCHELL – II

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota  O desemprego na zona euro – pouco tem a ver com a competitividade internacional Bill Mitchell, Eurozone unemployment – little to do with international Billy Blog, 23 de Marςo de 2015 Publicação autorizada pelo

O DESEMPREGO NA ZONA EURO – POUCO TEM A VER COM A COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL – por BILL MITCHELL – II

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota  O desemprego na zona euro – pouco tem a ver com a competitividade internacional Bill Mitchell, Eurozone unemployment – little to do with international Billy Blog, 23 de Marςo de 2015 Publicação autorizada pelo

O DESEMPREGO NA ZONA EURO – POUCO TEM A VER COM A COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL – por BILL MITCHELL – I

Selecςão e traduςão de Júlio Marques Mota  O desemprego na zona euro – pouco tem a ver com a competitividade internacional Bill Mitchell, Eurozone unemployment – little to do with international Billy Blog, 23 de Marςo de 2015 Publicação autorizada pelo

O DESEMPREGO NA ZONA EURO – POUCO TEM A VER COM A COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL – por BILL MITCHELL – I

Selecςão e traduςão de Júlio Marques Mota  O desemprego na zona euro – pouco tem a ver com a competitividade internacional Bill Mitchell, Eurozone unemployment – little to do with international Billy Blog, 23 de Marςo de 2015 Publicação autorizada pelo

DE BRUXELAS, ONDE REINAM A IGNORÂNCIA E A MALDADE, À REALIDADE DOS PAÍSES EM IMPLOSÃO – 6. FRANÇA: PORQUÊ SACRIFICAR-TE NA CRISE GLOBAL? – por JEAN CLAUDE WERREBROUCK

 Selecção e tradução por Júlio Marques Mota 6. França: Porquê  sacrificar –te  na crise global?  Jean Claude Werrebrouck,  Pourquoi te sacrifier dans la crise planétaire?,  Blogue La Crise des Années 2010, 28 de Agosto de 2014 Elie Cohen  escreveu num

DE BRUXELAS, ONDE REINAM A IGNORÂNCIA E A MALDADE, À REALIDADE DOS PAÍSES EM IMPLOSÃO – 6. FRANÇA: PORQUÊ SACRIFICAR-TE NA CRISE GLOBAL? – por JEAN CLAUDE WERREBROUCK

 Selecção e tradução por Júlio Marques Mota 6. França: Porquê  sacrificar –te  na crise global?  Jean Claude Werrebrouck,  Pourquoi te sacrifier dans la crise planétaire?,  Blogue La Crise des Années 2010, 28 de Agosto de 2014 Elie Cohen  escreveu num

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA FRANÇA, FALEMOS ENTÃO DA POLÍTICA DE HOLLANDE. – FRANÇA, CRESCIMENTO ZERO – por GIL MIHAELY

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota 8. França, crescimento Zero     França, crescimento zero- por falta de competitividade, toda a política está destinada a falhar Gil Mihaely, France, croissance zéro – Faute de compétitivité, toute politique est vouée

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA FRANÇA, FALEMOS ENTÃO DA POLÍTICA DE HOLLANDE. – FRANÇA, CRESCIMENTO ZERO – por GIL MIHAELY

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota 8. França, crescimento Zero     França, crescimento zero- por falta de competitividade, toda a política está destinada a falhar Gil Mihaely, France, croissance zéro – Faute de compétitivité, toute politique est vouée

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 17. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – TRABALHO, DEVEMOS NÓS CONFIAR EM RENZI? por PAOLO PINI

Selecção e tradução por Júlio Marques Mota Trabalho, devemos nós confiar em Renzi? Paolo Pini, Lavoro, diamo credito a Renzi? Sbilanciamoci.info, 14 de Março de 2014   A liberalização do contrato de aprendizagem elimina a possibilidade de que pelo menos

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 17. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – TRABALHO, DEVEMOS NÓS CONFIAR EM RENZI? por PAOLO PINI

Selecção e tradução por Júlio Marques Mota Trabalho, devemos nós confiar em Renzi? Paolo Pini, Lavoro, diamo credito a Renzi? Sbilanciamoci.info, 14 de Março de 2014   A liberalização do contrato de aprendizagem elimina a possibilidade de que pelo menos

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 16. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – POLÍTICA INDUSTRIAL, O RATINHO DE BRINCAR DE RENZI, de ROBERTO ROMANO

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota Política industrial, o ratinho de brincar de Renzi Roberto Romano, Politica industriale, il topolino di Renzi Sbilanciamoci.info, 29 de Junho de 2014 Que efeitos terão as ajudas pensadas por Renzi para as  empresas? De

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 16. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – POLÍTICA INDUSTRIAL, O RATINHO DE BRINCAR DE RENZI, de ROBERTO ROMANO

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota Política industrial, o ratinho de brincar de Renzi Roberto Romano, Politica industriale, il topolino di Renzi Sbilanciamoci.info, 29 de Junho de 2014 Que efeitos terão as ajudas pensadas por Renzi para as  empresas? De

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 15. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – A PAIXÃO DE RENZI PELO COMPACTO FISCAL, por THOMAS FAZI.

Selecção e tradução por Júlio Marques Mota A paixão de Renzi pelo Compacto Fiscal Thomas Fazi, La passione di Renzi per il Fiscal compact  Sbilanciamoci.info, 4 de Maio de 2014   O governo de Renzi tem a intenção de cumprir

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 15. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – A PAIXÃO DE RENZI PELO COMPACTO FISCAL, por THOMAS FAZI.

Selecção e tradução por Júlio Marques Mota A paixão de Renzi pelo Compacto Fiscal Thomas Fazi, La passione di Renzi per il Fiscal compact  Sbilanciamoci.info, 4 de Maio de 2014   O governo de Renzi tem a intenção de cumprir

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 14. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – O PROGRAMA DE JUNCKER E O CAMINHO PARA QUE NADA MUDE – por AGENOR

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota O programa de Juncker e o caminho para que nada mude Agenor, UE – Il programma di Juncker e quel verso che non cambia  Sbilanciamoci.info, 15 de Julho de 2014// // Quatorze páginas

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 14. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – O PROGRAMA DE JUNCKER E O CAMINHO PARA QUE NADA MUDE – por AGENOR

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota O programa de Juncker e o caminho para que nada mude Agenor, UE – Il programma di Juncker e quel verso che non cambia  Sbilanciamoci.info, 15 de Julho de 2014// // Quatorze páginas

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 13. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – A GRANDE ROTA DA INDÚSTRIA ITALIANA – por VINCENZO COMITO

 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota A grande rota da indústria italiana  Vincenzo Comito, La grande rotta dell’industria italiana Sbilanciamoci.info, 12 de Julho de 2014 Desde a venda do grupo Pirelli aos russos por alguns euros até à venda anunciada de

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 13. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – A GRANDE ROTA DA INDÚSTRIA ITALIANA – por VINCENZO COMITO

 Selecção e tradução de Júlio Marques Mota A grande rota da indústria italiana  Vincenzo Comito, La grande rotta dell’industria italiana Sbilanciamoci.info, 12 de Julho de 2014 Desde a venda do grupo Pirelli aos russos por alguns euros até à venda anunciada de

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 12. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – BAIXAR OS SALÁRIOS = A MARCHA ATRÁS DO FMI – por DARIO GUARASCIO

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota Baixar os salários = A marcha atrás do FMI Dario Guarascio, Abbassare i salari? La retromarcia dell’Fmi Sbilanciamoci.info, 12 de Julho de 2014 Não menos importante, mesmo o FMI acaba de reconhecer que a capacidade

SOBRE OS LEOPARDOS QUE QUEREM BEM SERVIR BRUXELAS – DA ITÁLIA, FALEMOS ENTÃO DE UM BOM EXEMPLAR – 12. RENZI – O POPULISMO TECNOCRÁTICO DO GRANDE REFORMADOR – BAIXAR OS SALÁRIOS = A MARCHA ATRÁS DO FMI – por DARIO GUARASCIO

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota Baixar os salários = A marcha atrás do FMI Dario Guarascio, Abbassare i salari? La retromarcia dell’Fmi Sbilanciamoci.info, 12 de Julho de 2014 Não menos importante, mesmo o FMI acaba de reconhecer que a capacidade

A CRESCENTE FRAGILIZAÇÃO DA ECONOMIA PORTUGUESA E A INUTILIDADE DOS SACRIFÍCIOS DOS PORTUGUESES – por EUGÉNIO ROSA

Parte II (conclusão) EM 3 ANOS, AS REMUNERAÇÕES DO TRABALHO, EM TERMOS REAIS, CAÍRAM 10% O gráfico 3, publicado no Relatório do Banco de Portugal de 2013 – Parte II, mostra a variação das remunerações reais em Portugal no período

A CRESCENTE FRAGILIZAÇÃO DA ECONOMIA PORTUGUESA E A INUTILIDADE DOS SACRIFÍCIOS DOS PORTUGUESES – por EUGÉNIO ROSA

Parte II (conclusão) EM 3 ANOS, AS REMUNERAÇÕES DO TRABALHO, EM TERMOS REAIS, CAÍRAM 10% O gráfico 3, publicado no Relatório do Banco de Portugal de 2013 – Parte II, mostra a variação das remunerações reais em Portugal no período